.NET

15 ago, 2019

Criando uma WebApi utilizando .NET, Linux e VSCode

100 visualizações
Publicidade

Resumo

Será possível criar uma aplicação dotnet WebApi utilizando apenas Linux e o VSCode? Esse artigo tem como objeto criar uma WebAPI utilizando apenas Linux, DotNetCore e VSCode.

Apesar de mais trabalhoso, você adquirirá conhecimentos significativos.

Introdução

Desde o lançamento do DotNetCore e VSCode pela Microsoft, que inclusive abalaram o mundo da tecnologia, venho me perguntando, será que é possível criar uma aplicação dotnet utilizando apenas Linux e o VSCode? Esse artigo tem como objeto criar uma WebAPI utilizando apenas Linux, DotNetCore e VSCode. Eu que utilizo Linux em meus desktops desde meados de 2002, e que tenho nos últimos 7 anos desenvolvendo na tecnologia .NET precisava tirar a prova. Então vamos lá.

Criando os projetos

Para criação da WEBAPI iremos utilizar uma arquitetura bem simples, dividindo em 3 Camadas (Negócio/Dados/Model). Antes de criarmos nosso primeiro projeto, vou ensinar alguns comandos, para quem está familiarizado com Linux é quase que um feijão com arroz, porém para os usuários de Windows que não estão tão acostumados com linha de comando, podem estranhar no começo.

O primeiro comando é dotnet –help, irá exibir todas as opções que temos dentro do programa dotnet, conforme ilustra a imagem1. Atenção para a opção “new”, ela será muito utilizada.

Imagem1 – Opções programa dotnet

Agora utilizaremos o comando dotnet new –help, listando assim as do comando new,
conforme ilustra a imagem2. Duas considerações importantes, utilizaremos a opção dotnet
new webapi, onde será criada uma nova webapi. Para definirmos um nome para essa
webapi precisamos adicionar o comando -n, ou seja, dotnet new webapi -n

ProjetoVSCodeLinux. Caso utilize apenas dotnet new webapi, será criada uma WebApi com
o nome do diretório corrente.

Imagem2 – Opções programa dotnet new

Após as explicações acima, vamos criar nosso projeto, utilize o comando:

dotnet new webapi -n ProjetoVSCodeLinux

O resultado, deve ser algo parecido com a imagem3:

Imagem3 – Criação WebAPI

Após criado o Projeto, seguiremos criando os projetos “Class Library”, que chamaremos de VSCodeLinuxBLL, VSCodeLinuxDAL e VSCodeLinuxModel. Para isso execute os comandos abaixo:

dotnet new classlib -n VSCodeLinuxBLL

dotnet new classlib -n VSCodeLinuxDAL

dotnet new classlib -n VSCodeLinuxModel

Os resultados deverão ser algo parecido com as imagens 4, 5 e 6:

Imagem 4 – Criação Projeto ClassLib VSCodeLinuxBLL

Imagem 5 – Criação Projeto ClassLib VSCodeLinuxDAL

Imagem 6 – Criação Projeto ClassLib VSCodeLinuxModel

Todos os nosso projetos estarão criados e ao executar o comando “ls”, devemos ter algo do tipo, conforme ilustra a imagem7:

Imagem7 – Lista de Projetos Criados

Criando a Solutions

Acredito que muitos desenvolvedores .Net estão se perguntando, ok, criei os projetos, mas como criar a Solution? Para quem não é desenvolvedor .Net vou explicar rapidamente o conceito de solution. No Visual Studio, é possível vincularmos um ou mais projetos, dentro de uma única “Solução”, que em miúdos quer dizer, quando eu abrir o arquivo “Solution” ele carrega todos os projetos que estou utilizando para criar aquela “Solução”.

Sim, conseguimos fazer isso via linha de comando. Para isso execute o comando abaixo:

dotnet new sln

O resultado, deve ser algo parecido com a imagem8:

Imagem8 – Criação da Solutions

Observe que não utilizamos o parâmetro “-n”, o que significa que será criado um arquivo sln com o nome do diretório ProjetoVSCodeLinux. Após a criação da solution, teremos algo parecido com a imagem9:

Imagem9 – Projetos criados

Agora precisamos vincular os projetos a solution, para isso utilize o comando abaixo:

dotnet sln add ProjetoVSCodeLinux/ProjetoVSCodeLinux.csproj

O resultado deve ser algo parecido com a imagem10:

Imagem10 – Adicionando projeto a solution

Agora vamos adicionar os demais projetos:

dotnet sln add VSCodeLinuxBLL/VSCodeLinuxBLL.csproj

dotnet sln add VSCodeLinuxModel/VSCodeLinuxModel.csproj

dotnet sln add VSCodeLinuxDAL/VSCodeLinuxDAL.csproj

Para ter certeza que foram adicionados com sucesso, abra o arquivo ProjetoVSCodeLinux.sln com um editor de texto qualquer, no meu caso, estou utilizando Debian 10 com LXDE, então utilizei o editor “Mousepad”. Teremos algo conforme ilustra a imagem11:

Imagem 11 – Verificação de projetos vinculados a solution

Agora que já criamos nossos projetos e vinculamos a nossa solution, bora “codar”.

