MongoDB

6 fev, 2020

MongoDB e Business Inteligence

100 visualizações
Publicidade

Fala pessoALL, hoje vou escrever um pouquinho sobre um tópico em que vejo pouco ou quase nada que é a utilização do MongoDB com ferramentas de BI.

Nessa primeira parte vou dar um panorama do que é necessário e como funciona essa comunicação, já que é muito mais comum vermos artigos, vídeos e mais sobre bancos de dados relacionais e BI. A ideia é escrever sobre arquitetura e os componentes disponíveis, bem como seus papéis. Vamos lá?

O ponto chave!

O primeiro componente e digamos, essencial, é o MongoDB Connector for BI ou BI Connector para os íntimos! Sem ele nós não conseguimos conectar nenhuma ferramenta de BI diretamente no MongoDB. Dito isso, tenho duas notícias pra vocês:

  1. O MongoDB Connector for BI só pode ser utilizado com a versão Enterprise do MongoDB
  2. Mas… está disponível pra download aqui e pode ser utilizado sem restrições para desenvolvimento e testes!

O que é?

Basicamente o MongoDB Connector for BI permite que criemos queries com SQL e visualizemos gráficos e relatórios a partir de dados do MongoDB utilizando ferramentas de BI existentes como PowerBITableau ou Qlik.

O BI Connector atua como uma camada que traduz queries e dados entre instâncias MongoDB e a ferramenta de BI. Ele não armazena nenhum tipo de dados, no caso, ele é somente uma ponte entre o seu cluster MongoDB e suas ferramentas de BI. Basicamente assim:
Arquitetura básica

Pra descrever um pouco mais os componentes da figura acima:

  • MongoDB: onde os dados estão armazenados
  • Bi Connector: Provê um esquema relacional e traduz as queries SQL entre a ferramenta de BI e o MongoDB
  • ODBC data source name (DNS): responsável pela autenticação e dados de configuração
  • BI Tool: Visualização e análise dos dados

Podemos observar também que a ferramenta de BI e o DSN sempre irão rodar localmente em seu desktop por exemplo, mas a base de dados MongoDB e a instância do BI Connector podem estar local, on premisses ou estar na nuvem. Veremos alguns cenários possíveis a seguir…

Nuvem e BI Connector

Se você não quiser se preocupar com a instalação de uma instância do BI Connector ou mesmo do MongoDB, você pode hospedar seus dados no MongoDB Atlas. Nesse cenário tanto o BI Connector quanto seu banco estarão na nuvem:

Arquitetura MongoDB Atlas

Banco de Dados na Nuvem e BI Connector On Premisses

Outro cenário é ter o banco de dados na nuvem e o BI Connector On Premisses. Nesse cenário você pode informar o host através do parâmetro –mongo-uri:

Arquitetura MongoDB Nuvem e BI Connector On Premisses

On Premisses

Em alguns casos não podemos contar com a nuvem por N motivos, na verdade esses motivos estão se esvaindo, porém, algumas empresas ainda preferem ter seus dados em ambientes totalmente on premisses, portanto podemos ter a seguinte arquitetura:

Arquitetura 100% on premisses

Tudo Local!!!

E finalmente para testes, também é possível fazer uma instalação 100% local no próprio desktop. Assim como o MongoDB o BI Connector está disponível para diversas plataformas e você pode instalar tudo localmente!

Próximos passos

Essa foi mesmo uma visão geral de como podemos resolver os aspectos de arquitetura para uma solução MongoDB e BI. Nos próximos posts abordarei outros conceitos poucos explorados mas que requerem uma grande atenção em projetos como esse! Discutiremos:

  • Instalação do MongoDB Connector for BI
  • Start da instância do BI Connector
  • Configuração do ODBC
  • Aspectos de Autenticação
  • Mapeamento de Esquemas Relacional para o MongoDB
  • DRDL – Document Relational Definition Language

Acredito que esses sejam pontos muito importantes para o sucesso de um projeto de visualização e análise de dados utilizando ferramentas de BI e o MongoDB.

Espero que tenham gostado e até a próxima!