Desenvolvimento

21 dez, 2015

As 5 melhores coisas para se saber sobre DevOps

100 visualizações
Publicidade

Este artigo foi publicado em 18/03/2015. Por ter sido considerado um dos melhores artigos de 2015, foi republicado hoje

Vivemos em um mundo de mudanças tecnológicas épicas! Temos experimentado, ao longo dos últimos 5 anos, uma confluência incrível de tecnologias emergentes e disruptivas na área mobile, em nuvem e colaboração. Enquanto toda essa mudança é ótima para as empresas e os clientes, as novas tecnologias digitais também estão criando desafios imprevistos de TI em todo o mundo. Com a demanda por atualizações de software instantâneas e comunicações em tempo real, as empresas de TI tiveram que mudar seu paradigma de operações. Ele costumava ser aqueles ciclos de lançamento de software que demorariam de 18 a 24 meses ou mais. Mas, com as inovações dinamizadas pelo consumo de TI e as demandas dos clientes, as empresas hoje são duramente pressionadas para lançar os aplicativos no mercado o mais rápido possível.

Devops-1

A TI tem que conduzir o ataque na adoção de frameworks mais rápidos e mais ágeis para o gerenciamento de atualizações de software. Agora, o ciclo para a criação de novos aplicativos de software de é de cerca de 3 meses para uma versão inicial e mais de 6 meses para o conjunto completo de recursos. E não só o ciclo de vida foi encurtado, mas os aplicativos se tornaram muito mais complexos e exigem colaboração e integração cruzada entre os diversos componentes de TI, tais como Operações, Desenvolvimento e Q&A de maneiras inimagináveis. O resultado foi uma nova disciplina conhecida como DevOps.

Então, a pergunta óbvia a se fazer é a seguinte: “Como é que a sua organização alavanca DevOps hoje?”. Quando se é a sua infraestrutura de TI que está em jogo, o que você está fazendo para garantir tempos mais rápidos do ciclo de produção, fluxos de trabalho mais eficientes e economias de custos e geração de receita melhores? Com essas questões em mente, vamos dar uma olhada agora nas coisas mais importantes para saber sobre DevOps.

DevOps é uma abordagem de mudança de paradigma para a construção de software

O DevOps engloba toda uma mudança de mentalidade na abordagem de lançamento de versões de software (alguém, apropriadamente, chamou a atenção para DevOps como “Apenas a Consumerização de Desenvolvimento de Software (necessária)” e é tanto uma mudança cultural, quanto tecnológica. DevOps é sobre um excelente serviço ao cliente, a redução de custos e o aumento da eficiência. Mas também é sobre unidades de negócio diferentes sendo ágeis, adaptáveis e flexíveis o suficiente para trabalhar em conjunto para produzir produtos e serviços de excelência. DevOps é bem melhor resumido como uma nova maneira de as pessoas, os processos e as tecnologias trabalharem juntos em harmonia orgânica.

DevOps é uma mudança cultural

DevOps é também sobre a colaboração eficaz e comunicação em toda a organização. Tudo isso começa com a importância da cultura e das práticas culturais. Velhos hábitos custam a morrer e se a sua organização está mergulhada nas abordagens das empresas tradicionais e antiquadas para o desenvolvimento de software, então agir com eficiência, obviamente, leva mais tempo.

Como uma fonte disse muito bem: “Você não pode mudar diretamente a cultura. Mas você pode mudar o comportamento, e o comportamento se torna cultura”. Comece criando um ambiente no qual a inovação e o brainstorming são práticas bem-vindas. Recompense as pessoas por suas ideias. Organize um concurso mensal de inovação, fornecendo um almoço grátis ou R$ 150 de vale-presente para quem a encontrar a melhor solução para um processo manual demorado.

devops-2

DevOps tem muito a ver com automação

O benefício de automatizar o processo de teste e o deployment dificilmente precisa de explicação. Com apenas alguns cliques, uma ferramenta de integração contínua irá executar uma série de testes unitários, fazer deploy do código para um novo servidor e, em seguida, realizar uma série de testes de integração. O ponto óbvio é que a automação de integração contínua reduz os custos e aumenta a eficiência para que os desenvolvedores possam dedicar o seu tempo escrevendo código em vez de rastreando e corrigindo bugs.

Desenvolver a capacidade de automatizar a infraestrutura de uma organização pode parecer a mais assustadora das tarefas, e é nesse ponto que as empresas costumam se tornar suas piores inimigas. No entanto, existe um número significativo de ferramentas de automação no mercado que podem ajudar a tornar seu teste, monitoramento e processo de implantação eficiente e eficaz.

DevOps é o primeiro passo para TI escalonável

O Gartner está prevendo a Web escalonável de TI como uma das principais tendências estratégicas para 2015. Web escalonável é definida como “um padrão de computação de classe global que oferece os recursos de grandes provedores de serviços em nuvem dentro de uma configuração de TI da empresa. Várias organizações começarão a pensar, agir e construi aplicativos e infraestrutura, como os gigantes da web Amazon, Google e Facebook”. O Gartner também passa a mencionar que DevOps é parte integrante desse processo e representa o primeiro passo para muitas organizações expandirem suas operações “para conduzir o desenvolvimento rápido, contínuo e incremental de aplicativos e serviços”.

Devops-3

DevOps leva tempo

Não existe solução rápida para a criação de um ambiente DevOps. É preciso tempo para atrair os principais stakeholders e mudar políticas, atitudes e práticas. Seja persistente, e os dividendos irão render!

DevOps é uma transformação épica no mundo da TI que está criando uma série de novas oportunidades para as empresas se tornarem mais ágeis e eficientes na entrega de seus produtos e serviços. Se for seguida à risca, a adoção do DevOps pode poupar, drasticamente, a sua organização uma quantidade significativa de tempo e dinheiro, ao mesmo tempo aumentando a eficiência em todos os níveis. O trem do DevOps está deixando a estação, mas não é tarde demais para entrar a bordo. Comece hoje mesmo a ver as diferenças que o DevOps pode fazer no nível e na qualidade das suas práticas de negócios.

***

Hovhannes Avoyan faz parte do time de colunistas internacionais do iMasters. A tradução do artigo é feita pela redação iMasters, com autorização do autor, e você pode acompanhar o artigo em inglês no link: http://blog.monitis.com/2014/12/29/top-5-things-to-know-about-devops/