Back-End

11 dez, 2014

Como acompanhar as listas de discussão oficiais do PHP.NET

100 visualizações
Publicidade

Olá, pessoal!

Hoje vamos falar sobre as listas de discussões oficiais do PHP, as famosas mailing lists do PHP.net (só como adendo, PHP.net é o site da linguagem que hospeda também muitos projetos relacionados, como os conhecidos PEAR.php.net e PECL.php.net, o repositório GIT.php.net, até o muitas vezes desconhecido PEOPLE.php.net. Para conhecer mais, use aWIKI.php.net).

Para que servem as mailing lists?

As listas de discussão são onde conseguimos ter as informações mais recentes, interessantes muitas vezes, e provavelmente inéditas sobre vários assuntos. É possível se manter bem informado sobre o andamento do ecossistema PHP por uma série de lugares: sites e blogs especializados, livros, encontros de comunidades (já conhece o PHPSP?)… O próprio GitHub (php/php-src) é uma ótima fonte de informação hoje em dia. Mas sem acompanhar as listas de discussão, perde-se um pouco do potencial que temos à nossa disposição.

Você já deve ter escutado algo do tipo:

“O pessoal no Internals está discutindo chamar a próxima versão da linguagem de XYZ, mas Joãozinho não aceitou por causa disso e daquilo outro…”

No começo deve ter ficado “boiando”, e perguntou o que era aquele Internals, descobrindo que era uma mailing list/lista de discussão. Mas só saber o nome da lista não adianta muito, se você não conseguir assiná-la, não é mesmo?

Eu tive um problema parecido. Foi quando estava começando a buscar mais informações sobre como trabalhar na tradução do manual do PHP para pt-BR no PHPSP+Docs #1 de 11/2013. O fera Klaus Silveira me indicou o caminho descrito na wiki dos esforços da tradução, que era assim: toda a comunicação entre os tradutores deve ser feita através da lista de email oficial… (doc-pt-br@lists.php.net).

Ok, já tinha até o “nome completo” da lista, mas ainda não sabia como assiná-la! Por que será que era tão difícil?!

Um pouco diferente do que fazemos Yahoo e Google Groups

Lembro que na época da faculdade era comum participar de listas de distribuição internas dos grupos da sala. As primeiras eram feitas no Yahoo Grupos e, com o tempo, as coisas começaram a migrar para o Google Groups. Hoje ainda participo de uma série por lá, como o PHP Brasil Comunidades e o php-build developers e nunca tive dificuldade para assinar nenhuma das listas. O passo era:

  • Criar uma conta Yahoo/Google
  • Acessar o site do grupo
  • Clicar no botão registrar/assinar/entrar
  • E ser feliz!

Além do mais, a lista nesses casos sempre tinha uma página web específica, onde quem não tinha assinado podia ver online as discussões, e quem já estava cadastrado podia editar suas opções de recebimento (quantidade de e-mails diários a receber, descadastramento etc.). E o pior que esse fluxo funcionava para qualquer lista! E, com certeza, esse foi o problema!

Numa palestra que assisti sobre Agile, ministrada pelo Juan Bernabó, da Germinadora, ele dizia que aprender era fácil quando conseguimos desaprender antes – o que é difícil. Eu demorei muito mais para achar o formato de assinatura para as mailing lists do PHP.net porque eu demorei para “desaprender” o jeito Yahoo/Google. E não é que o jeito PHP.net é fácil também! Só é diferente! Vamos lá então ver como fazer.

Interface web das listas de discussão

Primeiro você tem que achar qual é a lista de seu interesse. Em http://news.php.net/ estão listadas todas as opções. É só clicar sobre o link referente à lista que você escolher e navegar por ela. Bem simples.

PHP_news

Quer umas dicas para começar?

Passos para assinar uma lista de discussão PHP.net

Assinar listas principais com botão Subscribe

Você pode acessar a página http://php.net/mailing-lists.php que te dá uma introdução sobre o funcionamento das listas, mostra as principais delas (o índice completo), e permite que se assine por lá.

347752342

Exemplo de assinatura da lista Internals:

PHP__Mailing_Lists

  1. Acesse http://php.net/mailing-lists.php
  2. Selecione/marque o radio button Normal em Internal List
  3. Digite seu e-mail no campo e-mail
  4. Clique no botão Subscribe

Pronto! No fim, você vai receber um e-mail automático e para confirmar a assinatura é só responder a mensagem.

confirm_subscribe_to_internals_lists_php_net_-_rogeriopradoj_gmail_com_-_Gmail

Assinar listas sem botão de Subscribe

Infelizmente, nem todas as listas estão lá naquele endereço e é necessário trabalhar um pouquinho mais para começar a receber as discussões em sua caixa postal. Mas não é nada impossível… Existem comandos que permitem gerenciar suas assinaturas sem nem precisar de interface web. E, o melhor, funcionam para qualquer tipo, tanto as principais quanto as outras.

O sistema de listas de distribuição que o PHP.net utiliza é o ezmlm-idx, cujo manual de utilização está disponível no endereço http://untroubled.org/ezmlm/ezman/ezman1.html. Então, se quiser ir mais a fundo, é só RTFM! Mas é lógico que vou colocar aqui os comandos mais básicos e úteis para o nosso caso.

Para ver todos os possíveis comandos sobre uma lista, é só mandar um e-mail para: nomedalista-help@lists.php.net. Percebeu ali o -help (hífen help) antes da arroba (@)? Se você souber o nome da lista (sugiro usar como base o http://news.php.net/ para pegar o nome), é só mandar um email para lá (não precisa ter assunto nem corpo de texto) que você receberá de volta as instruções.

Agora, para assinar uma lista, é o -subscribe (hífen subscribe) que você usará: nomedalista-subscribe@lists.php.net. E, para cancelar a assinatura, -unsubscribe (hífen unsubscribe): nomedalista-unsubscribe@lists.php.net.

Como nos inscreveríamos então na lista doc-pt-br, onde rolam as discussões sobre a tradução para português (pt-BR) do manual da linguagem? É só mandar um e-mail para: doc-pt-br-subscribe@lists.php.net. E se quisesse cancelar a assinatura? E-mail para doc-pt-br-unsubscribe@lists.php.net.

Quer mais informações? http://php.net/manual/en/faq.mailinglist.php.

Considerações finais

As listas de discussão oficiais, as famosas mailing lists do PHP.net, são um ótimo lugar para acompanhar informação privilegiada e muitas vezes passam despercebidas por muitos desenvolvedores. Nesse artigo aprendemos a localizá-las, acessá-las via interface web, e também como assiná-las para recebimento no seu próprio e-mail.

Foquei bastante na lista doc-pt-br, pois a tradução de documentações é um dos meus maiores focos no mundo open source. A tradução do manual do PHP para português é um projeto que estou bastante envolvido no momento, que precisa de bastante ajuda da comunidade.

Se quiser saber mais, pode acessar a lista, a wiki e também ficar de olho em #PHPTranslationFestBrasil2014 no Twitter e nesta issue do PHPSP, que mais novidades serão divulgadas por lá!

Como sempre, fiquem à  vontade para perguntar e discutir nos comentários, ou em qualquer lugar da internet, sou o @RogerioPradoJ.

Até mais!

Referências