DevSecOps

21 mai, 2015

Java completa 20 anos nesse mês de maio

visualizações
Publicidade

A tecnologia Java completa no mês de maio 20 anos de criação. A plataforma foi desenvolvida na década de 90 por uma equipe de programadores da Sun Microsystems e se tornou uma das linguagens mais populares da história.

Em 1990, a empresa tinha como foco a criação de um app portátil para rodar em qualquer micro chip. O time escolheu a C/C ++ para a realizar a tarefa, mas logo descobriu que algumas características na linguagem a impediam de ser portátil. Os desenvolvedores resolveram então remover alguns recursos da plataforma, criando uma nova linguagem de programação.

20150520181625_660_420

A recém-descoberta ganhou o nome de “Oak” (carvalho, em português), mas não fez muito sucesso. Em 1995, com a popularização do ‘www’, a linguagem se tornou a melhor opção, já que era necessário que fosse independente e portátil, para escrever programas em diferentes plataformas. Neste momento a Oak foi rebatizada para “Java” e relançada pela Sun Microsystems.

Com o lançamento, os desenvolvedores de diferentes nacionalidades descobriram o potencial da tecnologia, que se popularizou e se tornou a linguagem mais utilizada da internet. Hoje, 3 bilhões de dispositivos utilizam o Java, que é atualmente administrado pela Oracle.

A linguagem está presente em processos relacionados à segurança do tráfego aéreo e rodoviário, a coleta de informações dos oceanos para aplicativos na área de ciências, a melhoria da qualidade do cultivo de grãos e quantificação para ajudar a alimentar os necessitados, simulação do sistema locomotor e do cérebro humano e desenvolvimento de jogos.

Futuro

A Oracle pretende lançar o Java 9 no ano que vem. O principal recurso para a nova versão é o Project Jigsaw, que tem como objetivo colocar a plataforma em módulos para torná-la acessível para uma variedade maior de dispositivos, além de melhorar a segurança, o desempenho e a facilidade de manutenção.

Outros recursos previstos para o Java 9 incluem o Java Shell, uma ferramenta interativa para avaliar snippets do código Java; uma nova API de cliente HTTP para compatibilidade com HTTP/2 e Web Sockets; uma porta para a arquitetura ARM AArch64 no Linux; e uma série de atualizações às APIs já existentes, além de significativos aprimoramentos ao desempenho.

Para conferir uma linha do tempo completa da linguagem de programação, clique aqui.

***

Com informações de Olhar Digital