/Marketing Digital

voltar
/Marketing Digital

Agile marketing: o futuro para a gestão moderna

PorMário Almeida em

A indústria de desenvolvimento de software experimentou durante anos o modelo cascata -metodologia que organiza o progresso do projeto de forma puramente sequencial-, ou seja, uma fase após a outra, sem retrocessos. Em engenharia de software, sabe-se que esse modelo não é eficiente, pois a criação do software consiste em uma atividade difícil, arriscada e sujeita às mudanças a qualquer momento.

Renomados profissionais dessa área perceberam que os projetos de sucesso, com base em suas experiências prévias, possuíam um conjunto de princípios básicos. Assim, em 2001, criaram o “manifesto para o desenvolvimento ágil de sofware”.

De forma sintetizada, o documento busca a valorização dos indivíduos e a interação entre eles, sendo mais importante do que processos rígidos. É necessário colaborar com o cliente e não apenas negociar, responder às mudanças é muito mais importante do que seguir um plano.

Em que isso poderá contribuir para a gestão do marketing?

O ritmo frenético da mudança e da rapidez, promovidos pela tecnologia, impulsona os gestores da área a repensarem seus processos. Assim como alguns engenheiros de software repensaram a filosofia de desenvolver plataformas, profissionais de marketing de todo o mundo estão reorganizando a maneira de planejar e acompanhar suas atividades.

O resultado foi o “Agile Marketing Manifesto”. O documento preconiza sete valores. Entre eles:

  • Validar o aprendizado sempre: implemente ações, meça e aprenda com os resultados constantemente. Claro, o ciclo PDCA preconiza isso também, porém, essa nova forma de pensar vai além, pois implica em deixar de lado as opiniões sem fundamentos e as convenções rígidas. Acredite, realmente, nos números e aprenda com eles;
  • Pense em campanhas iterativas e adaptativas: pare de pensar em ações que sigam um processo baseado no modelo cascata. Como assim? Geralmente, espera-se uma grande ideia e aposta-se todas as fichas nela. A indústria de software sofreu muito com esta filosofia, e o marketing precisa aprender isso também! Planeje pequenas ações e acompanhe os resultados. Tenha novas ideias e veja como poderá evoluir e/ou melhorar o trabalho que está sendo feito. De forma iterativa, vá incluindo novos elementos e realizando os ajustes necessários até obter uma grande campanha;
  • Responder às mudanças é muito mais importante do que seguir um plano: a todo o momento, a tecnologia oferecerá novos recursos. Um planejamento anual, por exemplo, precisa ser flexível o suficiente para aceitar as mudanças necessárias. Essa nova forma de se pensar aconselha que os programas sejam atualizados com mais frequência, de preferência mensalmente.

Agile Marketing não se trata de uma nova forma de criação publicitária, de estratégias para relações públicas ou novos canais de vendas. São valores que os negócios deverão seguir num futuro próximo para conseguirem acompanhar as transformações repentinas ocasionadas pela tecnologia. Resumindo, seja ágil! #ficaadica

Deixe um comentário! 4

4 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: