/Desenvolvimento

voltar
/Desenvolvimento

Google I/O 2018: o que há de novo no Android

PorRedação iMasters em

Artigo de Stephanie Cuthbertson, publicado originalmente pelo Android Developers Blog. A tradução foi feita pela Redação iMasters com autorização.

***

Como o Android cresceu exponencialmente ao longo dos últimos dez anos, também vimos nossa comunidade de desenvolvedores crescer dramaticamente. Em países como China, Índia e Brasil, o número de desenvolvedores que usam nosso IDE quase triplicou – em apenas dois anos.

Com esse crescimento, sentimos uma responsabilidade ainda maior de investir em nossa experiência de desenvolvedor. Guiados pelo seu feedback, concentramos nossos esforços para tornar o desenvolvimento para dispositivos móveis mais rápido e fácil, ajudando você a conquistar mais usuários, tornando os aplicativos radicalmente menores e aumentando o engajamento para manter os usuários retornando.

Também estamos muito animados para ver o Android Things ir para o 1.0, criando novas oportunidades para você desenvolver – desde os principais dispositivos de consumo, até os veículos de controle remoto! À medida em que o primeiro dia do Google I/O começa, vamos dar uma olhada mais de perto nesses temas principais na Developer Keynote:

Desenvolvimento: tornando o desenvolvimento de aplicativos móveis rápido e fácil

  • Android Jetpack: Anunciamos o Android Jetpack, projetado para acelerar o desenvolvimento do seu aplicativo. O Android Jetpack é a próxima geração de componentes Android, reunindo os benefícios da Biblioteca de Suporte – compatibilidade com versões anteriores e atualizações imediatas – para um conjunto maior de componentes, tornando rápido e fácil a construção de aplicativos robustos e de alta qualidade. O Android Jetpack gerencia atividades como tarefas em segundo plano, navegação e gerenciamento do ciclo de vida, para que você possa eliminar o código padrão e se concentrar no que torna seu aplicativo excelente. O Android Jetpack foi projetado para funcionar bem com o Kotlin, economizando ainda mais código com o Android KTX. Os novos componentes do Android Jetpack lançados incluem o WorkManager, Paging, Navigation e Slices.

  • Kotlin: Desde o anuncio do suporte a Kotlin no ano passado, a comunidade de desenvolvedores adotou a linguagem. Mais importante ainda, 95% dos desenvolvedores nos dizem que estão muito felizes em usar o Kotlin para o desenvolvimento do seu Android, e quanto mais os desenvolvedores usam, mais esse número aumenta. O número de aplicativos da Play Store que usam o Kotlin cresceu 6x no ano passado. 35% dos desenvolvedores profissionais usam, e esse número está crescendo a cada mês. Continuamos a melhorar a experiência do desenvolvedor Kotlin em nossas bibliotecas, ferramentas, tempo de execução, documentação e treinamento. O Android KTX está sendo lançado hoje como parte do Android Jetpack para otimizar a experiência do desenvolvedor do Kotlin. As ferramentas continuam a melhorar com o Android Studio, o suporte Lint e as otimizações R8. Até sintonizamos o Android Runtime (ART) no Android P, para que os aplicativos criados com o Kotlin possam ser executados mais rapidamente. Nós implementamos os snippets de código do Kotlin em nossa documentação oficial e estamos publicando hoje uma versão Kotlin da documentação de referência da API. No início desta semana, lançamos um novo Kotlin Bootcamp no Udacity, que é um excelente recurso para desenvolvedores novatos no Kotlin. Por fim, agora temos uma especialização em Kotlin no Programa de Especialistas Desenvolvedores do Google. Se você ainda não usou Kotlin, espero que você dê uma chance a ele.
  • Android Studio 3.2 Canary: O Android Studio 3.2 apresenta ferramentas para o Android Jetpack, incluindo um editor de navegação visual e novas ferramentas de refatoração de código. O lançamento do Canary também inclui ferramentas de construção para criar o novo formato de Android App Bundle, instantâneos no Android Emulator para início rápido, novo otimizador R8 para tamanhos menores de download e instalação do código de aplicativo, um novo Energy Profiler para medir o impacto do aplicativo na vida útil da bateria e mais. Você pode baixar a versão mais recente do Android Studio 3.2 a partir da página de download do canal do Canary.

