Guia completo do plugin WordPress Seo da Yoast

PorBruno Rodrigo Souza em

Com a consolidação do WordPress como principal CMS disponível no mercado, temos em paralelo o crescimento do número de plugins que ajudam a tornar esta ferramenta uma opção tão interessante para desenvolvedores.

Encabeçando a lista de plugin mais popular do WordPress está o WordPress SEO by Yoast, que como o próprio nome diz é um plugin para SEO, que ajuda o administrador no processo de otimização do site, abrangendo melhorias em cada página individualmente e em outros fatores que influenciam no bom posicionamento do site como o sitemap, metadados, links internos e outros.

Desenvolvido pela empresa Yoast, do especialista e referências no mercado de SEO internacional, Joost de Valk, esse plugin oferece uma série de funcionalidades que permitem a otimização de site bem completa, mas que exige um pouco de conhecimento técnico, tanto sobre SEO, quanto sobre o próprio WordPress, para que se usufrua ao máximo as funcionalidades deste plugin.

Vamos tentar colocar neste guia explicações para detalhar cada opção e o que se deve ser preenchido em cada uma das inúmeras janelas na configuração do WordPress SEO. Vamos lá!

Painel

Na primeira tela do plugin temos o Painel com opções básicas, mas que podem ajudar o administrador em certos pontos.

configuracao-plugin-wordpress-seo-tela1

  • Tour introdutório: Ao clicar nesse botão, você será levado a um tour que explicará de forma bem resumida as principais funções do plugin. Por ter informações muito resumidas esse tour não ajuda muito;
  • Configurações padrão: É a opção para reiniciar o plugin para as opções padrão da instalação do mesmo. Útil em casos de fazer alguma alteração que tenha afetado o posicionamento do seu site e você não conseguiu desfazer.
  • Segurança: Nessa opção, você pode habilitar a tela de configuração do plugin para editores do seu site. Por existirem opções avançadas nessa configuração, deixar desmarcada essa função é uma boa escolha para o caso de querer centralizar a configuração das páginas só com os administradores.
  • Ferramentas de Webmastes: Esses campos facilitam o trabalho do administrado quando ele precisar criar as contas no Google Webmasters Tools, Bing Webmasters Tools e Alexa, assim não será necessário fazer upload de arquivos de verificação para o servidor, somente inserindo as Ids de cada uma das ferramentas e o sistema de confirmação identificará o domínio do site pela tag que o plugin insere na página.

Títulos e metadados

Aba Geral:

configuracao-plugin-wordpress-seo-tela2

  • Forçar a reescrita dos títulos: Esta opção permite que o plugin force a reescrita dos títulos, sobrepondo a configuração que for inserida nele sobre a configuração básica do WordPress. Deixe essa opção marcada.
  • Desindexar sub-páginas de arquivos: Essa opção marca como noindex as páginas de resultados de pesquisas, depois da primeira. O próprio Joost de Valk diz que não acha que essa alteração faça muita diferença para sites com pouco conteúdo. Mas com certeza blogs com muitos artigos podem ter problemas de indexação, por isso é melhor deixar marcada.
  • Usar a tag meta keywords (palavras chave): Esta opção deve ficar desmarcada pelo fato do Google não considerar mais o uso de tag keywords relevante para o posicionamento de páginas.
  • Adicionar globalmente a tag meta robots noydir no site e adicionar globalmente a tag meta robots noodp no site: Esta opção pode insere em todas as páginas a tag NOODP e NOYDIR, impedindo que os robôs de busca busquem diretório do DMOZ ou do YAHOO as informações de título e descrição que ele não encontrar em suas páginas. Para evitar que isso aconteça deixe essas opções marcadas.
  • Ocultar os links RSD e ocultar os links WLW Manifest: A opção de deixar os links RSD e WLW servem somente para quem utiliza editores remotos. Se não utilizar deixe marcada para ocultar esses links.
  • Ocultar os shortlinks para os posts: Os Shortlinks servem para o compartilhamento do seu conteúdo em forma de link em redes sociais onde o número de caracteres é limitado como no Twitter.
  • Ocultar os links RSS: Se não for utilizar os feeds de seu site marque esta opção para não encher seu head.

Aba Início:

configuracao-plugin-wordpress-seo-tela3

  • Página inicial: Esta área você insere o título e descrição que serão usados na página inicial;
  • Metadados de autor: Você pode usar essa opção para destacar um perfil do Google Plus e fazer uso desse ótimo recurso de snippet do Google.

