Marketing Digital

30 jun, 2016

Cultura de SEO: o que é e dicas para implementá-la

100 visualizações
Publicidade

Para que marcas consigam se comunicar melhor com seus consumidores, é fundamental que tenham uma Cultura de SEO. Com ela, a companhia como um todo terá como foco a conquista do tráfego mais qualificado existente na Internet.

Afinal de contas, pelo segundo ano consecutivo, os mecanismos de busca são a mídia com mais confiança, segundo o Trust Barometer 2016, que entrevistou 33 mil pessoas em 28 países. Além disso, a Conversion já havia apontado que a busca orgânica é responsável por 32% das visitas a sites no Brasil.

O que é Cultura de SEO?

Primeiro, é preciso entender que SEO é a sigla de Search Engine Optimization e significa nada mais que otimizar sites para que obtenham melhores resultados na busca orgânica do Google.

Dada a sua importância, cada vez mais converso com executivos de grandes companhias que passam a ter o SEO como uma estratégia para aquisição de tráfego. E mais importante do que isso: muitas vezes, os presidentes dessas empresas, sobretudo quando atuam no segmento de e-commerce, falam sobre SEO e definem que deve ser a principal fonte de visitas do site da companhia.

O mais icônico exemplo de uma cultura de SEO é a Amazon.com, cujo fundador e presidente, Jeff Bezos, criou até mesmo o nome da companhia seguindo as técnicas de SEO da época.

Amazon começa com a letra “A” porque, no início dos anos 90, os resultados de busca eram organizados em ordem alfabética. Depois disso, Bezos até criou um buscador, o A9, que não vingou. Mas o SEO deu muito certo, tanto que a Amazon recebe somente do Google orgânico nos Estados Unidos pelo menos 326 milhões de visitas mensalmente, segundo SEM Rush.

Mas há muitas outras empresas com cultura de SEO, inclusive no Brasil. Podemos citar o Mercado Livre, que recebe 60 milhões de visitas mensalmente. Ou ainda a Rocket Internet, com a sua Dafiti, com 4,9 milhões de visitas orgânicas. Para não falar ainda da Globo, que é pioneira em mídia, e também recebe centenas de milhões de visitas mensalmente do Google.

Tendo uma Cultura de SEO

Ter uma cultura de SEO, naturalmente, não é algo simples.

O ideal é que, como no caso da Amazon, a cultura de SEO comece com o presidente da empresa. Entretanto, como isso nem sempre será possível, é preciso que um gerente ou diretor tenha o SEO como prioridade e que isso esteja presente nas metas da empresa.

Sendo assim, resolvi compartilhar algumas dicas sobre como implementá-la, sobretudo em médias e grandes empresas – afinal de contas, nas menores o trabalho será muito mais simples.

Cultura de SEO vai além de contratar uma agência

A cada dia, o SEO é um assunto mais em voga nas grandes empresas. Gerentes, diretores e presidentes estão entendendo a importância de se posicionar no Google e outros buscadores de forma orgânica para conquistar e se comunicar com seus clientes.

Mas ter uma cultura de SEO vai além de simplesmente contratar uma agência ou consultoria. Toda a empresa deve respirar SEO, a busca orgânica deve estar presente na estratégia e os colaboradores conhecerem as técnicas. E, naturalmente, a consultoria ou a agência será fundamental nesse processo.

Não que a busca paga deva ser ignorada, mas a mídia conquistada é a melhor de todas, seja pelo custo ou pelo valor agregado. Vamos às dicas para que a cultura de SEO possa ser implementada nas empresas.

1. Tenha um evangelizador de SEO

Evangelizar é trazer a “boa nova”. Alguma coisa só muda quando há uma pessoa evangelizando sobre alguma novidade, isto é, mostrando os benefícios e ensinando como as outras pessoas podem segui-la.

Para isso acontecer, o evangelizador precisará convencer as outras pessoas sobre como o SEO será bom para ela. Do ponto de vista organizacional, é importante que essa pessoa tenha ou venha a ter um cargo com autoridade para tomada de decisões. Afinal, as coisas só mudam quando alguém tem poder para isso.

2. Metas de SEO em vários departamentos

Após evangelizar sobre o SEO, será preciso traduzir os conceitos, ideias e melhores práticas em ações e resultados. É aí que surgem as metas, pelas quais uma empresa deve se orientar. As metas podem ser, naturalmente, desde palavras-chave importantes bem posicionadas, resultados de tráfego e vendas, mas também quanto por cento do tempo de um time de tecnologia está sendo dedicado a SEO.

3. Treinamento e presença contínua do SEO

Não podemos fazer que se toda a companhia ou departamento irá pensar em SEO, é preciso que os funcionários recebam treinamentos adequados sobre essas técnicas. Esse treinamento deve ser contínuo, e partir tanto de especialistas quanto de gestores, que irão liderar a empresa na caminhada pelos melhores resultados orgânicos.

Conclusão

As empresas de maior sucesso no ambiente digital têm uma forte cultura de SEO, como a Amazon, que foi batizada com técnicas de SEO (para quem não se lembra da história, leia este artigo), ou empresas como Globo.com, MercadoLivre, Rocket Internet etc. Não tenho a menor dúvida de que o SEO irá crescer cada vez mais nas empresas, mas que será um processo complexo, pois envolverá diversas pessoas e responsabilidades diferentes.