Design & UX

8 abr, 2016

Recriando cartazes de filmes no Photoshop CC – Need for Speed

100 visualizações
Publicidade

Olá, pessoal!

Tenho novidades: voltarei a publicar imagens de leitores em nossa galeria.

Para quem não lembra, eventualmente, publico imagens criadas por leitores, amigos e usuários do Fórum iMasters. Caso queira ter sua imagem na próxima galeria, me envie por e-mail: fabiolody@imasters.com.br.

Vejam as imagens que separei essa semana de diferentes estilos:

Artista: Pedro Ruta
Site: http://pedroruta.com

image_45

Artista: Wvilson Wallace Carvalho Guimarães
Site: www.behance.net/wvilsonshop

image_01

Artista: Luiz Henrique Oliveira
Site: www.flickr.com/rickfire

image_02

Artista: Ricardo Rodriguez
Site: www.facebook.com/rickrodriguezz

image_04

Bom, agora vamos ao trabalho!

Pensei em algumas sugestões que recebi via e-mail e decidi criar uma serie sobre cartazes de filme, simulando alguns efeitos legais.

Essa semana veremos um efeito bem bacana, que foi usado no cartaz do filme “The Need For Speed”.

Artista: Fabio Lody (www.fabiolody.com)
Descrição: Efeitos usados em cartazes de filme
Software utilizado: Photoshop CC em inglês
Grau de Dificuldade: 8,5
Ao som de: Bruno Mars – Granade

Vamos conhecer um pouco mais esses cartazes. No geral, são ótimas fotos em uma fusão bem bacana, usando efeitos que conheceremos hoje.

image_06

image_08

image_11

1º passo: Vamos entender como tudo funciona

Existe uma fusão de imagens criada a partir de cenas do filme. Nosso trabalho é produzir nossa imagem usando, ao menos, o mesmo tema com elementos diferentes.

Em seguida, a ideia é pegar uma boa foto¹ e tratá-la de modo que sua lateral fique em azul (cor primaria dos efeitos de divulgação do filme) e criaremos espaço suficiente para aplicar a fusão criada inicialmente.

O efeito principal como tema do filme é o uso do degrade sobre as fotos.

2º passo: Selecione as imagens que formaram a nossa fusão principal

image_15

Este será o fundo de nossa imagem. Gosto da foto e essa estrada com a curva no final, ideal para nosso efeito.

image_16

Carro principal de nossa fusão. Escolhi um Pontiac Trans Am (Bandit). Acho que se encaixa perfeitamente.

Bem, nossa missão inicial é recortar o carro e colocá-lo no ângulo correto ao da estrada. Utilizando a ferramenta “Pen Tool” (P), crie um shape sobre o carro, que usaremos como máscara de recorte, para aplicarmos o carro na outra imagem.

image_18

3º passo: Inicie a construção do shape, em algum ponto do carro, até fazê-lo por completo

image_17

image_19

Uma dica: diminua a opacidade do shape. Assim conseguimos recriá-lo na posição mais correta.

image_20

4º passo: Shape construido, faça com que vejamos a seleção do objeto

Para isso, clique sobre o shape na paleta de camadas:

image_25

image_22

Oculte o fundo e deixe apenas o carro:

image_26

Arraste-o para o outro arquivo.

image_23

Posicionando ambos arquivos lado a lado, pode te ajudar muito.

5º passo: Pressione “Ctrl” + ” T” e rotacione o carro

Faça isso de maneira que fique melhor posicionado ao ambiente, ou seja, ao plano ao que foi colocado.

Talvez seja necessário utilizar um efeito chamado “Warp”. Você o localiza pressionando novamente “Ctrl” + “T” e escolhendo a opção “Warp”. Isso faz com que você altere cada ponto de eixo de sua imagem. Isso fica a seu critério. No meu caso, fiz algumas modificações na parte frontal do carro.

image_28

O próximo passo é opcional e fica a seu critério: pressione “Ctrl” + “T” e diminua o fundo, a ponto de equilibrar a posição do carro.

A imagem do carro, é menor do que a imagem do fundo que escolhi. Se aumentarmos o carro, com certeza ele perderá qualidade, então, vamos diminuir o fundo, de modo que fique com carro em destaque.

image_27

Está satisfeito com o tamanho e posicionamento? Se estiver, nosso próximo passo, é o recorte do vidro.

6º passo: Utilizando a ferramenta “Pen Tool” (P)

image_18

Crie um shape do vidro, para conseguirmos edita-lo a vontade.

Untitled-1

7º passo: Clique sobre o shape recém criado para trazer a seleção

Em seguida, clique sobre a camada do carro, que já possui a máscara inicial.

8º passo: Daí Segure a tecla “Ctrl” e pressione “Backspace”.

Com isso, a máscara irá adquirir também a seleção do novo shape.

image_30

Se tudo deu certo, sua imagem estará próxima a essa:

image_31

Bem, agora nosso objetivo é a sombra do carro.

9º passo: Duplique a camada do carro, clicando sobre ela e em seguida pressione “ctrl” + “j”

image_32

10º passo: Pressione “Ctrl” + “U” e, em seguida, altere como a seguir

image_33

Isso faz com que nossa cópia do carro fique com uma única cor.

11º passo: Jogue essa camada para trás do carro

E utilizando a técnica do 5º passo, posicione a seu critério. Em seguida, altere sua opacidade para 60%.

image_34

12º passo: Duplique essa camada para criar outros pontos de sombra

Se preciso, apague suas bordas ou use a máscara para não perder seus detalhes. Outra dica é usar um pouco de “blur” (filter > blur > gaussian blur).

image_35

Agora iremos criar a coloração dos cartazes. Esse é o grande “Mandrake” do efeito. Criaremos uma camada com pontos mais claros e outros mais escuros.

As mais claras (áreas quentes) serão as áreas das foto que iremos destacar no futuro, por isso é bom um entendimento inicial de sua imagem.

13º passo: Crie uma nova camada.

Agora configure seu pincel como abaixo:

image_36

Mais uma vez, pessoal: isso fica extremamente ao seu critério. Não existe uma fórmula exata. Seu efeito vai depender da maneira como você construirá seu cenário, ou seja, pode variar muito, dependendo do tamanho da ponta do pincel, de sua opacidade e pressão.

Feito a configuração do pincel, preencha algumas áreas desejadas, usando esse pincel e reconfigurando se necessário, dependendo do local do cenário.

image_37

Preenchi todo cenário e deixei o carro em destaque e parte da estrada.

14º passo: Clique sobre o botão “Create a new fill or adjustament layer”

E em seguida clique em “Gradient Map…”:

image_38

15º passo: Clique sobre o degrade (1), para abrir o “Degrade Editor”

Em seguida, clique sobre os pontos indicados (2) a baixo e crie as nuances de cor, usando os códigos hexadecimais.

image_39

e tchãnãnã:

image_40

Aqui alguns detalhes da frente do carro:

image_41

Aqui com algumas mudanças no vidro:

image_42

Agora iremos a execução e montagem do restante da imagem. Lembrando que o principal é atingirmos os tons certos. O resto vai fluir – confie em mim!

16º passo: Precisamos da foto de uma cobaia.

Sou feio e nenhum pouco fotogênico, mas a foto vai servir.

image_47

17º passo: Utilizando a mesma técnica do passo 3, crie um shape sobre a área de interesse

image_48

18º passo: Arraste o arquivo que fizemos para cima deste shape

Dê preferência para arrastar os arquivos de maneira separada, ou seja, primeiro o fundo e em seguida o carro. Isto irá facilitar nosso trabalho no futuro.

image_49

19º passo: Repita o 4º Passo

Aqui você deve clicar sobre a thumbnail do shape na paleta de camadas e, em seguida, pressione o botão no canto inferior direito para adicionar uma mascara (image_51). Note que deixei a parte de trás do carro, para fora do shape. Isso fica a seu critério.

image_50

20º passo: Na parte de cima eu repeti o efeito criado para o carro, porém com dois helicópteros.

image_69

Uma dica é aproveitar exatamente o mesmo PSD, apenas arrastando uma foto bacana para dentro do PSD do carro, com o degrade já setado.

image_44
Depois refaça a posição das áreas quentes, como comentei anteriormente. Essas áreas vão variar de foto para foto.

Feito isso, salve com outro nome e arraste-o para dentro do PSD principal, como fizemos com o carro.

image_52

21º passo: Crie um shape por trás, usando a cor #06031c

image_53

22º passo: Agora vamos ao rosto

Novamente, clique sobre a foto e arraste para o PSD do carro. Agora precisaremos de uma camada escura acima da foto, com opacidade de 70%:

image_55

Agora retire esta camada e teremos apenas cores quentes, como abaixo:

image_56

23º passo: Com tudo criado, arraste as camadas para dentro de nosso arquivo principal

Não esqueça de organizar tudo em uma pasta, para não se perder.

Agora posicione o tronco e a cabeça, em ambos os arquivos. Ah, sim, a versão mais clara ficará por cima. Feito isso, criaremos uma máscara para chegar no efeito a seguir:

image_54

image_57

24º passo: Agora o objetivo é diminuir as nuances da lateral esquerda da foto

Então, crie uma camada “Shift” + “Ctrl” + “N” e configure o pincel usando a cor #06031c e faça como abaixo:

image_58

25º passo: Do outro lado, eu deixei com mais brilho

Para isso acontecer, eu criei uma camada com minha foto, usando o arquivo do carro (como abaixo):

image_59

Um detalhe importante foi a máscara invertida, o que me deu autonomia para determinar qual área da imagem será exibida.

Para isso, basta clicar sobre o botão inferior “add a new mask” e pressionar “ctrl” + “i”.

image_60

26º passo: Agora alguns detalhes que deixarão nossa imagem, mais bacana

Procure por imagens que tenham “flare”, brilhos, fumaça ou luzes de solda. De preferência para imagens com fundo preto.

image_61

image_62

A fumaça, precisei alterar a tonalidade principal pressionando “Ctrl” + “U” e deixando os tons como abaixo:

image_65

Estas duas de baixo, joguei no arquivo inicial, que já havíamos criado para o carro. Conseguindo assim, os tons ideais.

image_66

image_63

image_64

27º passo: Feito isso, jogue as imagens para nosso arquivo principal (com minha foto bonita)

Feito isso, posicione a seu critério. Em seguida, altere a propriedade na paleta camada, para “Clarear”.

image_67

E, finalmente, nossa imagem final:

image_68

Então é isso, pessoal! Espero que tenham gostado.

Existem diversos meios para se chegar neste resultado. Alguns até mais simples, mas acho bacana conhecermos vários caminhos.

Este é o link para download do primeiro PSD (do Pontiac Trans Am Bandit) que servirá de base para todo artigo e, com certeza, ajudará muito.

Um abraço a todos e fiquem com Deus.

Aguardo sugestões para as próximas matérias!