Abas “Tipos de Posts” e “Taxonomias”:

configuracao-plugin-wordpress-seo-tela4

Nestas abas, você cria um padrão dos títulos e descrição das páginas de seu site, post, categorias, tags e etc. Assim como pode definir quais serão indexadas ou não. Aconselho criar um padrão para cada tipo de página, mas lembrando de que não deverão ser gerados títulos ou descrições iguais.

Utilize os códigos abaixo para automatizar campos como, por exemplo, o nome do site ou título da página que podem ser alterados:

%%date%% Substituído pela data do post/page
%%title%% Substituído pelo título do post/página
%%sitename%% Substituído pelo nome do site
%%sitedesc%% Substituído pelo subtítulo/descrição do site
%%excerpt%% Substituído pelo resumo do post/página (ou gerado automaticamente caso não exista)
%%excerpt_only%% Substituído pelo resumo do post/página (sem geração automática)
%%tag%% Substituído pela tag/tags atuais
%%category%% Substituído pelas categorias do post (separadas por vírgulas)
%%category_description%% Substituído pela descrição da categoria
%%tag_description%% Substituído pela descrição da tag
%%term_description%% Substituído pela descrição do termo
%%term_title%% Substituído pelo nome do termo
%%pt_single%% Substituído pelo rótulo singular do tipo de post
%%pt_plural%% Substituído pelo rótulo plural do tipo de post
%%modified%% Substituído pelo horário modificado do post/página
%%id%% Substituído pela ID do post/página
%%name%% Substituído pelo ‘nome de exibição’ do autor do post/página
%%userid%% Substituído pelo ID de usuário do autor do post/página
%%searchphrase%% Substituído pela frase de busca atual
%%currenttime%% Substituído pelo horário corrente
%%currentdate%% Substituído pela data corrente
%%currentday%% Substituído pelo dia de hoje
%%currentmonth%% Substituído pelo mês corrente
%%currentyear%% Substituído pelo ano corrente
%%page%% Substituído pela numeração de página corrente (i.e., Página 2 de 4)
%%pagetotal%% Substituído pelo total de páginas atual
%%pagenumber%% Substituído pelo número da página atual
%%caption%% Substituído pela legenda do anexo
%%focuskw%% Substituído pela palavra chave em foco do post
%%cf_<custom-field-name>%% Substituído pelo valor de um campo personalizado do post
%%ct_<custom-tax-name>%% Substituído pelas taxonomias personalizadas do post (separadas por vírgulas)
%%ct_desc_<custom-tax-name>%% Substituído pela descrição da taxonomia personalizada
%%sep%% Substituído pelo separador definido na tag wp_title() de seu tema.

 Social

Facebook OpenGraph

Preenchendo os campos dessa seção, você adicione os metadados do Facebook e Twitter no cabeçalho de todas as páginas, facilitando assim o compartilhamento das páginas por parte de seus usuários, que terão títulos limpos em seus posts.

Sitemap XML

Com as últimas atualizações do WordPress SEO, tenho optado por utilizar a função desse plugin ao invés de plugins específicos para sitemaps. As opções disponíveis na configuração do sitemap permitem a escolha de quais seções serão ou não colocadas no sitemap. Veja quais são essas opções:

  • Configurações gerais: Você deve selecionar se vai enviar ping para os robôs de busca listados, procure se certificar se você já inseriu seus sitemaps nas ferramentas de webmasters disponíveis por esses buscadores;
  • Excluir tipos de posts: Marque os tipos de posts que você deseja excluir do sitemap. Procure evitar inserir no sitemap as Mídia (attachment), crie um sitemap específico para imagens com um plugin que siga os requisitos que o Google Images exige.
  • Excluir taxonomias: Marque as taxonomias que você deseja excluir do sitemap. Essa opção vai depender muito da quantidade de conteúdo do seu site, se você possui muitas tags em muitos post, não é aconselhável que os deixem ser listados no sitemap, nem deixar que sejam indexados.
  • Entradas por página: Você pode optar por inserir o limite de entradas do seu sitemap, mas se você selecionou corretamente as páginas e taxonomias, não será necessário o uso deste campo.

Links permanentes

  • Remover a base da categoria: Por algum motivo você pode escolher por retirar o nome da categoria da URL das suas páginas, para isso marque esta opção.
  • Redirecionar URLs de anexos para as URLs de seus posts pais: Essa opção é interessante para ganhar visita às páginas que forem encontradas através de pesquisas que cheguem pelos anexos das páginas. Por exemplo, um usuário que gosta de uma imagem de seu site, que ele encontrou no Google Images, ao selecionar ir para o site, ao invés de ir para a página do anexo, será encaminhado para a página do seu post.

