Desenvolvimento

8 out, 2018

Ironhack: São Paulo ganha primeira turma noturna para formação de desenvolvedores

visualizações
Publicidade

A Ironhack, rede global de ensino de tecnologia e programação com presença em sete países, abriu as inscrições para a primeira turma do curso noturno de Web Development, em seu primeiro campus brasileiro recém inaugurado em São Paulo.

A nova turma terá aulas noturnas às terças e quintas e também aos sábados durante o dia e vem como uma alternativa ao curso integral e como uma oportunidade para quem trabalha ou estuda em horário comercial. O novo curso, em modelo part time, estava previsto para ser oferecido somente ano que vem. Porém, devido ao crescimento da procura, sua abertura foi antecipada. O estilo adotado também serve para auxiliar os profissionais e estudantes que desejam se inserir no mercado de tecnologia, mas não teriam tempo disponível para um bootcamp em tempo integral.

Nova turma vai atender demanda de quem trabalha ou estuda em horário comercial e formará desenvolvedores jr. em 24 semanas

O curso terá a mesma carga horária (360 horas) e conteúdo da versão integral, porém, com formação em 24 semanas. As aulas se iniciam em 6 de novembro, sempre às terças e quintas à noite e aos sábados durante o dia. A grade de estudos é dividida em três módulos: desenvolvimento de web front-end, que estabelece as bases do desenvolvimento web e ensina a construir experiências únicas ao usuário utilizando HTML, CSS e JavaScript; Back-End MERN Stack, com a criação de aplicações orientadas por bancos de dados não relacionais utilizando MongoDB, Express.js, React e Node.js; e Microserviços com React, onde os alunos aprenderão a criar APIs (Interfaces de Programação de Aplicações) para projetar arquitetura de micro serviço.

Após a conclusão do programa, os participantes estarão capacitados para assumir umo cargo de Desenvolvedor Jr. e também terão um portfólio com aplicações, games, plataformas web e afins para apresentar ao mercado ou iniciar a produção de seus próprios projetos.

Para cumprir a missão de oferecer cursos acessíveis para todas as idades e níveis de conhecimento, ao se inscrever no programa, o aluno terá acesso a uma plataforma online com mais de 60 horas de conteúdo que ensina fundamentos básicos da programação, além da preparação para a metodologia da escola, com o objetivo de nivelar os conhecimentos da classe maximizando a evolução do grupo durante a formação.

Mercado absorve 85% dos alunos

Mundialmente, 85% dos alunos da Ironhack são contratados pelo mercado de tecnologia em até três meses após a conclusão do curso. Por aqui, a expectativa é ainda mais otimista. “Estudos do setor já falam em um déficit superior a 160 mil vagas nesse segmento no Brasil para o ano que vem. A demanda por esse tipo de conhecimento vem crescendo de forma acelerada e as empresas precisam recrutar direto nos centros formadores para não perderem talentos para a concorrência”, explica Pedro Falkenbach, growth manager da Ironhack Hack no Brasil.

Para dar vazão à demanda e aproximar as empresas do novos profissionais, a Ironhack organiza uma semana de contratação, chamada de Hiring Week, onde os recrutadores podem conhecer os talentos e entrevistar os alunos recém-formados. Para se inscrever no curso, basta clicar aqui.

Como parte de um movimento promovido globalmente pela Ironhack com o objetivo de incentivar o equilíbrio da participação dos gêneros no mercado de tecnologia, principalmente no segmento de desenvolvimento, mulheres terão 10% de desconto nas mensalidades do curso.

Escola mantém uma média mundial de 85% de empregabilidade entre os alunos recém formados