Banco de Dados

Banco de Dados

5 coisas que você deve saber sobre o plano de execução das suas queries

27 ago, 2018
Publicidade

Plano de execução; esse é um recurso muitas vezes ignorado pelos desenvolvedores iniciantes, mas de grande utilidade porque ajuda a verificar o que pode ser melhorado na sua query, sem que você entre na fila de atendimento dos DBAs.

Neste artigo vou abordar cinco pontos importantes que você deve saber sobre esse recurso, mas não espere fórmulas mágicas! Essa é uma ferramenta que vai te ajudar na análise, mas não melhorá automaticamente a query pra você (aguarde o artigo da próxima semana! Trarei boas notícias neste sentido!).

1 – O que é um plano de execução

Um plano de execução exibe de maneira gráfica e bem fofa os métodos de recuperação de dados que o Otimizador de Consulta do SQL Server escolheu. Além disso, mostra também o custo (em termos de uso de recursos) da execução das instruções.

2 – Para que serve um plano de execução

Com esse recurso fofinho você consegue ver as etapas de execução da sua query e assim verificar o que pode ser melhorado.

Uma outra utilidade é comparar duas queries. Imagine que você fez uma melhoria no seu sistema e alterou uma consulta. É uma boa prática verificar se o plano de consulta da nova query é melhor que o plano de consulta da query anterior.

3- Quando usar um plano de execução

Conselho da Dani: use o plano de execução sempre que escrever uma consulta! Assim você sempre entregará a melhor query (naquele momento).

4- Tipos de plano de execução

Existem dois tipos de plano de execução:

  • Plano de execução estimado: este é o plano produzido pelo Otimizador de Consulta em tempo de compilação.
  • Plano de execução real: é gerado depois que as consultas são executadas. Por isso, além das etapas para a execução da query, um plano de execução real contém também as informações de tempo de execução (métricas, avisos e tempo de execução).

5- Como visualizar o plano de execução

Essa é a etapa mais fácil. Se você não quer executar a query, mas quer ver o plano de execução, então você deve optar pelo plano estimado. Neste caso, clique no botão selecionado na imagem 1.

Figura 1 – Plano de execução estimado

Se você quer verificar o plano de execução real, é simples também, basta clicar no botão destacado na figura 2 e depois executar a consulta.

Figura 2 – Plano de execução real.

Conclusão

Como eu já disse outras vezes, use todos os recursos que podem te ajudar a ser um profissional melhor e fazer entregas de mais e mais qualidade!