DevSecOps

20 dez, 2013

Big Data – O que é e por que é importante – Parte 04

100 visualizações
Publicidade

Na parte 03 desta série, descobrimos que o Big Data é um grande gerador de receita para o negócio e que deve gerar US$ 232 bilhões gastos até 2016. Neste artigo, vamos continuar a explorar por que Big Data deve se tornar uma parte essencial de qualquer estratégia de negócios no século 21.

Primeiro, a má notícia

Ok, então temos a noção do que Big Data é e por que ele é importante para o negócio. Então, o que pode ser feito sobre isso? O primeiro ponto é reconhecer a sua estratégia de negócio e necessidades, bem como as limitações em sua infraestrutura atual. Data warehouses tradicionais baseiam-se em conjuntos de dados bem organizados estruturalmente. Pense Oracle, MySQL e bancos de dados relacionais. . . que bem organizam dados em tabelas e linhas.

big-data

Na última década, no entanto, o enorme fluxo de mensagens de texto, tweets, vídeos do YouTube, podcasts, mensagens do Facebook, e dados do sensor vieram de forma de não estruturada – que são dados desorganizada e mal definidos. De fato, as estimativas são de que 90% dos dados gerados diariamente são não-estruturados, o que significa que as empresas não são capazes de gerir ou extrair valor a partir delas. Em outras palavras, isso significa que a maioria das organizações está tomando decisões baseadas apenas em dados estruturados. . . que estão lhes dando apenas 10% da imagem.

Problema Big Data ou oportunidade Big Data!

Se você vai ao banco e pede um saque em dinheiro de US$ 100, e deixa US$ 90 sobre a mesa, as pessoas provavelmente questionariam sua sanidade. E, no entanto, se vemos a analogia acima sobre Big Data como um ativo, isso é exatamente o que está acontecendo com as empresas de hoje. Aquelas que receberem a bordo o desenvolvimento e a implementação de uma estratégia de Big Data são as que vão se destacar na nova era digital. Em vez de olhar para o Big Data como um problema, os empresários precisam ver isso como uma oportunidade para desenvolver novos conhecimentos mais profundos sobre as tendências, as relações e os padrões em sua cadeia de suprimentos, o que pode melhorar a satisfação do cliente, economizar dinheiro e fazer crescer o negócio.

big-data-1

Há um número considerável de recursos disponíveis hoje, que as empresas podem aproveitar para gerenciar seus dados não estruturados e obter insights mais profundos em seus setores. Estes incluem tudo, desde painéis de Business Intelligence a análise de recursos de previsão para as grandes plataformas de gerenciamento de dados, como o ecossistema Hadoop.

Fique ligado! No próximo artigo, vamos dar o pontapé inicial de uma nova série que vai abordar Hadoop e NoSQL como dois grandes exemplos da ferramentas que as empresas estão usando atualmente para gerir as suas soluções e estratégias de Big Data.

***

Artigo traduzido pela Redação iMasters, com autorização do autor. Texto original da equipe Monitis, liderada por Hovhannes Avoyan, disponível em http://blog.monitis.com/index.php/2013/11/06/big-data-what-is-it-and-why-is-it-important-part-4/