Novo programa do Docker ajuda empresas a modernizar aplicativos herdados

PorRedação iMasters em

O Docker apresentou na quarta-feira um novo programa turnkey projetado para ajudar as empresas a modernizar seus aplicativos legados dentro de um período fixo de tempo, por um preço fixo e uma declaração de valor limitada.

O programa Modernize Traditional Apps (MTA) foi anunciado no segundo dia da DockerCon. Com o auxílio de consultores da Avanade, o programa permite que as empresas convertam aplicativos em containers, façam deploy deles para infraestrutura moderna e os coloquem no gerenciamento Docker da empresa.

“Como resultado, você obterá os benefícios de portabilidade, mais segurança e mais eficiência para um aplicativo que poderia ter cinco, 10 ou 15 anos de idade”, disse o COO do Docker, Scott Johnston, ao site ZDNet. “Para os clientes, isso parece quase mágico, porque eles podem fazer isso quase sem tocar no código-fonte. Eles pegam aquilo que tem sido um grande custo para eles e o tornam muito mais moderno e atualizado”.

Embora os serviços profissionais sejam parte do programa, os clientes são obrigados a empregar três de seus próprios funcionários ao lado dos consultores. Dessa forma, há cada vez menos necessidade de assistência à medida que eles modernizam outras aplicações.

Para infraestrutura, a Microsoft está fornecendo o Azure, enquanto a Cisco e a HPE estão fornecendo opções de hiper-convergência de infraestrutura. O Docker planeja anunciar outras parcerias de infraestrutura ao longo do ano para ofertas semelhantes.

O Docker vem testando o programa de forma privada com alguns clientes nos últimos seis meses, e os resultados têm sido positivos. A empresa Northern Trust modernizou uma aplicação Java Linux através do programa MTA e reduziu o tempo de fornecimento de 29 dias para sete dias. Eles cortaram a infraestrutura ao meio sem degradação e tornaram-na mais segura.

Deixe um comentário! 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais