Carreira Dev

30 abr, 2019

5 características fundamentais que um Dev precisa ter

100 visualizações
Publicidade

A tecnologia evolui a todo momento. Não importa a área em que você trabalhe, ela vai afetar o seu futuro. Para o bem e para o mal. Para o bem, pois haverá mais recursos e possibilidades de desempenhar um trabalho. Para o mal, pois se você não se atualizar, pode ficar para trás e ser engolido pela avalanche de profissionais que não para de crescer no mercado.

Entre os profissionais de tecnologia, já existe este alerta. Todos sabem (ou imaginam) que precisam estudar sempre, buscar informações e estar por dentro de tudo. As gerações antigas, prestes a se aposentarem, talvez não sintam tanto os efeitos desta quarta revolução industrial que estamos vivendo (a da tecnologia).

Mas quem está crescendo profissionalmente ou entrando no mercado vai presenciar essa nova revolução tecnológica. E terá de estar preparado para ela, porque quem não se atualizar, pode se tornar obsoleto.

Porém, muito mais importante do que se renovar tecnologicamente, será se atualizar com relação às chamadas soft skills. As hard skills são os talentos técnicos que, teoricamente, todo desenvolvedor consegue desenvolver, para resolver problemas de software. Mas as soft skills, são aqueles talentos que envolvem o contato humano.

Desenvolvedores de humanidades

As soft skills são aquelas características que vão te ajudar a se destacar. Elas te auxiliam a conseguir promoções na empresa e aumentam seu networking dentro e fora das companhias.

Na opinião da desenvolvedora Loiane Groner, tudo depende de onde um dev está na carreira. Ela acredita que “a cada degrau, você precisa ir investindo em soft skills diferentes para conseguir dar o próximo passo”.

Durante a gravação do programa The Velopers, que pode ser acessado aqui, apresentado por Rodrigo Pokemao, Community Manager do iMasters, o desenvolvedor Matheus Gontijo comentou sobre a mudança de postura que o fez ganhar projeção na carreira. Foi só quando venceu a timidez e começou a estudar inglês, que as portas se abriram.

Ele, então, passou a ganhar mais dinheiro e destaque. Viajou para o exterior e começou a palestrar por todo o Brasil e diversas cidades do mundo. Trabalha para uma empresa norte-americana e recebe propostas para novos trabalhos com muita frequência. A transcrição do bate-papo pode ser lida também nesta página.

Em entrevista com o desenvolvedor Lucas Santos, para a coluna Dev Além do Código, ele confirmou que o mesmo ocorreu. Só depois que se forçou a vencer a timidez, Lucas começou a usar uma importante soft skill: a comunicação. Hoje, ele participa de várias comunidades, escreve para vários blogs e aprendeu a se comunicar com as pessoas e a identificar talentos que poderiam ser lapidados para trabalhar na sua empresa.

Loiane Groner

Na opinião de Loiane, as 5 principais características que um dev precisa ter são:

  1. Comunicação (essa é chave).
  2. Resolução de conflitos (paciência e humildade entram nessa).
  3. Compromisso, cumprir prazos.
  4. Trabalho em equipe.
  5. Ser resiliente e flexível (aceitar mudanças, estar apto a aprender coisas novas e flexibilidade para se adaptar às mudanças e processos).

Lucas Santos

Para o desenvolvedor Lucas Santos, os devs precisam ter Responsabilidade como um dos lemas fundamentais de vida. Ser responsável ajudaria a garantir as 5 principais características dos profissionais do setor, na visão dele.

Ele fez a lista das 5 principais características necessárias:

  1. Comunicação
  2. Paciência
  3. Curiosidade
  4. Humildade
  5. Didática

Alex Lattaro

Paciência é a principal característica necessário, na opinião de Alex Lattaro. Ele explicou:

“Paciência com os usuários, paciência com stakeholders, paciência com os colega que têm menos experiência..”. Para Lattaro, o ramo de desenvolvimento pode passar a impressão de ser meio obscuro para quem está de fora.

“Às vezes acabamos sendo arrogantes, porque entendemos sobre algo que a maioria não entende. Aí, (por conta de “n” fatores) corremos o risco de darmos patadas desnecessárias”, acredita Alex.

Akita, Groffe, Dani e João

Para Fabio Akita, comunicação e compromisso são as maiores e melhores soft skills. Elas, inclusive ajudam a englobar todas as outras, na opinião dele. Já Renato Groffe acredita que a palavra chave para um desenvolvedor é persistência. “Não fazer besteiras para o DBA resolver depois”, completa.

Daniele Monteiro citou uma característica importante: “Um bom Dev precisa saber ouvir”. E João Neto disse que o principal para o sucesso de um Dev é ter “gosto por aprender”.

Conclusão

Diante de tantos depoimentos, acredito que você já tenha entendido que é preciso investir tanto no lado profissional, quanto no pessoal para crescer e se destacar no mercado (e na vida). Nessa área de tecnologia, você nunca vai conseguir resultados se não estudar e desenvolver técnicas.

Mas os resultados sempre serão maiores e melhores se você trabalhar itens como a habilidade de falar em público e a timidez. O Dev se acostumou a ser solitário. Mas com as novas metodologias adotadas por muitas empresas (como o método Ágil), o que será mais importante daqui para frente é o trabalho em equipe e compartilhado.

Além disso, agregar esses talentos extras, por mais que não façam falta no seu dia-a-dia, pode ser um diferencial para que você se desenvolva e se torne, por exemplo, um palestrante de renome (que irá agregar muito no seu currículo e resultar em novos convites, inclusive de emprego).