Desenvolvimento

9 mai, 2012

Câmara Municipal de São Paulo, Open Knowledge Foundation Brasil e W3C Brasil realizam maratona hacker

visualizações
Publicidade

A Câmara Municipal de São Paulo (CMSP), a Open Knowledge Foundation Brasil e a W3C Brasil realizam neste mês a 1ª Maratona Hacker. O desafio vai premiar os melhores aplicativos criados por desenvolvedores do país para facilitar a leitura e o entendimento dos Dados Abertos da CMSP pelos cidadãos paulistanos.

Os interessados em participar precisam se apressar, pois as inscrições vão até quinta-feira, 10 de maio. Elas podem ser feitas aqui.

A competição terá duas etapas. Na primeira, os desenvolvedores terão 48 horas para avaliar os dados da câmara e submeter o esboço geral do aplicativo que criarão. As equipes terão um link para acessar os Dados Abertos no Portal da Câmara, mas também poderão usar dados extraídos de outros órgãos públicos, desde que citada a fonte.

Na segunda, os participantes poderão aperfeiçoar os aplicativos, melhorando a forma de uso, o design e o tratamento dos dados, mas não poderão modificar a estrutura original do trabalho.

A maratona terá uma comissão julgadora, formada por dois representantes da CMSP, dois da Open Knowledge Foundation Brasil (OKFn Brasil) e dois da W3C Brasil. O júri vai considerar os seguintes critérios: grau de utilidade pública, praticidade de uso, mobilidade, custo de manutenção, criatividade da solução e qualidade da documentação.

O resultado será divulgado no Portal da Câmara no dia 4 de junho. Os prêmios serão entregues em sessão pública, no Palácio Anchieta, sede da CMSP, no dia 11 de junho, às 15h. As premiações serão anunciadas em breve.

Os aplicativos desenvolvidos terão regime de licenciamento livre e ficarão disponíveis para uso de todos os usuários do Portal da Câmara e da própria CMSP. É válido ressaltar que funcionários da Câmara, da OKFn Brasil e da W3C Brasil não podem participar do concurso.