Framework

15 jan, 2020

Flutter Para Iniciantes – Apresentação e Origem

100 visualizações
Publicidade

É indiscutível que a programação para dispositivos móveis está crescendo e que o mercado de trabalho está buscando os melhores e mais atualizados profissionais. Quero explicar de forma detalhada e simples para ajudar você a se tornar um desses profissionais. Vamos estudar sobre o Flutter. Uma linguagem que hoje é bastante usada e fácil de aprender.

Flutter

O Flutter é uma ferramenta da Google onde você poderá, com apenas um código, executar a aplicação em 4 plataformas diferentes: iOS, Mobile, Web e Desktop. Utilizando a linguagem Dart, a ferramenta oferece uma facilidade incrível de criação de classes, implementação de métodos e muitas outras possibilidades para nos ajudar a criar uma aplicação simples, rápida e de excelente navegação.

Origem

O projeto foi inicialmente chamado de “Sky” com o objetivo de melhorar e facilitar o desenvolvimento de interfaces para dispositivos móveis. Em 2015 foi apresentado no Dart Developer Summit, evento oficial da linguagem Dart, onde a mesma foi executada pela primeira vez em um aparelho Android e apresentado como Flutter.

Nesse mesmo evento, em 2016, a ferramenta foi definida como “Uma melhor maneira de desenvolvimento mobile”, visto a sua tremenda facilidade de implementação e design fácil de montar e interligar (veremos mais sobre navegação e como isso se aplica em um outro artigo).

A estreia do Flutter em um grande evento ocorreu em 2017, onde aconteceu a interação com o FireBase e com acesso à câmera. Já no ano seguinte houveram várias outras implementações e palestras, como Gerenciamento de estado, uso do Material Design e outra aplicação com acesso ao FireBase.

Por que utilizar o Flutter?

Como já mencionado, o Flutter é uma ferramenta onde conseguimos, com uma codificação bem simples e de fácil entendimento, criar designs incríveis e de excelente legibilidade.

A vantagem de utilizar o Flutter são inúmeras:
1. É baseado em três pilares: Desenvolvimento rápido, Interfaces super bonitas e Performance nativa

2. Criado e mantido pelo Google;

3. Mais de 170 widgets (componentes que veremos mais tarde) prontos para serem utilizados;

4. Principais plugins para acesso à recursos nativos do celular (bateria, câmera, conectividade, webview, etc ) também são mantidos pelo Google;

5. Seu código Dart é executado diretamente pelo aparelho (em um botão, Flutter não utiliza o componente já existente de cada plataforma);

6. Flutter desenha todos os pixels na tela, tornando o aplicativo altamente
customizável;

7. Alta performance: Aplicativos rodam em 60 frames por segundo (ou em até 120, caso o aparelho suporte);

8. Alta produtividade. Alterações no código refletidas no celular ou emulador em até 0,5s. Caso precise reiniciar por completo o app, isto é feito em menos de dois segundos;

Dentre essas, há muito mais. Mas isso você só vai descobrir quando começar a programar.