Back-End

10 mai, 2019

Google fala sobre possível substituto do Android

visualizações
Publicidade

O Google, aos poucos, está revelando os segredos do possível substituto do Android, o Fuchsia. Foi durante a realização do evento anual para desenvolvedores do Google, o I/O 2019. O chefe do Android e do Chrome, Hiroshi Lockheimer, teria falado abertamente sobre o assunto. A informação é da agência TheVerge.

“O Fuchsia é apenas melhorar o estado da arte em termos de sistemas operacionais e as coisas que aprendemos com ele e que podemos incorporar em outros produtos”, disse Hiroshi. O Fuchsia deve ser um projeto de código aberto, que poderia ser executado em todos os dispositivos existentes.

Google Fuchsia

O Google Fuchsia ainda permanece sob mistério. Mas a empresa, aos poucos revela detalhes sobre o sistema operacional da próxima geração. O Fuchsia é conhecido por ser construído em um novo kernel criado pelo Google chamado “zircon”, conhecido como “magenta”.

A agência TheVerge afirma que já houve relatos nos últimos 12 meses sobre os testes de desenvolvimento do Google Fuchsia. Esses testes teriam sido feitos no Pixelbook. Pode haver, ainda, um cronograma de desenvolvimento de produtos com um dispositivo oficial da Fuchsia. Esse dispositivo seria lançado em até 5 anos.

Além disso, acredita-se que o Home Hub (agora chamado de Nest Hub) seja um dos dispositivos de teste para o Fuchsia. E durante uma gravação do The Vergecast, Lockheimer falou mais sobre o produto.

O executivo disse que as pessoas estão muito entusiasmadas dizendo “Ah, esse é o novo Android” ou “Esse é o novo sistema operacional do Google Chrome”. Mas não seria exatamente isso.

Mas ele esclareceu: “Fuchsia realmente não é sobre isso”. Lockheimer disse que “o Fuchsia é apenas empurrar o estado da arte em termos de sistemas operacionais”. E completou que ajuda também em “coisas que aprendemos com o Fuchsia que podemos incorporar em outros produtos ”.