Deixe as outras opções como desmarcadas, pois elas não influenciam em mudanças consideráveis para a otimização de suas páginas.

Links Internos

configuracao-plugin-wordpress-seo-tela5

Alguns dos templates de WordPress possuem a opção de usar breadcrumbs. Mesmos para esses casos eu particularmente adoto o padrão do WordPress SEO. Esta seção permite que você customize suas preferências pela linkagem internar do site no breadcrumbs. Lembrando que o bom uso de links internos pode melhorar o engajamento de seu site.

Para isso basta inserir o código que é gerado no final da página, no arquivo correto do template escolhido, normalmente arquivos single.php e page.php.

RSS

configuracao-plugin-wordpress-seo-tela6

Com este recurso você protege o conteúdo do seu feed RSS, acrescentando links que apontam para seu site, permitindo que mecanismos de busca identifiquem o seu site como a fonte original desse conteúdo.

Utilize os códigos apresentados no final da página para inserir os links e texto âncora do cabeçalho e rodapé de cada post em seu feed.

Edição e exportação/importação

O plugin não para por aí, ele simplifica a alteração de arquivos como o robot.txt e htacess, assim o dispensando de editores de arquivos e FTP.

E para ajudar a manter um padrão em todos os sites desenvolvidos e otimizados, o plugin permite a importação de dados de configuração de outros plugins e exportação também de seus próprios dados para ser usado em outro site.

Otimização nas páginas

configuracao-plugin-wordpress-seo-tela7

A ferramenta do plugin que é mais utilizada é com certeza a otimização individual de cada página ou post.  É nessa área que você deverá ter uma atenção especial para estudar a ou as palavras chaves que quer destacar para a página em questão. Faz a análise com todos os termos que você planejou destaque em sua estratégia de SEO.

No momento em que criar uma página sem preencher um desses campos, o plugin irá buscar as informações necessárias na configuração que vimos anteriormente. Por isso a configuração correta do plugin se torna tão importante.

Gostaria de destacar a aba “Avançado” pois é nela que você poderá inserir as exceções a qualquer uma das regras que criou na configuração do plugin, por exemplo, optando por colocar noindex em uma página que deveria se indexada pela configuração geral do plugin. É nesta aba também que quando necessário, é possível utilizar o redirecionamento 301 na página em questão.

Conclusão

O plugin é realmente completo, mas é preciso utilizá-lo com integração de ferramentas dos buscadores, principalmente o Google Webmasters Tools. O uso exclusivo da otimização individual de páginas é um verdadeiro desperdício ao potencial incrível desse plugin.

Espero que tenham gostado desse que é o primeiro de muitos posts aqui na iMasters.

Deixe um comentário! 58

58 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

    1. Muito bem citado! Obrigado Seo Martin. Nessa opção, na maioria das vezes, pode-se deixar em brando para o plugin utilizar a configuração definida nos links permanentes.

  1. Olá amigo, a pior coisa que existe para nós autores e escritores deste fascinante mundo web é termos mais de centenas de milhares de acesso e nenhum comentário. Muitos abosrvem tudo e mais um pouco dos artigos e das matérias e outros até ‘clonam’ com o famoso conjuntinho CTRL C+V. Bom só quero que saiba que realmente me ajudou muito mesmo, e já estou trabalhando em cima das suas preciosas recomendações, parabéns pela autoria e pela paciência. Sucesso irmão ! (inoff): Se tiver afim de fazer uma consultinha grátis no meu blog me avise…hihihih

  2. Só não entendi o : O uso exclusivo da otimização individual de páginas é um verdadeiro desperdício ao potencial incrível desse plugin.
    Um site de notícias então não deve usar sempre configuraro Yost em cada post ?

    E quem tem o ALL IN One Seo, e quer mudar, tem que alterar cada post ou o google continuara achando mesmo depois de parar o antigo plugin ?

  3. Olá Leandro, eu quis dizer que usar o plugin somente para otimizar as páginas e posts individualmente é um desperdício do plugin como um todo, pois o mesmo oferece muitas opções que podem melhorar o SEO de um site WordPress.
    Um site de notícias deve ter cada página otimizada sim, com certeza.
    O SEO da Yoast possui uma opção de exportar e importar a configuração de outros plugins de SEO, entre eles o All in One SEO. Mas não sei te responder se a configuração de cada post vêm junto.
    Alguém já usou a ferramenta de importação do SEO YOAST com o ALL IN ONE SEO?

  4. Bruno, parabéns pelo post! Ajudou demais !

    Só não consegui achar a última tela do tutorial, a de otimização nas páginas…Onde consigo abrir e configurar essa página ? Grato, Gabriel

  5. Parabéns pelo post. Tenho um blog e meus conhecimentos de SEO são bem rudimentares. Gostaria de aprender mais de SEO para o dia a dia das postagens, tenho muitas duvidas se meu site está bem indexado e se as postagens e configurações do yoast estão 100%.
    Poderia dar uma olhadinha?
    http://www.modadetv.com.br
    Obrigado, Christian Amaral

  6. Boa Tarde Bruno!

    No meu site, na opção “Títulos & Metadados” e aba “Inicio”, não aparecem as opções para adicionar titulo e descrição na página inicial, ele somente aparece o que está nesta imagem abaixo, sendo que, ao clicar no link, ele “salva” e volta na mesma tela…
    Você já viu algo parecido? Sabe como resolver?

    http://img43.imageshack.us/img43/1210/1lon.jpg

    1. O seu já é a versão atualizada Vinícius. A primeira opção é para ajustar as metas da home e a segunda as metas do blog. Abraços.

  7. Ótimo artigo me ajudou bastante tenho dúvidas ainda em alguns aspectos mas no geral foi muito útil!
    Tenho 3 blogs hoje e tem um deles que era o meu mais acessado hoje estou tendo muitos problema com ele pois as visitas caíram demais http://ciadereceitas.com.br/ e não consigo descobrir o que aconteceu.

  8. Comecei a utilizar este plugin e percebi que ele possui uma seção para configurar o XML Sitemap. Fiquei com dúvida agora se desativo o plugin Google XML Sitemaps que instalei unicamente para essa finalidade ou se deixo os dois.

  9. Desculpa Júnior, coloquei o comentário no post errado. rs
    Sobre a sua dúvida, eu acredito que quanto menos plugins você usar melhor. No seu caso, ambos plugins realizam a função de atualizar o Sitemap muito bem. Não saberia indicar qual seria melhor do que o outro.
    Aconselho que faça um teste do o Yoast por alguma tempo para ver o que acha, desinstale o Google XML por um tempo. Depois basta escolher qual mais lhe agradou.

    1. Leandro, provavelmente seu template está puxando o nome lá de Configuração >> Geral no campo “Título do site”. Optar por Forçar as Reescrita dos Títulos deveria também resolver isso, mas o template pode ter sido desenvolvido fora do padrão que o plugin usa. Acredito que seja isso, dá uma olhada.
      Abraços.

  10. Eduardo, você não está fazendo nada errado. Isso realmente acontece. Em muitos caso o buscado decide qual será a descrição de acordo com a relevância para a pesquisa feita.

    1. Esqueci de falar uma coisa. Percebi que o plugin da as mesmas opções de SEO do artigo para as páginas. Porém fiquei na dúvida se devo escrever algum texto dentro da página (como se fosse um post). Se devo o que deve conter uma descrição da página? Por favor fale dicas de SEO Yoast para Imagens. Obrigada

  11. Olá Bruno,

    “Procure evitar inserir no sitemap as Mídia (attachment), crie um sitemap específico para imagens com um plugin que siga os requisitos que o Google Imagens exige.” eu acabei de marcar essa opção, não sei se tem relação, mas eu estava com esse problema http://aquaa3.com.br/2014/07/peixe-cascudo-zebra-se-reproduz-em-cativeiro-no-para.html/peixe-cascudo-zebra-se-reproduz-em-cativeiro-no-para-3 cada imagem virava um post. Tem relação? Sobre o assunto, ele indica um outro plugin para o SEO das imagens, qual seria esse? Eu ganho bastante views através das imagens no google e estou com receio de perder devido essa marcação.

    parabéns pelo o post

    1. Olá André, é normal as imagens possuem mesmo uma página para cada mídia, também conhecida como página de anexos.
      Mas não têm relação com essa opção que você marcou.
      Se quiser você pode desabilitar essa opção.
      Usando qualquer plugin que crie um sitemap de imagens já vai ajudar muito seu site. Seguindo algumas dicas de SEO para imagens, você continuará com o bom resultado no tráfego com as imagens (Leia também esse artigo: http://seunegocionainter.net/gerar-trafego/seo-otimizacao-sites/dicas-como-otimizar-imagens-seu-site-ganhar-mais-trafego/)

  12. Seu artigo me ajudou muito! Estava buscando informações sobre esse plugin e segui suas orientações. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.

  13. Olá entao eu usava aquele plugin wordprees sitemap xml e tirei ele e coloquei esse, fiz toda a configuraçao e no meu sitemap no webmaster tool deu dois avisos 404 ai entrei nos sitemaps de aviso e deu erro 404 repatei que tinha tipo exemplo http://meusite.com/16/09/2015/nomedopost, vi que era problema de link permanent que coloquei posts mais eu tinha visualizaçoes de 20 no analystics agora tenho mil caiu meu trafego e esta dando esses avisos 404 e meu sitemap nao indexa tudo e as imagens estao indexando tipo de 1000 indexa 100 e depois de umas horas desindexa e indexa novamente 9 e assim por diante o que fazer?

  14. Olá, Bruno!
    Não entendo por que o Yoast fornece-me as informações erradas.
    Por exemplo, depois de fazer meu post ele fornece este resultado:
    Uso da palavra-chave em foco
    Sua palavra chave foi encontrada em:
    Cabeçalho do Artigo:No
    Título da página: No
    Da página URL: No
    Conteúdo:No
    Meta descrição:No
    Sendo que, na verdade, as palavras -chave estão inseridas corretamente em todos estes campos.
    Também a Prévia do Snippet mostra como o post vai aparecer nos buscadores corretamente, só que lá no Google não aparece o título do post , aparece apenas o nome do site na URL sem o título do post e sem a meta descrição. E direciona para a minha Home. Na sua experiência, responda-me: Por que isto acontece? E Pode atrapalhar no rankeamento nos buscadores?

  15. Muito legal o post! Tenho uma dúvida quanto a ferramenta. Possuo um site bilíngue, mas não consigo usar este plugin para ambas versões. Ele apenas me oferece espaço para publicar ou em português ou em inglês. Como posso utilizar o plugin para ambos? Incluir uma meta description em português e inglês, no mesmo espaço, não seria a melhor solução. Obrigado

  16. Olá, poderia abordar sobre SEO Yoast no Woocommerce, pois parece que seguindo as dicas de como configurar algo não fica bem para o Woocommerce, por exemplo os produtos cadastrados não abrem – vai para a página 404. Abs

  17. Boa noite eu gostaria de tirar uma duvida em meu site. de repente começou aparecer um código estranho na URL, e não sei como remover, aparece geralmente nos posts.
    o código que aparece no final da URL é este: #.VsTlDdBf3IU

    1. José Paulo. Estava com o mesmo problema. Não é por conta de outros plugins. É devido uma função do Woocommerce que vc deve ter marcado. Nas configurações gerais do Woocommerce, altere a opção de geolocalização que não vai mais aparecer esses códigos na url. Mude para “Endereço padrão do cliente”.

      No meu caso deu certo.

      Espero ter ajudado.

      https://www.facebook.com/greenshoplojaverde/

  18. Engraçado que em todos os temas que eu instalei ele funcionou sem problemas, mas quando decidi criar meu próprio tema ele não funciona de forma alguma…. Tem algo que eu possa fazer?

  19. Bruno, dentro das especificações do SEO by Yost, tenho algumas considerações a fazer: escrever frases com poucas palavras vai nos levar a pensar menos.
    Enquanto um raciocínio não está completo, a frase não pode ser terminada. Estamos no caminho certo para uma melhor comunicação, ou estamos retornando aos tempos do ugh-ugh enquanto seguimos regras impostas por programadores que não foram devidamente treinados para raciocinar?
    Esta frase acima faz sentido, ou preciso dividi-la em duas ou três para que os leitores possam entender o que estou transmitindo?

  20. Toda vez que eu ativo o Yost SEO no WP o site não carrega 90% de seu conteúdo, aparecendo a mensagem “Error in Access database denied for user “@” locahost (using password NO)”.
    Para o site voltar ao normal, tenho que desativar o Yoast.

    Alguém pode me ajudar com isso ?
    Grato

    1. Olá Marcelo, ainda não me deparei com um erro como esse só com um plugin. Sua versão do WordPress está atualizada? Verifica com o suporte do servidor se eles conseguem o log de erros da sua conta.

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: