APIs e Microsserviços

20 ago, 2018

Builder Spring Boot Thin Jar para rodar microsserviços Java

633 visualizações
Publicidade

Hoje continuaremos o tópico sobre a criação de microsserviços e passar dos projetos Fat (Uber) Jar para Thin Jar para Spring Boot. Thin Jar representa um código de aplicativo compilado e empacotado (lógica de negócios) do projeto junto com as bibliotecas de terceiros das quais ele depende.

Comparado ao Fat, ele não contém o tempo de execução do servidor de aplicação por padrão, então o tamanho de um arquivo Thin é muito menor. O tempo de execução e as dependências são baixados automaticamente durante o primeiro lançamento e armazenados localmente em ~/.m2/repository.

Para mostrar o processo de criação do Thin Jar para rodar a arquitetura de microsserviços, usaremos um pacote pré-configurado do Maven e o popular framework Spring Boot dentro do Java Engine.

Instalação do Builder Spring Boot Thin Jar

Comece acessando o painel do Jelastic. Encontre o Builder Spring Boot Thin Jar no Marketplace e clique em Instalar.

Ou você pode importar o manifesto requerido do GitHub usando o link:

Se necessário, altere as configurações de instalação, como nome do ambiente ou link do repositório Git, para um projeto Spring Boot personalizado. Em seguida, clique em “Instalar“.

Quando a instalação e a construção do projeto são concluídas, uma mensagem correspondente é exibida. Você ainda precisa aguardar alguns minutos para que a implementação seja concluída (sinta-se à vontade para acompanhar o processo no painel Tarefas). Na implementação padrão, o deployment é feito sob o contexto api/greeting.

Em alguns minutos, você pode verificar se o aplicativo está funcionando pressionando o botão “Abrir” no navegador.

A topologia para Spring Boot Thin se parece com a imagem abaixo:

É isso! Sinta-se à vontade para rodar quantos microsserviços forem necessários para o seu projeto, sem qualquer complexidade ao criá-los. Nos próximos artigos, abordaremos as etapas de obtenção de arquivos Fat, Thin ou Skinny Jar para aplicativos Thorntail, Vert.x e DropWizard. Fique atento e obtenha mais benefícios da arquitetura de microsserviços com o Jelastic PaaS.

***

Tetiana Fydorenchyk faz parte do time de colunistas internacionais do iMasters. A tradução do artigo é feita pela Redação iMasters, com autorização do autor, e você pode acompanhar o artigo em inglês no link: https://jelastic.com/blog/spring-boot-thin-jar-builder-for-running-java-microservices/