Desenvolvimento

3 ago, 2018

5 dicas para desenvolver ações com o novo console Actions

100 visualizações
Publicidade

Artigo de Zachary Senzer, publicado originalmente pelo Google Developers Blog. A tradução foi feita pela Redação iMasters com autorização.

***

Alguns meses atrás, na Google I/O, anunciamos um console Actions reformulado, que torna o desenvolvimento de Actions mais fácil do que nunca. O novo console Actions apresenta uma experiência de desenvolvimento mais integrada, que adapta seu fluxo de trabalho desde a integração até a implementação, com análises personalizadas para gerenciar o pós-lançamento do Actions. Basta selecionar seu caso de uso durante a integração e o console Actions o guiará pelos diferentes estágios de desenvolvimento.

Aqui estão cinco dicas para ajudar você a criar as melhores Actions para o seu conteúdo usando o nosso novo console.

1 – Otimize seu Actions para novas superfícies com personalização de temas

Parte do que torna o ecossistema Actions tão especial no Google, é a grande variedade de dispositivos que as pessoas podem usar para interagir com seus Actions.

Alguns desses dispositivos, incluindo telefones e nossos novos monitores inteligentes, permitem que os usuários tenham interações visuais ricas com seu conteúdo.

Para ajudar a destacar seu Actions, você pode personalizar a forma como essas experiências visuais aparecem para os usuários desses dispositivos; basta visitar a aba “Build” e ir para a personalização de temas no console Actions, onde é possível especificar imagens de background, tipografia, cores e muito mais para seu Actions.

2 – Comece a tornar seu Actions mais fácil de descobrir com intenções internas

Experiências de conversação podem introduzir complexidade na forma como as pessoas pedem para concluir uma tarefa relacionada ao seu Action – um usuário poderia pedir um jogo de milhares de maneiras diferentes (“comece um jogo para mim”, “encontre um questionário de mapas”, “eu quero algumas trívias”).

Descobrir todas as maneiras pelas quais um usuário pode pedir seu Action é difícil. Para tornar esse processo muito mais fácil, estamos começando a mapear as maneiras pelas quais os usuários podem solicitar seu Action em uma taxonomia de intenções internas para abstrair essa dificuldade.

Começaremos a usar a intenção interna que você associa ao seu Action para ajudar os usuários a descobrir com mais facilidade seu conteúdo à medida que começarmos a testá-lo com as consultas do usuário. Continuaremos adicionando mais intenções internas nos próximos meses para cobrir vários casos de uso. No console Actions, vá até a aba “Build”, clique em “Actions”, depois em “Add Action” e selecione um para começar.

3 – Promova seus Actions com Action Links

Embora continuemos a melhorar as maneiras como os usuários encontram seus Actions no Assistant, também facilitamos para que os usuários encontrem seus Actions fora do Assistant. Direcionar o novo tráfego para seus Actions é tão fácil quanto um clique com Action Links. Agora você tem a capacidade de definir hiperlinks para cada um de seus Actions a serem usados em seu site, mídia social, newsletters e muito mais.

Esses links iniciarão os usuários diretamente em seu Action. Se usado em uma área de trabalho, o link levará os usuários à página do diretório do seu Action, onde eles poderão escolher o dispositivo no qual desejam testar seu Action. Para configurar os Action Links no console, visite a aba “Build”, escolha “Actions” e selecione o Action para o qual você gostaria de criar um link. É isso aí!

4 – Garanta que seus Actions sejam de alta qualidade testando nosso simulador web e ambientes alfa/beta

A melhor maneira de garantir que seus Actions estejam funcionando conforme o esperado é testá-los usando nosso simulador web atualizado. No simulador, você pode executar fluxos de conversação do usuário em telefones, alto-falantes e até mesmo em tipos de dispositivos de exibição inteligentes.

Depois de emitir uma solicitação, você poderá ver a resposta visual, a solicitação e a resposta JSON, com possíveis erros. Para obter mais assistência com erros de depuração, você também pode ver os registros de seus Actions.

Outra ótima oportunidade para testar seus Actions é implementar para públicos limitados em ambientes alfa e beta. Ao implementar no ambiente alfa, seus Actions não precisam passar pelo processo de revisão, o que significa que você pode testar rapidamente com seus usuários.

Depois de implementar no ambiente beta, você pode iniciar seus Actions para produção sempre que quiser, sem revisão adicional. Para usar ambientes alfa e beta, vá até a aba “Deploy” e clique em “Release” no console Actions.

5 – Meça seu sucesso usando analytics

Depois de implementar seus Actions, é igualmente importante avaliar o desempenho deles. Ao visitar a aba “Measure” e clicar em “Analytics” no console Actions, você poderá visualizar análises ricas sobre uso, integridade e descoberta. Você pode ver facilmente quantas pessoas estão usando e retornando aos seus Actions, quantos erros os usuários estão encontrando, as frases que os usuários estão dizendo para descobrir seus Actions e muito, muito mais. Essas informações podem ajudar você a melhorar seus Actions.

Se você é novo no console do Actions e está procurando uma maneira rápida de começar, assista a este vídeo para ter uma visão geral do processo de desenvolvimento.

Estamos muito animados para ver como você usará o novo console Actions para criar ainda mais Actions para mais casos de uso, com ferramentas adicionais para melhorar e repetir.

Happy building!

***

Este artigo é do Google Developers Blog. Ele foi escrito por Zachary Senzer. A tradução foi feita pela Redação iMasters com autorização. Você pode acessar o original em: https://developers.googleblog.com/2018/07/5-tips-for-developing-actions-with-new.html