Carreira Dev

14 mar, 2019

Em 4 meses funcionária do Google quebra recorde mundial do PI

visualizações
Publicidade

A funcionária do Google, Emma Haruka Iwao, quebrou o recorde mundial depois de 4 meses e 1 dia de projeto, com a ajuda de 25 servidores em nuvem, do Google Cloud, que processaram mais de 170 terabytes. Ao todo, ela conseguiu processar 31 trilhões de dígitos do PI. O recorde anterior era de 22,4 trilhões de números descobertos, atingidos em 2019 por Peter Truebe, em 2019.

O PI, que todos aprendem nas aulas de matemática, é comemorado em 14 de março, por reproduzir os seus primeiros números: 3/14. A autora do feito, Emma, em vídeo divulgado pelo Google, conta que, quando criança, fez o download de um programa para calcular o PI no computador, mas nunca imaginou, que hoje quebraria o recorde mundial.

Calcular o PI.

Para quem esqueceu, vale relembrar que para calcular o número do Pi, basta dividir o perímetro de um círculo pelo seu diâmetro.