DevSecOps

13 mar, 2019

Brasil tem 2° maior número de ransomwares, com mais de 10% das ameaças mundiais

visualizações
Publicidade

O Brasil é o 2° país com maior número de ransomwares em todo o mundo, representando mais de 10% das ameaças globais. A afirmação é do estudo “Smart Protection Network”, da Trend Micro, que destaca também que, em 2018, o país ficou em 3º no número de ameaças por e-mail.

O relatório “Smart Protection Network”, da Trend Micro, mostra que o Brasil aparece com 10,75% das ameaças globais, atrás apenas dos Estados Unidos, com 11,05%. Índia, Vietnã e México completam a lista das 5 nações com maior número de ameaças cibernéticas.

O diretor técnico da Trend Micro no Brasil, Franzvitor Fiorim, explica que “quanto mais conectado está o mundo ao nosso redor, maior o número de ameaças. Os cibercriminosos utilizam desde técnicas clássicas, até novas tendências do mundo da tecnologia em busca de oportunidades rapidamente rentáveis e que sejam relativamente fáceis para aplicar o golpe”.

A Trend Micro é íder global em soluções de segurança cibernética e revelou que, em 2018, bloqueou mais de 48 bilhões de ameaças em todo o mundo. O total de ameaças de ransomware, entre janeiro de 2016 a dezembro de 2018, foi de 1,8 bilhão.

Ameaças por E-mail

O relatório também aponta que o Brasil é o terceiro colocado entre os países com o maior número de ameaças de e-mail bloqueadas pela Trend Micro em 2018, com mais de 2 bilhões de e-mails maliciosos identificados. Nesta contagem, EUA e China lideram. Índia e Vitnan completam a lista dos 5 primeiros.

E-mails empresariais

Uma das práticas mais preocupantes que ocorre por meio de e-mails é o chamado Comprometimento de E-mail Empresarial (BEC na sigla em inglês), que são ataques em que os cibercriminosos se “disfarçam” de um executivo de alto escalão para enganar um funcionário (geralmente, alguém ligado ao departamento financeiro) para transferir dinheiro para a conta do golpista.

URLs maliciosas

Quando o assunto são URLs maliciosas, o Brasil também aparece entre os 5 primeiros, na relação de países com mais vítimas deste tipo de golpe, com mais de 12 milhões de pessoas afetadas. Sobre o número de URLs maliciosas, o Brasil está entre os 30 primeiros do ranking, com cerca de 813 mil endereços bloqueados pela Trend.

Malwares detectados

O Brasil aparece com mais de 40 milhões de malwares detectados e está na sétima posição, entre os 10 países com o maior número de ameaças bloqueadas pela Trend Micro.

Além disso, o Brasil também aparece entre os 20 países com o maior número de malwares bancários bloqueados pela companhia. Esse malware tem como alvo específico dados confidenciais de usuários de bancos e já foi responsável por, pelo menos, mais de 5 mil ocorrências do tipo.

Apps maliciosos

O Brasil também aparece nessa categoria: Está entre os 15 primeiros, com mais de 55 mil apps maliciosos, em uma amostra de mais de 6 milhões de aplicativos. O especialista alerta que os usuários devem sempre investigar a legitimidade de um aplicativo para não baixar um app falso e cair em um golpe.