Cloud Computing

21 ago, 2012

Tenha seu próprio “Dropbox-like” na Amazon usando ownCloud

100 visualizações
Publicidade

O sonho de todo usuário (e também do administrador de TI) é ter essa onipresença do Dropbox com segurança, mas usando o próprio servidor ou até mesmo um na Amazon (para os mais paranoicos com segurança). Mas como fazer isso? Criar uma VPN é o mais comum, mas e a última milha do usuário? E o versionamento de arquivos?

O Dropbox é líder quando se fala em sincronização de arquivos. Mas por que o Dropbox é tão bom? Simplesmente porque permite a onipresença dos arquivos do usuário aonde ele for e acessar aonde quiser com qualquer dispositivo (mobile, tablet, notebook, etc). Temos outras opções similares (Box.net, etc) mas sempre caímos em uma questão: usar o servidor DELES, na nuvem DELES – e muita gente abomina essa ideia (por exemplo, se a empresa deles falir, onde eu pego meus arquivos?).

Fuçando na Internet achei o ownCloud que é uma plataforma similar ao Dropbox (tem softwares clientes para Windows, Linux e Mac, o que o faz bastante flexível). É compatível com várias distros Linux (e tem também instâncias prontas na Amazon). Funciona também como calendário, servidor de mídia, bookmarks e outras funções interessantes. Permite criar vários usuários com acessos restritos por grupos. E o bom disso tudo é que é fácil de instalar (mesmo que seja instalada “do zero”) e é opensource!

Testando o ownCloud numa instância EC2

Escolha uma instância EC2 com um troughput mais alto do que uma Micro, devido ao tráfego de arquivos – use uma AMI (imagem) específica com o ownCloud (ami-0fe4566, da BitNami), e o tamanho da instância usada de acordo com o tráfego de arquivos (não use instâncias Micro, pois tem um I/O baixo). Crie um volume com quantos gigabytes quiser e monte na instância (usando ssh ou um Webmin instalado estrategicamente). Depois reconfigure o volume para que o ownCloud o utilize.

É possível setar quais diretórios sincronizar – antes é preciso criar o diretório no servidor pela própria interface do ownCloud. Seus documentos, fotos e tudo mais ficam seguros e podem ser sincronizados com outras máquinas. Também dá pra sincronizar com outros servidores de arquivos, como os “robozinhos” da QNAP e as distros NAS4Free e FreeNAS (estas últimas com algum trabalho braçal de instalação de pacotes) – é como se o ownCloud fosse um backup de segurança do seu NAS. Também dá pra manter um backup de cada máquina do parque instalado (documentos, etc).

As vantagens são muito grandes quando se tem um parque de máquinas onde o backup é vital para casos de perda ou roubo de laptops, ou de incêndio na sala do servidor, só para citar algumas situações. Também é muito útil quando se tem a necessidade de ler documentos a partir de um smartphone ou tablet. É o fim do pendrive esquecido e da indisponibilidade – qualquer conexão de Internet serve para acessar o ownCloud, desde que se tenha em mente que, quanto mais lenta a conexão, maior a demora para arquivos grandes.

Conclusão

Usuários de Windows, Mac e Linux tem uma boa plataforma de backup e sincronização de arquivos, no seu próprio ambiente ou então na nuvem da Amazon. Ganha-se agilidade, segurança e disponibilidade a um custo relativamente baixo. De fácil instalação e configuração, pode ser uma boa pedida para pequenas e médias empresas.