Design & UX

23 jan, 2018

Personalizando a interface de usuário do Firefox +57

100 visualizações
Publicidade

Veja como customizar o Firefox v.57 ou superior, através de regras CSS.

image by CNET

O novo navegador Firefox Quantum da Mozilla trouxe toneladas de novos recursos e atualizações. É mais rápido, mais leve e mais organizado do que nunca. No entanto, com o novo Firefox Quantum que separaram as APIs mais antigas, usadas para temas completos e outros add-ons, os usuários estão tendo dificuldade em personalizar a interface do navegador.

Felizmente, é possível personalizar facilmente a interface do Firefox +57 modificando o “skin” padrão, simplesmente criando algumas regras CSS que mudam a interface do Firefox como desejado.

1. Localize seu arquivo userChrome.css

O userChrome.css é o arquivo que usaremos para armazenar as regras CSS relacionadas com a skin do Firefox. Este arquivo deve estar dentro de uma pasta chamada chrome no seu perfil padrão do Firefox. Normalmente, a pasta e o arquivo não existem por padrão, mas podemos criá-los.

Para facilitar, abra o menu principal [ ] do Firefox e vá para Ajuda > Informações para resolver problemas. Em Pasta do perfil, clique no botão Abrir Pasta. O que deve abrir a pasta do seu perfil atual do Firefox:

Agora, crie uma pasta chamada chrome, e dentro dessa pasta, crie um arquivo vazio chamado userChrome.css. Agora você pode começar a colocar todas as regras CSS que desejar nesse arquivo e elas serão automaticamente carregadas pelo Firefox quando ele for iniciado.

2. Habilitar Caixa de Ferramentas do Navegador

Para escrever regras CSS relacionadas com a interface do Firefox, você precisa conhecer os seletores CSS disponíveis que você pode usar. Por exemplo, podemos usar #tab-bar para modificar o CSS da barra de abas do Firefox? Quais são os possíveis seletores? É por isso que é preciso habilitar uma opção chamada “Browser Toolbox”.

Para fazer isso, abra a opção “Inspecionar Elemento” no menu de contexto (clique com o botão direito do mouse em qualquer lugar, em qualquer página Web aberta), e clique em Toolbox Options:

Desloque-se para baixo, até “Advanced settings” e selecione as opções “Enable browser chrome and add-on debugging toolboxes” e “Enable remote debugging”, como na imagem:

Agora, abra o Browser Toolbox em Menu > Web Developer > Browser Toolbox. Uma mensagem de confirmação como esta aparecerá, clique em OK:

Finalmente, a janela do Toolbox Browser deve aparecer, para que passamos usar, a fim de analisar a estrutura da interface do Firefox:

Clique na guia, no ícone do mouse ao lado da guia Inspector (a primeira guia à esquerda) para inspecionar os elementos pelo mouse:

Depois disso, você pode colocar o ponteiro do mouse em qualquer lugar em sua janela do navegador para aprender o ID de cada elemento. Por exemplo, se você posicionar o mouse na barra de navegação, será possível ver uma linha pontilhada vermelha em torno dela:

Observe o código do id=”nav-bar” no seletor CSS, isso significa que você pode usar #nav-bar no seu arquivo userChrome.css para modificar a aparência da barra de navegação. Por exemplo, supondo que eu quero mudar a cor de fundo da barra de navegação para branco completo, o que eu vou adicionar no meu arquivo userChrome.css é o seguinte:

#nav-bar {
  background: #fff !important;
}

Lembre-se sempre de usar o !important em cada regra CSS que for criar, a fim de substituir as regras padrão na skin do Firefox. Caso contrário, você pode ficar louco — como eu fiquei — sem saber porque seu CSS não está sendo aplicado. Também não se esqueça de reiniciar o Firefox após cada modificação.

Resultado depois de reiniciar o Firefox:

3. Comece a Brincar

Agora já sabemos como criar regras de CSS para personalizar qualquer parte do navegador. Pode alterar a skin padrão, ou modificar a estrutura da interface do Firefox a vontade.

Recomendo a instalação da extensão Tab Center Redux que cria uma barra lateral para suas abas abertas. Depois disso, podemos aplicar as seguintes regras CSS no userChrome.css:

#tabbrowser-tabs {
    visibility: collapse !important;
}

#sidebar-box {
    overflow: hidden;
    min-width: 0px;
    max-width: 0px;
    position: fixed;
    border-right: 1px solid #eee;
    transition: all 0.2s ease;
    z-index: 2;
}

#sidebar-box:hover,
#sidebar-box #sidebar {
    min-width: 200px !important;
    max-width: 200px !important;
}

#sidebar-box #sidebar-header, #sidebar-box ~ #sidebar-splitter {
    display: none;
}

#sidebar-box #sidebar {
    height: 100vh; 
}

#urlbar {
    border-radius: 0px !important;
}

Aplicada as regras, esse será o resultado aproximado:

Se quiser sempre manter a barra lateral visível à esquerda, basta substituir parte do código do #sidebar-box do código com o seguinte trecho de código:

#sidebar-box {
    overflow: hidden;
    min-width: 32px;
    max-width: 32px;
    position: fixed;
    border-right: 1px solid #eee;
    transition: all 0.2s ease;
    z-index: 2;
}

#appcontent {
    margin-left: 32px;
}

E teremos o seguinte resultado:

A seguinte lista de seletores CSS que podem ser usados:

  • #appcontent: O Web View do Firefox (a própria página Web).
  • #tabbrowser-tabs: A barra de abas no topo do Firefox.
  • #urlbar: A barra de URL na barra de navegação.
  • #identity-box: A pequena área no lado esquerdo da barra de URL que contém os ícones de informações e conexão.
  • #sidebar-box: A barra de guias na lateral fornecida pela extensão “Tab Center Redux”.
  • #back-button: Botão voltar na barra de navegação.
  • #forward-button: O botão Avançar.
  • #reload-button #reload-button: O botão recarregar.
  • #home-button: O botão página inicial.
  • #downloads-button: O botão downloads.
  • #PanelUI-menu-button: O botão ≡.

Você pode explorar o resto dos seletores disponíveis da maneira que foi explicada na etapa 1. Sinta-se livre para aplicar quaisquer estilos CSS que desejar para aplicar seu estilo ao Firefox.

Conclusão

Embora tenhamos perdido alguns temas do Firefox para o Firefox v57, ainda podemos personalizar a UI do Firefox a um nível muito bom. No futuro, nós poderemos instalar os temas prontos que incluem modificações prontas do userChrome.css para personalizar Firefox de muitas maneiras e combinações diferentes.

Caso tenha alguma dica específica ou skin que você criou, relacionada ao artigo, sinta-se livre para compartilhar nos comentários ou pelo Telegram [@diegoboot].

***

Este artigo foi publicado originalmente em: https://tavernalinux.com/personalizando-a-interface-de-usu%C3%A1rio-do-firefox-57-9fe8a78b367f