Google vai promover importante alteração algorítmica voltada para webspam

PorRedação iMasters em

O Google anunciou em seu blog que, nos próximos dias, vai lançar uma importante alteração algorítmica direcionada ao webspam. O objetivo é diminuir a classificação de sites que a empresa acredita que estejam violando suas diretrizes de qualidade, além de representar uma melhoria em seus esforços contínuos para reduzir o webspam e promover conteúdo de alta qualidade.

A empresa afirmou que ainda não vai divulgar quaisquer sinais específicos da mudança para não oferecer às pessoas uma forma de manipular seus resultados de pesquisa e piorar a experiência para os usuários. A recomendação para os webmasters é que eles se concentrem na criação de sites de alta qualidade, que providenciem uma boa experiência para o usuário e utilizem métodos de SEO “white hat”, em vez de recorrer a táticas agressivas de webspam.

Abaixo, segue um exemplo de excesso de palavras-chave retirado de um site que será afetado pela alteração:

O Google ressaltou que a maioria dos sites atingidos pela mudança não é tão óbvia. A seguir, um exemplo (em inglês) de um site com padrões de links incomuns, que também será afetado pela alteração. Ao se tentar ler o texto em voz alta, descobre-se que os links não têm qualquer relação com o conteúdo e que, na verdade, o texto da página foi alterado ao ponto de ficar incompreensível:

Para a empresa, os sites afetados pela alteração algorítmica poderão ser difíceis de reconhecer como spam, sem conhecimento ou uma análise detalhada, mas têm em comum o fato de fazerem muito mais que SEO “white hat“. “Acreditamos que estão participando de táticas de webspam para manipular a classificação nos motores de busca”, afirmou o Google em seu blog.

A mudança começará a valer para todos os idiomas ao mesmo tempo. Para contextualizar, a atualização inicial do Panda afetou aproximadamente 12% das consultas de maneira significativa; o novo algoritmo afeta aproximadamente 3,1% das consultas em inglês, cerca de 3% das consultas em idiomas como o alemão, o chinês e o árabe, mas pode haver um maior impacto em idiomas nos quais o nível de spam seja mais elevado.

Deixe um comentário! 0

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: