SQL Server

27 out, 2020

SQL AlwaysOn – Boas Práticas para instalar o Cumulative Update

100 visualizações
Publicidade

Olá pessoal, tudo certo?

No post de hoje vou falar um pouco mais sobre o SQL Server AlwaysOn, onde vi em alguns fóruns uma dúvida bem comum:

“Qual é a melhor forma de atualizar o SQL Server em um ambiente com o AlwaysOn habilitado?”

Bom, para começar, primeiro precisamos identificar qual é a versão atual do SQL Server e qual é a última versão disponível.

Podemos ver a versão atual do SQL Server diretamente no nome da instância no SSMS (SQL Server Management Studio).

Ou se você preferir uma informação mais completa, podemos utilizar o seguinte comando:

Como podemos ver, estamos com o Cumulative Update 18 instalado. Vale ressaltar que desde o SQL Server 2017 a Microsoft não libera mais Service Pack, somente os pacotes de Cumulative Update.

Particularmente eu uso o site https://sqlserverbuilds.blogspot.com/ para acompanhar as Builds do SQL Server, nele você encontra as informações de todas as versões.

Como podemos ver (linha verde), estamos em uma versão de Dezembro/2019 instalada. Nesse caso, vamos precisar instalar somente o Cumulative Update 20.

Apenas para reforçar, se estivéssemos utilizando o CU10, precisaríamos atualizar apenas o último CU20 ao invés de atualizar um por um OK!

Instalando o Cumulative Update no SQL Server com o AlwaysOn

Quando o ambiente tem o AlwaysON ou qualquer outra feature de Alta Disponibilidade é sempre recomendado começar fazendo a instalação na réplica secundária.

Se você tiver um ambiente de teste / homologação, melhor ainda! Faça primeiro nesse ambiente para depois fazer nas réplicas secundária / primária.

Nesse caso, a nossa réplica secundária é o servidor SQL23. Nesse momento seguimos o fluxo normal de instalação (next -> next -> finish xD).

Aceite os termos da atualização.

Após o aceite, será realizado uma validação do ambiente e será realizado o “Update”.

Instalação realizada com sucesso.

Como podemos ver, a instância SQL23 (réplica secundária) está atualizada. Agora vamos instalar na instância SQL22 (réplica primária). Para isso vamos seguir alguns passos:

  • O primeiro deles é efetuar um backup das bases de dados e das bases de sistemas (master, model e msdb).
  • Se a Configuração do AlwaysOn estiver como Assíncrona, devemos alterar para Síncrona para fazer o Failover

Será apresentada uma tela com as propriedades do AlwaysOn.

Como podemos verificar a configuração do AlwaysOn já está configurada como Síncrona.

Agora devemos efetuar o Failover.

Agora devemos conectar no SQL23.

É apresentado um resumo com as informações para efetuar o Failover, inclusive as databases que serão afetadas.

Depois disso, vamos ver um Report informando que o Failover foi executado com sucesso.

Failover também pode ser realizado via linha de comando, da seguinte forma:

Após o processo de Failover, podemos fazer o mesmo processo de instalação do Cumulative Update na instancia SQL22.

Após a instalação, ambas as instâncias estão atualizadas com o Cumulative Update 20 do SQL Server 2017.

Se for necessário voltar as bases para a instância SQL22, basta repetir o procedimento do Failover.

Bom pessoal, apesar de ser um post bem simples tenho visto algumas pessoas com dúvidas de como fazer o processo de atualização dos Cumulative Updates no SQL Server.

Lembre-se sempre que ter um ambiente atualizado reduz consideravelmente as vulnerabilidades do SQL Server! Isso deve ser feito periodicamente, pois segurança sempre é crítico!

Um abraço,

Tiago Neves