/Marketing Digital

voltar
/Marketing Digital

Veja 5 erros comuns em Facebook Ads e como evitá-los

PorFelipe Mayer em

Facebook Ads já é figurinha carimbada nos planejamentos de mídia. Você não pode investir em publicidade sem anunciar no Facebook, e os resultados costumam corresponder a essa expectativa.

No Brasil, já são 89 milhões de usuários e 66% deles acessam o Facebook todos os dias. Esse já é um baita motivo para as empresas anunciarem seus produtos lá.

Você já deve estar cansado de ouvir falar do Facebook e de sua efetividade. Provavelmente já anuncia ou anunciou lá, mas não consegue ver essa eficiência na prática.

Por isso listamos 5 erros que você pode estar cometendo e que dificultam a conversão de suas campanhas.

Erro #1: Não segmentar seu público

Anunciar bem no Facebook se resume a falar com a pessoa certa. O Facebook tem milhões de pessoas, e você não precisa falar com todo mundo.

Selecione bem com quem você quer falar, segmente por idade, gênero, região, e não deixe de segmentar por interesses. O Facebook te dá muitas opções de segmentação por interesse, aproveite-as!

audiencia-facebook-ads

Não segmentar ou segmentar errado são os erros mais comuns na campanhas de Facebook Ads. Entenda quem é seu público e fale somente com ele. E não importa se é um público “pequeno”, faça campanhas bem segmentadas, é mais efetivo e barato!

Erro #2: Não usar Page Link Post

O Page Link Post torna toda a imagem e texto clicáveis para a conversão, em vez de apenas um link no texto. Veja exemplo:

page-lin-post-facebook-ads

O Page Link Post pode aumentar consideravelmente seu engajamento e conversão. Por padrão, o Facebook carrega alguma imagem da página de destino, mas  você pode mudar a imagem que deve ter 1200 x 627 pixels. Use imagens criativas e teste alternativas.

Erro #3: Não mensurar e otimizar

Como em toda campanha, você deve ficar de olho na performance. Caso você faça testes – seja de imagem ou texto –, fique de olho na performance de cada opção para escolher a melhor.

Sei que na correria do dia a dia fica muito difícil ficar de olho em todas as campanhas, então defina um período para a campanha finalizar e, após isso, estude o que pode ser melhorado e o que se pode aproveitar para a próxima campanha.

Erro #4: Esquecer os dispositivos móveis

Como cresceu e como já faz parte do nosso dia a dia esse tal de dispositivo móvel. O poder do mobile é tão grande que se você não tem seu site responsivo ele se torna obsoleto.

O mesmo funciona para o Facebook. Eles sabem do valor do mobile e investem pesado para melhorar a experiência das pessoas pelo celular.

“O Brasil é o quarto maior mercado do Facebook em termos de acesso móvel: 57,9 milhões de brasileiros acessarão a rede via dispositivos móveis este ano, o que representará 73,3% de sua base aqui.” – Fonte: EXAME.

Por isso, quando for fazer seu Facebook Ads lembre-se de deixar sua campanha disponível também na rede móvel. Ou, se for o caso, faça campanhas separadas para dispositivo móvel e para computador.

celular-facebooki-ads

Ah, e lembre-se de deixar sua página de destino – assim como todo o seu site – otimizado para receber visitas por celular.

Erro #5: Não usar Custom Audience e Look-a-like

Se você nunca ouviu falar de Custom Audience ou Look-a-like, você errou feio, errou rude! Agora, se você já ouviu falar mas nunca usou está perdendo o seu tempo.

Esse é um assunto que daria para conversarmos por horas. Não por ser complicado, mas por existirem muitas maneiras de aproveitar essa ferramenta. Vou resumir o que é cada uma e você vai entender por que é útil para sua campanha de Facebook Ads.

  • Custom audience: ou Audiência customizável, como o próprio nome já diz, você escolhe para quem quer que seu anúncio apareça, mas, calma, não pode escolher qualquer pessoa. Você tem 3 opções para escolher seu público. A partir de uma lista de e-mails, de uma lista de Facebook IDS (de pessoas conectadas com seu aplicativo) ou pessoas que visitaram determinada página (usado para remarketing).
  • Look-a-like: É uma ferramenta útil para você expandir seus prospects. Imagina que você criou uma audiência com uma lista de e-mails. Você pode criar uma nova lista onde o Facebook considera características das pessoas dessa lista e procura outras pessoas em comum na rede.

Como disse, são duas ferramentas nas quais vale a pena investir seu tempo aprendendo mais e usando em suas campanhas de Facebook Ads.

Conclusão

Anunciar no Facebook não tem receita de bolo, a melhor campanha pode variar de negócio para negócio. Você vai descobrir o que vale a pena ou não testando e avaliando a performance do seus anúncios.

Listamos alguns erros que pode estar atrapalhando na performance de seus anúncios. Você se identificou em algum desses erros? Tem algum outro erro que não citei aqui? Comente!

Deixe um comentário! 2

2 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

  1. Look-a-like está ferramenta é fácil de manucia ?
    Facebook ads tem como ter resultados com um dispositivo mebil dês da criação de conteúdo até a publicação final ?

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: