Carreira Dev

5 mai, 2020

Computação quântica: IBM anuncia desafio para testar habilidades

100 visualizações
Publicidade

A IBM anunciou o lançamento do IBM Quantum Challenge, desafio para testar e aprimorar habilidades em computação quântica. A iniciativa é voltada tanto para os membros da comunidade IBM Quantum Experience, quanto para as pessoas que fazem seu primeiro experimento quântico. O objetivo do desafio é melhorar a compreensão dos circuitos quânticos por meio de quatro atividades.

O IBM Quantum Challenge começa no dia 4 de maio, às 10h, horário de Brasília, e termina 8 de maio, às 9h59, também horário de Brasília. Para participar do desafio, os candidatos precisam acessar o site https://quantum-computing.ibm.com/challenges e efetuar a inscrição.

Em reconhecimento à participação de todos, serão concedidos crachás digitais e um patrocínio adicional à Python Software Foundation.

Investimento em educação

Tentar explicar a computação quântica sem recorrer a analogias erradas sempre foi uma missão da IBM. Como resultado, a empresa investiu continuamente em educação, começando com o acesso aberto a computadores quânticos e criando ferramentas que permitem que todos programem. Além disso, lançou o primeiro livro interativo de código aberto nesse campo.

Quando os desenvolvedores programam computadores quânticos, o que eles realmente estão fazendo é construir e executar circuitos quânticos. Para apoiar o aprendizado de todas as pessoas interessadas em circuitos quânticos, diversos materiais estão disponíveis de forma gratuita, como o livrdidáticQiskit e aulas em vídeo no canaQiskinYouTube.

Quantum na nuvem

Em 4 de maio de 2016, a IBM introduziu o primeiro computador quântico capaz de ser programado na nuvem, usando o IBM Quantum Experience. A meta da empresa era que todos pudessem experimentar um computador quântico, mesmo aqueles sem acesso a um laboratório de pesquisa acadêmica.

Atualmente, já são 18 sistemas quânticos em crescimento, disponíveis para clientes e a comunidade. Além disso, mais de 200 mil usuários, incluindo mais de 100 parceiros clientes da IBNetwork, se uniram à iniciativa para realizar pesquisas fundamentais em ciência da informação quântica, desenvolver aplicativos de computação quântica em vários setores, e educar a força de trabalho quântica do futuro.

O hardware da IBM também já executou 175 bilhões de circuitos quânticos, com o resultado de mais de 200 publicações de pesquisadores de diferentes partes do mundo.

Além de desenvolver hardware quântico, a IBM impulsionou, ainda, o desenvolvimento de um poderoso software quântico de código aberto. Desenvolvido principalmente no Python, o Qiskit se tornou um popular kit de desenvolvimento de software de computação quântica com vários recursonovos, muitos dos quais foram contribuídos por desenvolvedores dedicados.