Hoje!

Intel revela nova tecnologia de armazenamento

PorRedação iMasters em

A Intel anunciou ontem uma grande novidade para o segmento de computadores: uma nova tecnologia de armazenamento chamada de 3D XPoint (lê-se 3D Cross Point).

Na prática, ela promete velocidades até mil vezes superiores aos atuais drives baseados em Nand Flash, o que pode significar um salto de eficiência para computadores de todos os tipos. A expectativa da Intel é que todos os processos que dependem de computação se acelerem, principalmente em áreas como inteligência artificial, carros autônomos e armazenamento de dados em nuvem.

De acordo com o site Olhar Digital, os novos drives podem ser considerados a terceira grande etapa de evolução dos drives de armazenamento de computadores. A primeira é representada pelos tradicionais HDs, baseados em discos rígidos, que gravam as informações por meio de uma agulha que “escreve” os dados numa superfície metálica. A segunda etapa veio com os drives Nand Flash – que usam a mesma tecnologia empregada por pendrives – e que são muitas vezes mais rápidos que os discos rígidos. A tecnologia anunciada no fim de semana pela Intel pode se colocar como o novo passo nessa evolução, com a promessa de um grande salto de velocidade no armazenamento de dados.

A tecnologia Flash baseia-se em transistores espalhados numa camada de silício; cada “centro de transistores” se encarrega de armazenar os “zeros e uns” da informação digital. A Intel guarda a sete chaves os detalhes da nova tecnologia, dizendo apenas que ela não usa transistores e lança mão de mudanças no estado físico de uma substância. Essas mudanças são provocadas pela passagem de eletricidade pelo corpo do material.

O preço da nova tecnologia é alto. O primeiro drive baseado nela já está à venda nos Estados Unidos por US$ 1.520 para 375 gigabytes. Hoje, é possível comprar um drive Flash por US$ 140 dólares para 525 gigabytes de armazenamento. Além disso, os atuais computadores não conseguirão usufruir integralmente do potencial da 3D XPoint porque as interfaces criadas para HDs ou para Flash não são capazes de dar vazão à toda a velocidade da nova tecnologia. Se você trocar o seu atual SSD por um Optane ou QuantX, o ganho de velocidade será em torno de 9 vezes. A Intel espera que os novos computadores tragam interfaces capazes de oferecer o ganho de mil vezes prometido pela novidade. A Dell já estaria testando novas placas completamente compatíveis com a nova tecnologia.

A nova tecnologia foi desenvolvida em parceria com a Micron e já está à venda nos principais mercados sob a marca Optane, da Intel, e QuantX, da Micron.

Deixe um comentário! 0

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: