Marketing Digital

10 out, 2011

O papel da TI no Search Marketing

100 visualizações
Publicidade

Atualmente, o Search Marketing
vem ocupando um papel vital para as empresas, pois as pessoas realizam
cada dia mais buscas na internet. O Google é o grande representante
desta área do marketing? Sim! Mas é importante destacar que as pessoas
buscam em todos os lugares. A busca faz parte da natureza do ser humano,
porém quando a quantidade de informações era limitada, não havia tanta
necessidade de realizar buscas. Para tomar uma decisão de compra, bastava assistir um comercial de televisão ou ler um anúncio em revista.

Cauda Longa e escolhas infinitas

Com a internet, as pessoas passaram a ter “escolhas infinitas”, pois
possuem o poder de buscar e compartilhar informações. Como afirma Chris
Anderson em seu livro “A Cauda Longa”, o mercado de nicho se tornará
mais relevante do que o mercado de massa, pois as demandas ocultas
pela dificuldade de buscas irão surgir e as pessoas irão comprar
produtos/serviços nunca antes imaginados na era do marketing de massa.

O que é Search Marketing?

O Search Marketing é também denominado Search Engine Marketing (SEM)
e pode ser definido como estratégias de marketing que visam atingir o
potencial cliente no momento em que ele busca um produto, serviço ou
qualquer informação na internet. O Google é, sem dúvida, o grande foco
de todas as empresas, pois no Brasil 96% das buscas são realizadas no
Google. O Search Marketing pode ser dividido em duas partes: Links
Patrocinados e SEO.

Leia mais sobre Search Marketing em http://www.konfide.com.br/sem.

Aonde entra a Tecnologia da Informação nisso tudo?

Segundo o Wikipedia: “A Tecnologia da Informação é responsável por fazer a gestão da informação através de dispositivos e equipamentos para acesso, operação e armazenamento dos dados, de forma a gerar informações para tomada de decisão.

O profissional de TI deve ir além de fornecer informações, ele deve buscar as melhores tecnologias para que a informação seja captada e absorvida de forma eficaz. O resultado final será um conhecimento que levará a tomada de decisão.

A tomada de decisão não é apenas dentro da empresa, mas
principalmente pelos consumidores que estão na internet realizando
buscas. 96% das buscas no Brasil são realizadas no Google, portanto
estar presente nos resultados de busca de forma planejada e regular, é
essencial para que uma marca possa influenciar a decisão do consumidor.

Uma pesquisa da Optify mostra que que 58,4% das pessoas clicam nos 3 primeiros resultados orgânicos.

As estratégias de SEO passam obrigatoriamente por planejamento de conteúdo e otimização técnica dos sites.

O conteúdo deve estar alinhado às palavras-chave que as pessoas
buscam, porém para fazer o estudo de palavras-chave é necessário usar
diversas ferramentas que envolvem conhecimentos mais técnicos.

Vejam algumas ferramentas indispensávais para o SEM:

  • Google Keyword Tool – Permite pesquisar as palavras-chave mais buscas no Google e exportar em formato de planilha do Excel. 
  • Google Insights for Search – Compara até 5 palavras-chave e seus volumes de busca ao longo do tempo.
  • SEOMoz – Um pacote de soluções de SEO.
  • SEM Rush – Permite monitorar as principais palavras-chave que os concorrentes utilizam nas campanhas de AdWords.
  • Excel – Grande parte das análises pode ser realizada com o Excel, porém a maioria das pessoas não faz um estudo de palavras-chave ou análise de relatórios de AdWords com o Excel. (Os links direcionam para tutoriais em vídeo) 
  • Web CEO
    – Monitora o posicionamento do seu site para uma lista de
    palavras-chave e permite criar um ranking com sites concorrentes.
    Fundamental para avaliar a evolução do trabalho de SEO. Possui versão
    desktop e online.

Conclusão

A tecnologia da informação pode ter um papel fundamental na
estratégia de Search Marketing, pois a área de marketing não consegue
acompanhar a imensa quantidade de mudanças que o SEM traz para o
marketing. Mais do que nunca é URGENTE que as áreas de Marketing e
Tecnologia deixem de lados as velhas regras (e rixas) e estudem juntos
formas de conquistar um espaço neste novo universo do Marketing Digital. Em tempos de grandes mudanças, percebemos como Darwin continua atual.

Referências: