Banco de Dados

18 mai, 2019

DBA Developers Summit 2019: Relato das trincheiras: o dia-a-dia de uma consultoria de banco de dados

visualizações
Publicidade

O DBA Developers Summit 2019 trouxe Igor Santos de Paula, Partner da Dataside. Ele palestrou sobre “Relato das trincheiras: o dia-a-dia de uma consultoria de banco de dados”. Em outras palavras, ele bateu um papo sobre problemas de continuidade de negócio.

Ou seja, falou, entre outras coisas, sobre péssimas práticas de configuração dos servidores. “Se não forem configurados de forma correta, podem causar uma performance ruim das empresas, que terão disponibilidade nula aos clientes e prejuízo”, explicou Igor.

Igor esclareceu:

“Nessa sessão, a gente fala sobre os principais problemas arquiteturais e suas soluções, que encontro nas mais diversas corporações brasileiras”.

O Partner da Dataside falou desde bancos de dados, recebendo 100% de querys Adhoc, CPDs inundados, até servidores que foram metralhados e não possuíam backup.

A preocupação com uma boa estrutura de dados nas empresas é intensa. É preciso, na visão de Igor, “boas práticas de backup, alta disponibilidade, disaster recovery, performance, boas práticas de configuração e etc.”

Problemas Recorrentes

Na visão de Igor, 90% dos problemas das empresas são simples, mas elas são negligentes ao lidar com esse desafios e não se preparam para evitá-los, nem para corrigi-los.

“Eu fico triste. No cenário atual, em todas as empresas, é possível fazer um relatório de 20 páginas de boas práticas que não estão sendo aplicadas”, afirmou.

Há uma lista elencada entre os problemas recorrentes. São eles:

  • Versão do patch. É preciso atualizar para evitar bugs.
  • Politica de backup.
  • Política de continuidade de negócios.
  • Falta de testes de disponibilidade.
  • Última checagem de integridade.
  • Estatísticas desatualizadas.
  • Rotina de shrink.
  • Login SA
  • Querys adhocs
  • TempDB
  • Jobs sem operador para casos de falha.
  • Jobs com logins pessoais como owner.
  • Collation diferente entre instância e database.
  • Queries mal escritas.

Depois de enumarar alguns dos problemas recorrentes, Igor Santos de Paula deixou uma dica para ajudar os gestores:

“Dependendo do banco de dados, ele te dá alertas de graça sobre problemas que precisam ser arrumados, basta configurá-lo. Imprevistos acontecem. Esteja preparado.”