/Desenvolvimento

voltar
/Desenvolvimento
PHP

Como trabalhar com array de checkboxes opcionais

PorWilliam Bruno em

Imagine a seguinte situação: você precisa fazer um sistema de cadastro de veículos para uma vitrine virtual.

describe-table-vehicles

O nosso sistema venderá “carros famosos”, por isso cada carro possui um nome (Batmóvel 1941, Tumbler, Herbie, Dick Vigarista, Penélope Charmosa…), um ano de fabricação (1941, 2008…) e um modelo (esporte, clássico, corrida, tanque de guerra…).

Um das primeiras coisas que vêm a nossa mente é modelar os atributos dessa entidade veículo.

mysql> DESCRIBE vehicles_wrong;
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| Field | Type        | Null | Key | Default | Extra          |
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| id    | int(11)     | NO   | PRI | NULL    | auto_increment |
| name  | varchar(50) | YES  |     | NULL    |                |
| year  | int(4)      | YES  |     | NULL    |                |
| model | varchar(30) | YES  |     | NULL    |                |
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
4 rows in set (0.00 sec)

Tranquilo, certo? Um id para identificarmos cada veículo como único, o nome, ano e modelo. Mas o Batmóvel de 1941 tem acessórios diferentes do Tumbler de 2008 (o tanque de guerra do filme Batman Begins), certo?

E precisamos mostrar isso para nossos usuários, dizendo se o veículo possui ou não: ar condicionado, travas elétricas, tiro de canhão, moto acoplada para fuga… no caso do carro do Dick Vigarista, turbinas propulsoras!

O problema

Poderíamos adicionar estes itens à entidade veículos:

mysql> DESCRIBE vehicles_wrong;
+-----------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| Field     | Type        | Null | Key | Default | Extra          |
+-----------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| id        | int(11)     | NO   | PRI | NULL    | auto_increment |
| name      | varchar(50) | YES  |     | NULL    |                |
| year      | char(4)     | YES  |     | NULL    |                |
| model     | varchar(30) | YES  |     | NULL    |                |
| air_con   | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| bluetooth | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
+-----------+-------------+------+-----+---------+----------------+
6 rows in set (0.00 sec)

Só que aí precisamos ainda colocar:

mysql> DESCRIBE vehicles_wrong;
+------------------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| Field            | Type        | Null | Key | Default | Extra          |
+------------------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| id               | int(11)     | NO   | PRI | NULL    | auto_increment |
| name             | varchar(50) | YES  |     | NULL    |                |
| year             | char(4)     | YES  |     | NULL    |                |
| model            | varchar(30) | YES  |     | NULL    |                |
| air_con          | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| bluetooth        | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| parking_sensors  | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| escape_motorcyle | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| plasma_cannon    | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| cruise_control   | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| leather          | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| metallic_paint   | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| electric_locks   | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| xenon_lights     | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| nitro            | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
| wings            | bit(1)      | YES  |     | NULL    |                |
+------------------+-------------+------+-----+---------+----------------+
6 rows in set (0.00 sec)

E para cada opcional extra que precisamos cadastrar, iríamos adicionando uma nova coluna na tabela veículos, mesmo que o motor de propulsão seja um item específico do carro do Dick Vigarista, e os demais carros irão sempre deixar essa coluna em branco (como false). Isso, por si só, já mostra um grave problema de modelagem: não está escalável!

Ter que alterar o modelo e possuir diversas colunas sem valores no banco de dados é um exemplo de modelagem desnormalizada que devemos evitar.

A solução

Em vez de ficarmos criando novas colunas a cada opcional novo que precisamos listar, temos que modelar melhor nossa entidade e dividir a entidade veículos em duas: veículos e opcionais, veja:

mysql> DESCRIBE optional; DESCRIBE vehicle_optional; DESCRIBE vehicles;
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| Field | Type        | Null | Key | Default | Extra          |
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| id    | int(11)     | NO   | PRI | NULL    | auto_increment |
| name  | varchar(50) | YES  |     | NULL    |                |
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
2 rows in set (0.00 sec)

+-------------+---------+------+-----+---------+-------+
| Field       | Type    | Null | Key | Default | Extra |
+-------------+---------+------+-----+---------+-------+
| id_vehicle  | int(11) | YES  |     | NULL    |       |
| id_optional | int(11) | YES  |     | NULL    |       |
+-------------+---------+------+-----+---------+-------+
2 rows in set (0.00 sec)

+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| Field | Type        | Null | Key | Default | Extra          |
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
| id    | int(11)     | NO   | PRI | NULL    | auto_increment |
| name  | varchar(50) | YES  |     | NULL    |                |
| year  | char(4)     | YES  |     | NULL    |                |
| model | varchar(30) | YES  |     | NULL    |                |
+-------+-------------+------+-----+---------+----------------+
3 rows in set (0.00 sec)

Assim, fica a cargo de uma terceira tabela de relacionamento o cruzamento da informação, sobre quais opcionais cada carro tem. E para cada novo opcional extra que tivermos que cadastrar no sistema, apenas adicionamos um linha (registro) na tabela optional, em vez de uma coluna na tabela veículos. Entendeu a diferença?

  • Não precisamos alterar nada no banco de dados para disponibilizar um novo opcional.
  • Não precisamos mexer nos nossos códigos backend.
  • Nem na nossa query SQL!

O impacto de adicionar opcionais (mostrar mais checkboxes) é apenas cadastrar um novo registro na tabela.

mysql> SELECT * FROM optional;
+----+------------------+
| id | name             |
+----+------------------+
|  1 | air_con          |
|  2 | bluetooth        |
|  3 | parking_sensors  |
|  4 | escape_motorcyle |
|  5 | plasma_cannon    |
|  6 | cruise_control   |
|  7 | leather          |
|  8 | metallic_paint   |
|  9 | electric_locks   |
| 10 | xenon_lights     |
| 11 | nitro            |
| 12 | wings            |
+----+------------------+
12 rows in set (0.00 sec)

Show me the code

Iremos escrever enfim os códigos para fazer esse CRUD com checkboxes.

Lembrando que o intuito do artigo não é ensinar programação orientada a objetos. Então irei deixar o script php o mais simples possível, para que você possa extrair e então montar o seu dentro da sua estrutura/framework.

Listando os opcionais do banco

A listagem dos itens é super trivial:

<?php
  $query = $mysqli->query('SELECT id, name FROM optional');
  while($row = $query->fetch_object()) {
?>
    <label>
      <input type="checkbox" name="optional[]" value="<?php echo $row->id; ?>" />
    <?php echo $row->name; ?></label>
<?php
  }
?>

Apenas conecto no MySQL com a lib mysqli e imprimo um checkbox para cada registro da tabela.

DESCRIBE TABLE optional_vehicle

Ainda não estamos preocupados com trazer os checkboxes marcados, pois precisamos entender como utilizar a tabela optional_vehicle. Ela faz um relacionamento 1:N (um veículo para N opcionais).

Para inserir nessa tabela, precisamos mais ou menos da seguinte string sql:

INSERT INTO vehicle_optional (id_vehicle, id_optional) 
VALUES (42, 1),(42 2)

Nessa query acima, estamos inserindo o opcional 1 e 2 para o veículo 42. Se quiséssemos inserir mais o opcional 5, bastaria:

INSERT INTO vehicle_optional (id_vehicle, id_optional) 
VALUES (42, 1),(42, 2),(42, 5)

Okay?
Fazer essa string é uma simples manipulação de array. Lembra que o name do checkbox é name=”optional[]” então, no php, irá chegar um array:

$_POST['optional'][0], $_POST['optional'][1], $_POST['optional'][2]

Visto isso, vamos montar o INSERT:

  //optional insert
  $values = [];
  foreach($optionals AS $id_optional) {
    $values[] = "({$id}, {$id_optional})";
  }
  $values = implode(',', $values);

  $sql = "INSERT INTO vehicle_optional (id_vehicle, id_optional) 
      VALUES {$values}";
  echo $sql;
  $query = $mysqli->query($sql)or die($mysqli->error);

