Desenvolvimento

23 jul, 2015

Por aí – fazendo a internet do Brasil pelo mundo – Maio/ 2015

100 visualizações
Publicidade

Quem faz a internet no Brasil?

Nesta edição, começamos uma parte muito especial dentro da coluna “Por aí” – vamos mostrar quem são as pessoas que participam do Fórum iMasters e ajudam a fazer a Internet no Brasil.

Guilherme Oderdenge é desenvolvedor web focado em front-end. Ele participa do Fórum iMasters há oito anos.
Guilherme Oderdenge é desenvolvedor web focado em front-end. Ele participa do Fórum iMasters há oito anos.

Eu “pisei” no fórum do iMasters pela primeira vez em 2007, aos 12 anos. Àquela época, nos meus primeiros passos sobre desenvolvimento de software, eu andava de mãos dadas com PHP e MySQL, por serem as tecnologias com a maior abundância de material em português da Internet.

Na verdade, talvez “Internet” signifique iMasters, uma vez que a maior parte do meu conhecimento saiu de lá. Eram bons tempos — eu era um completo iniciante com um desejo enorme de progredir, de construir coisas incríveis e de algum dia ser aquele que ajuda. Nos primeiros meses acompanhando a comunidade de PHP do Fórum, eu ficava com um pouco de medo de me manifestar — a minha falta de conhecimento dava ênfase à qualidade das perguntas dos meus quase-colegas da “casa”.

Finalmente, depois de alguns meses sendo um anônimo sanguessuga, decidi ir além e efetuar o meu cadastro. Voi là! A partir daí, por mais sensacionalista que isso possa soar, a minha vida mudou.

Aprendi muito. Inclusive muito além do código. Aprendi que não existe uma linguagem melhor que a outra, mas que elas são diferentes e em muitos casos são complementares; aprendi que existem padrões e frameworks; aprendi que existem boas práticas e convenções; e, principalmente, aprendi a aprender.

Hoje, depois de quase oito anos do início da minha jornada, tento devolver para a comunidade o que ganhei por tanto tempo: conhecimento. Mas não foi só a didática, a parte técnica e até mesmo o português que eu pude aprimorar ao participar da comunidade. Recebi numerosas — e boas — propostas devido aos meus artigos e à minha participação na comunidade.

Em 2007, eu tinha 12 anos. Hoje, 19. Pode parecer engraçado isso tudo vindo de alguém tão jovem, mas foram os exemplos de profissionais que eu tive tão cedo que me fizeram almejar, acima de tudo, a carreira que eu tenho hoje — que, apesar de também ser jovem, é incrível.

Contatos:

PHP Experience 2015

PHP Experience
Foto: Kadu Potinatti/Videoclicl

Aconteceu em 25 de abril, em São Paulo, o PHP Experience 2015, um dos maiores eventos téc- nicos de PHP da América Latina. Em sua segunda edição (antigo InterCon PHP), o congresso, re- alizado em parceria com o grupo PHP-SP, reuniu cerca de mil programadores para palestras na- cionais e internacionais, áreas de comunidade e diversas ações de networking. Paul Jones, Cal Evans, Diana Arnos e Erika Heidi foram alguns dos especialistas que palestraram no evento. As palestras foram gravadas e estarão disponíveis no nosso canal do youtube. Você pode ver a cobertura especial aqui – e se prepare, ainda este ano acontece o Android DevCon (29/08) e o InterCon (24/10)!

Usuários de Recife promovem encontro sobre linguagem Python

encontro python recife

Cerca de 20 pessoas participaram da 37ª edição do Encontro de Usuários de Python de Pernambuco, realizada em março, no espaço do CESAR.EDU, em Recife. O evento reuniu profissionais, entusiastas e acadêmicos para discussões sobre a plataforma Python e suas aplicações em diversos nichos como web, sistemas embarcados, computação científica. O encontro contou com o apoio do CESAR, Centro de Inovação de Recife, que é um dos pioneiros do Porto Digital. Saiba mais em www.cesar.org.br.

Modificação de aplicações na plataforma Android

Há alguns meses Mauro Pichiliani, Colunista do iMasters, está desenvolvendo um experimento sobre modificação de aplicações na plataforma Android. No trabalho, ele explora o potencial de técnicas para alterar aplicações existentes na plataforma Android, de forma que a aplicação suporte algumas funcionalidades colaborativas, empregando técnicas da engenharia de software experimental para auxiliar o entendimento de como programadores se comportam durante a tarefa de modificações de aplicações.

Os participantes são monitorados através da gravação da tela do computador, logs do sistema e face por meio de uma webcam. Este experimento é pioneiro no Brasil por se concentrar em desenvolvimento Android e por coletar dados biométricos com Batimentos Cardíacos por Minuto junto com ondas metais captadas diretamente do cérebro do participante através de um BCI (Brain Controlled Interface). Além de contribuir para a engenharia de software experimental brasileira, o experimento possui o potencial de alterar detalhes do sistema operacional Android para que ele permita novos níveis de colaboração entre aplicações existentes.

Os resultados serão apresentados junto com a tese de doutorado de Mauro Pichiliani, que tem previsão de conclusão para o 2º semestre deste ano. Interessados em participar podem entrar em contato com ele pelo e-mail pichiliani@gmail.com.

Como criar startups de tecnologia no Brasil?

Idealizado por Nei Grando, “Empreendedorismo Inovador” reúne 25 grandes nomes especializados em empreendedorismo, tecnologia e startups. O livro é dividido em capítulos que podem ser lidos de maneira independente e que abordam o contexto do empreendedorismo no Brasil, o mercado para empresas de tecnologia e carreira e sociedade, além de trazer orientações sobre gestão e modelagem de negócios, networking e criatividade. Entre os autores estão Edson Mackeenzy, Gestor de Novos Negócios do Grupo iMasters, e Cezar Taurion, Colunista do Portal iMasters. O livro foi publicado pela Editora Évora e está disponível para compra no site da editora.

Empreendedorismo Inovador (alta)

Semana da mulher na tecnologia

Em março, aconteceu a 1ª Semana da Mulher na Tecnologia, uma celebração à igualdade e à inclusão social por meio da tecnologia. Durante toda a semana seguinte ao Dia Internacional da Mulher, foi promovida uma série de eventos práticos e discussões com foco nas mulheres na área de tecnologia, com o objetivo de inseri-las, fortalecê-las e oferecer a elas suporte nesse mercado, historicamente masculino. A Semana homenageou Alda Lovelace, primeira programadora conhecida. Foram cinco dias de atividades que reuniram desde meninas do ensino fundamental até senhoras da terceira idade. Em uma das ações, a influenciadora digital Camila Achutti liderou avós, mães, filhas e netas para aprenderem a programar juntas, em um hackaton no qual elas desenvolveram ideias de apps que ajudassem nos problemas de relacionamento entre as gerações.

Diagrama de soluções digitais

planejamento de maketing digital

Como posicionar empresas em mídias sociais, blogs, aplicativos móveis e sites? As respostas para essa pergunta são respondidas no livro “Planejamento de Marketing Digital: Como posicionar empresas em mídias sociais, blogs, aplicativos móveis e sites”. A publicação apresenta o DSD, o Diagrama de Soluções Digitais, representação visual do planejamento que sintetiza as principais teorias acerca do posicionamento de marcas na Internet. O material busca auxiliar marcas, gestores, professores e estudantes a sistematizar planos de atuação nos principais canais sociais da web. Lançado em abril pela Brasport, o livro está disponível para compra no site.

#404DigitalDay

No dia 04 de abril, quando é comemorado o Dia do Profissional Digital, a ABRADi-SP realizou o primeiro #404DigitalDay. O evento relembrou a história do digital no mundo e reforçou a importância do profissional digital.  Profissionais que fazem parte da história da Internet brasileira foram homenageados, entre eles Marco Gomes (boo-box), Cesar Paz (AG2 Nurun) e Edney Sousa (Interney). Para Bernardo Castello Branco, presidente da ABRADi-SP e CEO da Casulo Apresentações Vencendoras, o #404DigitalDay é uma conquista para os profissionais digitais. “Tanto as empresas como os consumidores amadureceram e apostaram no online. Todos enxergaram que é um caminho sem volta rumo a um mundo novo de oportunidades. Daí a importância de oferecer mais suporte para os profissionais desse segmento”, afirmou.

Estruturas de dados com jogos

Os professores Roberto Ferrari e Marcela Xavier Ribeiro, do Departamento de Computação da UFSCar, e os tutores do curso de Sistema de Informação da Universidade, Rafael Loosli Dias e Maurício Falvo, lançaram o livro “Estrutura de Dados com Jogos. A obra é didática e própria para ser utilizada como livro-texto em ambientes universitários, mas também pode ser usada por leitores interessados no assunto que tenham conhecimentos iniciais de programação. O livro inclui um tutorial para programação gráfica com C++ e Allegro, e os leitores têm a possibilidade de desenvolver seu primeiro jogo de acordo com o passo a passo disponível. Há também animações e videoaulas para facilitar a compreensão dos conceitos, além de desenvolvimento de jogos de computadores de modo integrado ao aprendizado de estrutura de dados. Você pode conhecer mais detalhes da publicação, feita pela editora Elsevier, no site http://edcomjogos.dc.ufscar.br/