Banco de Dados

Para o nosso exemplo utilizaremos o banco de dados Mysql. Não é objetivo deste artigo explicar como configurar o banco de dados, porém abaixo segue o script para criação da tabela “setor”, a qual será utilizada como base para nosso exemplo

-- CREATE TABLE "setor" ----------------------------------------

CREATE TABLE `setor` (

    `codigo` BIGINT( 20 ) UNSIGNED AUTO_INCREMENT NOT NULL,

    `setor` VARCHAR( 45 ) CHARACTER SET latin1 COLLATE latin1_swedish_ci NULL,

    `status` TINYINT( 3 ) UNSIGNED NULL DEFAULT 1,

    `cadastro` BIGINT( 20 ) UNSIGNED NULL,

    `dataCadastro` DATETIME NULL

    PRIMARY KEY ( `codigo` ) )

CHARACTER SET = latin1

COLLATE = latin1_swedish_ci

ENGINE = INNODB

AUTO_INCREMENT = 225;

-- -------------------------------------------------------------

Talk is cheap. Show me the code

Após toda a configuração da nossa aplicação, vamos aos códigos. O primeiro passo é abrir o VSCode, e abrir o diretório com o projeto. Para isso clique em File → Open Folder, conforme ilustra a imagem12 abaixo:

Imagem 12 – VSCode selecionando diretório

Selecione o diretório onde se encontra o arquivo sln (Solution), aparecerá a solutions e os diretórios dos projetos que criamos acima, conforme ilustra a imagem13:

Imagem13 – Projeto aberto no VSCode

O primeiro projeto que será alterado “VSCodeLinuxModel”, primeiramente renomearemos o arquivo Class1.cs para SetorModel.cs, depois criaremos os atributos com os mesmos nomes das colunas da tabela “setor”, conforme ilustra a imagem14 e código abaixo:

Imagem14 – nome model SetorModel

SetorModel.cs

using System;

namespace VSCodeLinuxModel

{

   public class SetorModel

   {

       public Int64 Codigo { get; set; }

       public string Setor { get; set; }

       public int Status { get; set; }

       public Int64 Cadastro { get; set; }

       public DateTime DataCadastro { get; set; }

   }

}

Agora mexeremos no Projeto DAL, responsável por acessar o banco de dados. Novamente será necessário alterar o nome do arquivo para SetorRepository.cs. Nesse projeto também precisaremos adicionar uma referência de projeto e dois pacotes Nugets. Primeiramente adicionaremos a referência do projeto Model ao projeto DAL, conforme comando abaixo:

dotnet add VSCodeLinuxDAL/VSCodeLinuxDAL.csproj reference VSCodeLinuxModel/VSCodeLinuxModel.csproj

Agora adicionaremos os dois pacotes, um para conexão com o Mysql e o segundo o pacote para utilização do Dapper. Uma dica, é possível verificar o pacote correto e até o comando no site https://www.nuget.org/ .

dotnet add VSCodeLinuxDAL/VSCodeLinuxDAL.csproj package MySql.Data

dotnet add VSCodeLinuxDAL/VSCodeLinuxDAL.csproj package Dapper

Como utilizaremos injeção de dependência, será necessário criar um novo arquivo de Interface, eu criei chamado ISetorRepository.cs

ISetorRepository.cs

using System.Collections.Generic;

using VSCodeLinuxModel;


namespace ServerLessDAL

{

   public interface ISetorRepository

   {

       List<SetorModel> RetornarSetoresAtivos();

   }

}

SetorRepository.cs

using System;

using System.Collections.Generic;

using System.Linq;

using Dapper;

using MySql.Data.MySqlClient;

using VSCodeLinuxModel;


namespace ServerLessDAL

{

   public class SetorRepository:ISetorRepository

   {

       public List<SetorModel> RetornarSetoresAtivos(){

           string strConexao = "Persist Security Info=False;server=179.188.16.18;database=clienteocultoa;uid=clienteocultoa;pwd=clientepass";

           string sql = "select * from setor where status = 1";

           List<SetorModel> lstRet = null;

           using (MySqlConnection conexao = new MySqlConnection(strConexao))

           {

               lstRet = conexao.Query<SetorModel>(sql).ToList();

           }

           return lstRet;

       }

   }

}

Agora adicionaremos os Projetos VSCodeLinuxDAL e VSCodeLinuxModel.csproj ao projeto VSCodeLinuxBLL, conforme comando abaixo:

dotnet add VSCodeLinuxBLL/VSCodeLinuxBLL.csproj reference VSCodeLinuxDAL/VSCodeLinuxDAL.csproj

dotnet add VSCodeLinuxBLL/VSCodeLinuxBLL.csproj reference VSCodeLinuxModel/VSCodeLinuxModel.csproj

Criamos o arquivo interface ISetorBLL.cs, abaixo os códigos dos arquivos SetorBLL.cs e ISetorBLL.cs

ISetorBLL.cs

using System;

using System.Collections.Generic;

using VSCodeLinuxModel;


namespace VSCodeLinuxBLL

{

   public interface ISetorBLL

   {

       List<SetorModel> RetornarSetoresAtivos();       

   }

}


SetorBLL.cs

using System;

using System.Collections.Generic;

using ServerLessDAL;

using VSCodeLinuxModel;


namespace VSCodeLinuxBLL

{

   public class SetorBLL:ISetorBLL

   {

       private ISetorRepository iSetorDAL;

       public SetorBLL(ISetorRepository iSetorDAL){

           this.iSetorDAL = iSetorDAL;

       }


       public List<SetorModel> RetornarSetoresAtivos(){

           return iSetorDAL.RetornarSetoresAtivos();

       }

   }

}

Agora precisaremos adicionar todos os nossos projetos ao “projeto principal”, isso se faz necessário, pois como utilizaremos “injeção”, precisamos mapear no arquivo “Startup”, o qual fica no projeto “ProjetoVSCodeLinux”. Abaixo os comandos para adicionarmos os projetos

dotnet add ProjetoVSCodeLinux/ProjetoVSCodeLinux.csproj reference VSCodeLinuxModel/VSCodeLinuxModel.csproj

dotnet add ProjetoVSCodeLinux/ProjetoVSCodeLinux.csproj reference
VSCodeLinuxBLL/VSCodeLinuxBLL.csproj

dotnet add ProjetoVSCodeLinux/ProjetoVSCodeLinux.csproj reference
VSCodeLinuxDAL/VSCodeLinuxDAL.csproj

Abaixo os códigos dos arquivos SetorController.cs e Startup.cs que se encontram no projeto “ProjetoVSCodeLinux”

SetorController.cs

using System.Collections.Generic;

using Microsoft.AspNetCore.Mvc;

using VSCodeLinuxBLL;

using VSCodeLinuxModel;


namespace ProjetoVSCodeLinux.Controllers

{

   [Route("api/[controller]")]

   [ApiController]

   public class SetorController : ControllerBase

   {

       private ISetorBLL iSetorBLL;


       public SetorController(ISetorBLL iSetorBLL)

       {

           this.iSetorBLL = iSetorBLL;

       }


       [Route("RetornarSetoresAtivos")]

       public List<SetorModel> RetornarSetoresAtivos(){

           return iSetorBLL.RetornarSetoresAtivos();

       }

   }

}

Startup.cs

       public void ConfigureServices(IServiceCollection services)

       {

           services.AddMvc().SetCompatibilityVersion(CompatibilityVersion.Version_2_2);

           services.AddSingleton<ISetorBLL, SetorBLL>();

           services.AddSingleton<ISetorRepository, SetorRepository>();

       }

Agora, só compilar o sistema e acessá-lo conforme imagem15:

 

Conclusão

Apesar de “um pouco” mais trabalhoso, é 100% possível criar uma WebApi utilizando apenas DotNetCore, VSCode e Linux. O legal de utilizar linha de comando, é que no meu ponto de vista você aprende os conceitos e não apenas um processo automático de fazer as coisas. Faço aqui um paralelo, quando iniciei no mundo Linux lá por volta de 2003, utilizei por muito tempo a distribuição “Slackware”, onde muitas coisas não tinham tela gráfica, era preciso utilizar e muito linha de comando. Isso foi muito benéfico para mim, pois me trouxe um embasamento teórico do funcionamento do Linux, conhecimento esse que me ajuda muito hoje em dia, mesmo a grande parte das distribuições terem interfaces gráficas muito interessantes.

Fonte: https://github.com/ztiago3/ProjetoVSCodeLinux