Carreira Dev

11 ago, 2014

Por que você deveria parar de fazer/responder perguntas técnicas via redes sociais

100 visualizações
Publicidade

Quando você começa a dar palestras, criar projetos open source, publicar artigos ou simplesmente divulgar seu trabalho para o mundo, pouco a pouco as pessoas começam a te considerar uma referência no assunto. E quando essas pessoas têm dúvidas, é a você quem elas recorrem. Afinal, você é quem mais entende sobre aquilo (o que em muitos casos não é verdade).

A conta é bem simples: quanto mais coisas você faz, mais popular fica, mais pessoas vêm tirar dúvidas com você. Muitas vezes essas perguntas são feitas através de e-mail, grupos e mensagens privadas no Facebook, DM no Twitter, enfim qualquer lugar onde possam te encontrar. Com o passar do tempo, você nota que esse modelo simplesmente não escala. O motivo é que redes sociais genéricas são, geralmente, canais fechados e seu conteúdo não pode ser encontrado em nenhum motor de busca. A conclusão disso é óbvia: outras pessoas não vão ter acesso àquela resposta.

A abordagem que faz mais sentido para resolver esse problema hoje em dia é usar o Stack OverflowQuora e o próprio Fórum iMasters. Esses tipos de canais/ferramentas geralmente aceitam posts em inglês ou português e possuem alta relevância nos motores de busca – ajuda até mesmo quem for no Google, por exemplo, para tentar tirar uma dúvida similar. Milhares de pessoas acessam esses constantemente, ou seja, isso aumenta a probabilidade da sua pergunta ser respondida. E o melhor, as respostas mais relevantes têm mais destaque.

Enfim, independente da ferramenta (Fórum iMastersStack Overflow, Quora, GitHub, IRC), o que eu quero advogar aqui é que você pense duas vezes antes de perguntar ou responder uma dúvida através de uma ferramenta fechada. Você pode achar que está ajudando os outros ao responder, mas na verdade só está contribuindo para uma comunidade com conteúdo restrito a determinadas pessoas.

Note: não estou incentivando que as pessoas parem de ajudar umas as outras e deixem de responder as dúvidas. Só sugiro que o lugar para que essas dúvidas sejam tiradas seja outro.