Simples, não? A saída do echo $sql, será a string que escrevi acima. Comecei pelos opcionais para matar logo a sua curiosidade, mas para deixar registrado o INSERT simples do veículo há apenas as colunas que são atributos da entidade veículo:

  $sql = "INSERT INTO vehicles (id, name, year, model) 
VALUES(NULL, '{$name}', '{$year}', '{$model}')";
  echo $sql, '<br /><br />';
  $query = $mysqli->query($sql)or die($mysqli->error);

  $id = $mysqli->insert_id;//ultimo id inserido no banco

Os truques

As duas queries acima são bem triviais, e você já está mais do que acostumado com elas no seu dia a dia. Só existem dois truques no server-side para essa modelagem.

O primeiro é:

Delete tudo, depois insira novamente

O comportamento do input type=”checkbox” do html é enviar para o server-side apenas os checkboxes marcados. Então aqueles que não estiverem no estado checked não serão enviados.

Tente imaginar a lógica de atualizar os opcionais de um carro. Ele já possui alguns cadastrados no banco. No submit do formulário, você precisa remover os que não foram marcados, inserir os novos e com os que não alteraram não fazer nada. Complexo, não?

Um truque muito mais simples é remover tudo e depois inserir tudo o que vier.

DELETE FROM vehicle_optional WHERE id_vehicle = 42;
INSERT INTO vehicle_optional (id_vehicle, id_optional) 
VALUES (42, 1),(42, 2),(42, 5);

Marque os checkboxes

Agora precisamos marcar os checkboxes na listagem durante a edição de um registro. O truque aqui é puramente SQL e se baseia em uma subquery.

SELECT `id`, `name`, 
(SELECT 'checked' FROM vehicle_optional 
  WHERE id_vehicle = 1 AND id_optional = optional.id) 
AS `checked` FROM `optional`;

Pense no seguinte:

  • Temos que listar todos os opcionais – fácil, já tinhamos feito isso.
  • E dizer quem está marcado ou não – aqui que entra a subquery.
(SELECT 'checked' FROM vehicle_optional 
  WHERE id_vehicle = 1 AND id_optional = optional.id)

ela vai trazer a string ‘checked’ apelidada como a coluna `checked` AS `checked` apenas nos registros do veiculo id = 1 que tiverem marcados. o/

mysql> SELECT `id`, `name`, 
 (SELECT 'checked' FROM vehicle_optional 
   WHERE id_vehicle = 1 AND id_optional = optional.id) 
AS `checked` FROM `optional`;
+----+------------------+---------+
| id | name             | checked |
+----+------------------+---------+
|  1 | air_con          | checked |
|  2 | bluetooth        | checked |
|  3 | parking_sensors  | NULL    |
|  4 | escape_motorcyle | NULL    |
|  5 | plasma_cannon    | NULL    |
|  6 | cruise_control   | checked |
|  7 | leather          | NULL    |
|  8 | metallic_paint   | NULL    |
|  9 | electric_locks   | NULL    |
| 10 | xenon_lights     | NULL    |
| 11 | nitro            | NULL    |
| 12 | wings            | NULL    |
+----+------------------+---------+
12 rows in set (0.00 sec)

E então vamos simplesmente imprimir isto no nosso input:

<input type="checkbox" name="optional[]" 
  value="<?php echo $row->id; ?>" 
   <?php echo $row->checked; ?>/>

Mágica.

O código está disponível no GitHub.

Mensagem do anunciante:

Experimente a Umbler, startup de Cloud Hosting por demanda feita para agências e desenvolvedores e ganhe até R$ 100 em créditos!

De 0 a 10, o quanto você recomendaria este artigo para um amigo?

 

Deixe um comentário! 5

5 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

    1. Boa Jhonny, creio que um JOIN seria mais performático sim. Vc consegue re escrever essa query com JOIN ? com o mesmo comportamento ? ai eu adiciono lá no GitHub, ou vc pode me mandar um Pull Request. =)

  1. Olá! Ótimo artigo, porém o certo não seria relacionamento N:N? Pois um veículo pode ter N opcionais assim como um opcional pode estar em N veículos.

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: