Microsoft faz parceria com Canonical e leva Ubuntu Linux ao Windows 10

PorRedação iMasters em

O Windows 10 receberá o Bash, a linha de comando do Linux. A novidade foi confirmada pela Microsoft através de Kevin Gallo, o vice-presidente corporativo da empresa. A novidade, que é uma parceria entre a Redmond e a Canonical, será ativada como parte da atualização do Windows 10 Anniversary Update.

O executivo ainda afirmou que o Bash e seus comandos serão nativos e os usuários poderão baixá-los da Windows Store. Para mostrar esse detalhe, foi exibido na apresentação um terminal com um prompt, comandos como cd e ls, e até mesmo uma chamada ao editor emacs.

“Fizemos uma parceria com a Canonical para oferecer esta grande experiência”, disse Gallo. Apesar de parecer algo inédito, ferramentas de terceiros têm permitido isso há ano e a parceria direta entre a Microsoft e a Canonical só deve oferecer ainda mais flexibilidade e conveniência para os desenvolvedores que preferem usar essas ferramentas.

A implementação torna possível executar o Bash e algumas linhas de comandos do Linux no Windows, como se o usuários estivessem usando uma instalação genuína do Ubuntu em cima do Windows, com todas as ferramentas de linha de comando do Linux (awk, sed, grep, vi, etc). Assim como no Linux, os binários são baixadas pelo usuário (usando apt-get, afinal é baseado no Ubuntu Linux). É possível até usar o apt-get e baixar outras ferramentas como Ruby, Redis e emacs.

Deixe um comentário! 3

3 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: