Carreira Dev

4 abr, 2019

10 dicas para se tornar ninja em JavaScript

1538 visualizações
Publicidade

No último artigo vimos que JavaScript tem ganhado o coração de muitos desenvolvedores(as) e está em primeiro lugar no ranking das linguagens de programação que devemos ficar de olho durante o ano de 2019.

E, de fato, não é à toa, pois encontramos JavaScript em diferentes esferas da tecnologia e desenvolvimento: Back-End, Front-End, Mobile, I.A, Machine Learning, Big Data e a lista não para por aqui!

Por isso que encontramos tantas vagas de emprego, sejam elas aqui no Brasil ou no exterior, procurando sempre algum Dev que saiba programar em JavaScript.

Porém, logo vem inúmeras perguntas: ‘Como eu posso me tornar ninja em JavaScript? É difícil de aprender? Conseguirei entender JavaScript em pouco tempo? Onde encontrar bons materiais para conseguir ser um(a) excelente desenvolvedor(a) em JavaScript?’

Bom, com respeito a essas e muitas outras perguntas, vocês terão hoje aqui as respostas nesse artigo com 10 dicas infalíveis que te ajudarão a se tornar ninja em JavaScript.

Mas antes, não deixem de seguir o perfil do WomakerCode Twitter para ficarem por dentro de vários outros artigos legais como esse e ficar por dentro de outros assuntos como: eventos, empoderamento feminino, palestras, dicas de carreira –  tudo voltado para área de tecnologia e para nós, mulheres!

Vamos nessa?

Dica 01 – Estude e aprenda os conceitos básicos

Essa dica é interessante, pois todos sabemos que para aprender qualquer coisa, precisamos aprender os conceitos básicos. Porém, muita gente acaba pulando essa parte, que é tão importante.

Vamos comparar um estudo de uma nova linguagem de programação com aprender um novo idioma. Quando vamos aprender um novo idioma, procuramos sempre aprender coisas básicas, para depois de muita prática, conseguirmos aprender coisas mais avançadas sobre aquele idioma.

O mesmo acontece quando queremos aprender uma nova linguagem de programação. Não adiantará de nada querer aprender um framework/lib novo em JavaScript, seja ele: React, Angular ou Vue, se não soubermos a base do JavaScript (essa dica serve pra qualquer outra linguagem de programação que você queira aprender).

Se pularmos os conceitos básicos, não entenderemos o escopo principal da linguagem e, por consequência, não prosseguiremos com os estudos.

O que engloba os conceitos básicos? Envolve aprender: variáveis, tipos de dados, funções, estruturas de repetição (for, for in, while), como e quando usar cada um deles, estruturas de decisão, escopos locais e globais, entender a estrutura do ES5 e ES6, entre outros assuntos básicos.

Outro ponto importante a mencionar: procurar entender como a Web funciona, entender como funciona as requisições HTTP e entender como a internet funciona. Por que? Porque JavaScript é uma linguagem voltada para Web e de fato você vai precisar entender esses conceitos também.

Mas onde eu posso encontrar materiais para aprender esses conceitos básicos de JavaScript e WEB?

Um ótimo lugar para aprender, desde o básico ao avançando sobre JavaScript e Web, é a documentação do developer Mozilla. Para quem não conhece, super recomendo o link abaixo:

O mais legal dessa documentação é que ela está toda em português. Não tem como não aprender!

E para aqueles que não curtem ler e preferem aprender através de vídeos, recomendo essa super aula de JavaScript ES6. Esse vídeo ensina desde conceitos fundamentais, até os mais avançados. Vale a pena assistir!

E por último, uma dica muito legal e que cheguei a compartilhar no meu Twitter: um site onde você pode aprender JavaScript de maneira dinâmica, e melhor, online. O legal é que, conforme você for passando de lição, há inúmeros exercícios para você fazer. Vejam como é legal:

Site https://learnjavascript.online/

Vamos para a próxima dica?

Dica 02 – Pratique, pratique e pratique!

Não tem jeito. A melhor maneira de você se tornar bom, independente da linguagem que você estiver estudando, é praticando.

Novamente, fazendo analogia sobre aprender um novo idioma: a gente só começa a se sentir mais confortável e mais confiante ao falar com um estrangeiro se começarmos a praticar, certo? O mesmo acontece quando estamos aprendendo uma nova linguagem de programação e com JavaScript não é diferente.

O que eu recomendo nessa segunda dica? Depois de entender a sintaxe e os conceitos básicos do JavaScript, vem o momento de aprender algoritmo e estrutura de dados.

Talvez vocês falem: “Ah, Gláucia, mas são tantos os algoritmos”. Sim, é verdade, e tenho que confirmar, mas assim como aprender um novo idioma, você precisa ter paciência – da mesma forma será com uma nova linguagem.

O que eu recomendo a todos, é: dedique uma hora por dia para estudar ou fazer algum desafio de algoritmo em JavaScript. Não parece, mas tenham a certeza de que no final fará toda a diferença pra você.

Ah, e lembrem-se de uma coisa: qualidade é melhor que quantidade! Assim que, não adianta ficar estudando, tipo um dia, 8 horas seguidas em JavaScript e depois não praticar mais aquele assunto. O que vale mesmo é a qualidade de seus estudos. Estudem poucas horas por dia. Mas, procurem manter a rotina!

Onde eu posso encontrar recursos para aprender algoritmo e estrutura de dados em JavaScript? Recomendo o vídeo abaixo que já aborda estrutura de dados e algoritmos em JavaScript.

Dois sites que eu super recomendo também são:

Ambos trabalham com desafios diários em diferentes linguagens (JavaScript incluso). Vale a pena dar uma olhada!

E falando justamente desse ponto, a partir dos próximos artigos, farei uma série de estudos sobre algoritmos e estrutura de dados em JavaScript.

Me siga no Twitter e fique por dentro para acompanhar quando eu lançar essa série incrível, incluindo outras novidades legais que estão por vir!

Dica 03 – Estude Javascript com um livro

Para muitos, ler um livro pode parecer tedioso, mas chega uma hora que vamos precisar dele, da mesma forma que, quando aprendemos um novo idioma, vamos precisar recorrer ao dicionário ou algum livro de gramática daquele idioma.

A mesma coisa acontece quando estamos aprendendo uma nova linguagem de programação – temos que sair do ‘leitinho’ e começar a ‘comer coisas mais sólidas’.

E o que seriam essas ‘coisas mais sólidas’? Os livros! Há inúmeros livros que são extremamente recomendados para aqueles que estão aprendendo JavaScript. Para citar alguns:

Leia o livro e só passe para o próximo capítulo depois de realizar os exercícios e de fato entender o que estudou.

Se não entendeu, não avance. Tente entender, pesquise e depois que entender, aí sim prossiga para o próximo capítulo.

Dica 04 – Entenda Programação Assíncrona em JS & DOM

É de extrema importância entender programação assíncrona, uma vez que JavaScript usa e abusa do uso de funções assíncronas.

Para esse tipo de tema, recomendo os três links abaixo:

São materiais simples e que não demandam tanto tempo, mas são de grande ajuda!

E o DOM? Também é muito importante ter o domínio do DOM (Document Object Model), se você deseja se tornar ninja em JavaScript. Por que? Porque o DOM é a melhor maneira de manipular páginas em HTML, especialmente para aqueles que trabalham como Front-End – é fundamental saber o DOM.

Alguns materiais interessantes para aprender bem o DOM:

Dica 05 – Mãos na Massa – Desenvolva Projetos

Depois de passar pelas dicas anteriores, você estará mais apto a desenvolver projetos pessoais que estejam relacionados a JavaScript.

O que eu sempre recomendo nas minhas palestras é que todo desenvolvedor(a) crie uma conta no GitHub. Por que? Há empresas, principalmente do exterior, que logo que acabam de ver o seu currículo já olham o seu portfólio no GitHub.

Por que eles fazem isso? Para ver o que você tem desenvolvido, quais os cuidados que você tem em desenvolver um projeto e se você apoia algum projeto open source.

Se você que está lendo este artigo ainda não possui uma conta no GitHub, não tem problema. Crie uma hoje! Abaixo vou deixar o link pra vocês: https://github.com/

E o melhor lugar para você hospedar os seus projetos pessoais é justamente no GitHub, mas talvez você pense:

“Mas eu não tenho conhecimento em Git”

Não tem problema também. Há um curso excelente feito pelo William Justen, em português, e melhor ainda: gratuito. Vou disponibilizar aqui pra vocês:

Desenvolver projetos é a melhor maneira de mostrar ao mundo o que você aprendeu e vai te ajudar também a melhorar cada vez mais as suas habilidades com JavaScript, sem contar que é a melhor maneira de praticar.

Mãos na massa e comece a desenvolver muitos projetos.

Dica 06 – Aprenda POO para JavaScript

Outro ponto muito importante e que com certeza em algum momento quando estiver programando em JavaScript você vai encontrar, é a Programação Orientada a Objetos (POO) com JavaScript.

Procure entender o que é, como funciona e como fazer. Por que? Porque POO em JavaScript é totalmente diferente do conceito de POO, por exemplo, em C#, Java, PHP, Python e outras linguagens que possuem conceito de POO.

Como JavaScript é uma linguagem de multiparadigma (funcional + imperativa + scripts), acaba sendo bastante diferente das demais linguagens que conhecemos.

Mas, se ela possui suporte à programação funcional, por que então devo aprender POO para JavaScript?

É uma excelente pergunta, mas devido ao JavaScript moderno, sem contar depois do ES5/6, começamos a ver paradigmas de POO sendo adotados em JavaScript.

Onde eu posso aprender POO com JavaScript? Abaixo alguns links que podem auxiliar nesse estudo:

O vídeo acima é excelente e são apenas 40 minutos de vídeo explicando como aprender POO com JavaScript e melhor com os conceitos de ES5 & ES6

Dica 07 – Aprenda Programação Funcional

Como dito na dica #6, JavaScript é uma linguagem de programação de multiparadigma e que possui suporte à programação funcional. Logo, também é de extrema importância aprender a programação funcional.

Quando você aprende a programação funcional, você aprende a codar e entender melhor os conceitos principais das linguagens, pois a programação funcional te ajuda a evitar fazer uso de mudança de estados e dados mutáveis.

E sem contar que, a Programação Funcional enfatiza funções matemáticas e com isso ela acaba se tornando de grande ajuda em casos quando precisa desenvolver um determinado projeto que precisa fazer uso de cálculos e alocação demasiado de memória.

Abaixo listo alguns links importantes para aprender Programação Funcional com JavaScript

Já estamos chegando na reta final da nossa lista. Qual seria o top 3? Vamos ver agora!

Dica 08 – Aprenda padrões de projetos em JavaScript

Se você chegou até aqui, é porque você está terminando o seu treinamento e está perto de se tornar um Ninja em JavaScript.

Padrões de Projetos (Design Patterns) é muito importante em qualquer contexto de linguagem que você esteja se especializando ou trabalhando.

Quando você tem arraigado os principais conceitos de Padrões de Projetos, você saberá definir a melhor arquitetura do projeto para uma determinada situação.

Querem aprender Padrões de Projetos (Design Patterns) em JavaScript? Abaixo listo alguns links bastante interessantes:

Dica 09 – Aprenda um Framework/Lib JavaScript

Agora que você está chegando ao final e já aprendeu tudo o que de fato é necessário para ser um ninja em JavaScript, você pode aprender um framework/lib em JavaScript.

Há vários frameworks/lib do mercado. Entre eles: Angular, React & Vue.js. Não faça a besteira de querer aprender todos de uma vez! Procure aprender e se especializar em um framewrok/lib! Pois, estudando um dos três principais do mercado, você terá facilidade em aprender ou fazer migração (se for o caso) para um outro framework ou lib.

Abaixo estarei listando os principais cursos de: Angular, React & Vue

Curso de Angular – Loiane Groner (português)

Documentação do Angular

Curso de React (espanhol)

Aprenda a depurar uma aplicação Angular no Vs Code

Documentação do React

Aprenda a depurar uma aplicação React no Vs Code

Curso de Vue.js (inglês)

Documentação do Vue.js

Aprenda a Depurar uma Aplicação Vue no Vs Code

Dica 10 – Apoie projetos open source

A melhor maneira de você dar continuidade e não ficar parado no tempo é justamente apoiando projetos open source.

Além de você estar em contato com as grandes feras do mundo JavaScript, e melhor: poderá ajudar em algum Pull Request enviando alguma feature. Você aprenderá com eles, aprenderá consigo mesmo, e melhor: ajudará a comunidade técnica.

Outro ponto a ser mencionado aqui: você não precisa ser um gênio pra poder ajudar ou apoiar um projeto open source. Eu, por exemplo, tenho ajudado nas traduções do Nodejs.org & do Reactjs.org.

Claro que, se você se sentir à vontade e deseja enviar um PR de alguma feature que precisa ser melhorada de alguma lib, ótimo! Mas, se não for o caso, não se hesite em ajudar!

Mas onde eu posso apoiar Projetos Open Source em JavaScript? Abaixo deixarei um curso sobre como você pode ajudar uma determinada biblioteca open source em JavaScript e uma lista de diversos projetos Open Source que você pode ajudar:

Conclusão

Chegamos ao fim da nossa lista! Lembre-se: qualidade é melhor que quantidade. Sei que há muita coisa aqui para estudar. Mas, se você se dedicar, por exemplo, uma hora por dia para estudar os materiais que eu disponibilizei aqui, num prazo de 15 a 18 meses você com certeza se tornará um(a) ninja em JavaScript.

Só uma última ressalva: estou preparando uma série de artigos sobre algoritmos e estrutura de dados em JavaScript, onde a cada semana estarei explicando detalhadamente, em exemplos, cada um deles. Querem ficar por dentro dessa nova série?

Não quer perder nenhuma nova notificação? Me siga no Twitter, pois esse ano terá muitas novidades e estarei atualizando todos vocês por meio do meu Twitter.

Até a próxima, pessoal!