Distribuição: tornando os aplicativos radicalmente menores

Pacote de aplicativos para Android e Entrega Dinâmica do Google Play: Apresentando o novo modelo de aplicativo para Android. Reduza drasticamente o tamanho do aplicativo com um novo formato de publicação – o Android App Bundle. No Android Studio, você criará agora um pacote de aplicativos que contém tudo o que seu aplicativo precisa para qualquer dispositivo: todas as linguagens, o tamanho de tela de cada dispositivo e toda arquitetura de hardware. Em seguida, quando um usuário fizer o download do seu aplicativo, a nova Entrega Dinâmica do Google Play exibirá apenas o código e os recursos correspondentes ao dispositivo do usuário. As pessoas veem um tamanho de instalação menor na Play Store, podem fazer o download do aplicativo mais rapidamente e economizar espaço em seus dispositivos.

(Esquerda) Um exemplo de todos os recursos sendo entregues a um dispositivo por meio de um APK legado. (Direita) Um exemplo de Entrega Dinâmica que veicula exatamente o que é necessário para um dispositivo.
  • Recursos dinâmicos por meio do Android App Bundle: O Android App Bundle também permite a modularização para que você possa entregar recursos sob demanda, em vez de durante a instalação. Você pode criar módulos de recursos dinâmicos na versão mais recente do Android Studio canary. Participe do nosso programa beta para publicá-los na Google Play.
  • Google Play Console: Novos recursos e relatórios no Play Console ajudam você a melhorar o desempenho do seu aplicativo e expandir seus negócios. Leia sobre as melhorias ao painel, nas estatísticas, nos dados vitais do Android, no relatório de pré-lançamento, no relatório de aquisição e no painel de inscrições. Você também pode fazer o upload, testar e publicar aplicativos usando nosso novo formato de publicação, o Android App Bundle.
  • Google Play Instant: Após o lançamento em beta na GDC, hoje anunciamos que todos os desenvolvedores de jogos podem criar aplicativos instantâneos e estamos felizes em receber o Candy Crush Saga. O Google Play Instant está agora disponível em mais de 1 bilhão de dispositivos em todo o mundo a partir da Play Store, pesquisa, redes sociais e da maioria dos lugares em que você pode tocar em um link. Para tornar os aplicativos instantâneos mais fáceis de criar, estamos lançando um plug-in do Unity e uma integração beta com o criador do Cocos esta semana. Recentemente, começamos a testar a compatibilidade Google Play Instant com o Google AdWords, permitindo que as pessoas experimentem jogos diretamente de anúncios em todos os canais alcançados pelas campanhas da Universal App.

Envolvimento: trazendo os usuários de volta mais e mais

  • Slices: Slices são modelos de interface do usuário que exibem uma ampla variedade de conteúdo dinâmico e interativo do seu aplicativo, no Android e nas superfícies do Google. As Slices podem incluir dados em tempo real, conteúdo de rolagem, ações em linha e links diretos em seu aplicativo para que os usuários possam fazer tudo, desde tocar música até verificar atualizações de reservas. As Slices também podem conter controles interativos como fechos e cursores. Você pode começar a criar o Slices hoje e eles começarão a aparecer para os usuários em breve.

  • Actions – O Google Actions é um novo jeito tornar as capacidades e o conteúdo dos seus aplicativos mais acessíveis de uma forma em que as pessoas possam acessá-los facilmente no momento certo. O app Actions aparecerá baseado no uso e relevância, através de múltiplas superfícies Google e Android, tais como o app Google Search, o Play Store, o Google Assistant, e o Launcher. O app Actions estará disponível para todos os desenvolvedores experimentarem em breve. Por favor, inscreva-se aqui se você quiser ser notificado. Você também pode optar por construir uma Action Conversacional como uma experiência de acompanhamento para o seu app. Isso funciona em uma variedade de dispositivos com o Assistant habilitado, como os speakers e smart-displays. Ambos os tipos de Actions usam um novo catálogo em comum de objetivos.

Dispositivos mais inteligentes: uma plataforma poderosa para dispositivos IoT

  • Android Things 1.0: Android Things é o sistema operacional gerenciado pelo Google que permite que os desenvolvedores criem e mantenham dispositivos da Internet of Things em escala. No início deste ano na CES, anunciamos que a Lenovo, a Harman, a LG e a iHome estão construindo produtos habilitados para o Assistente alimentados pelo Android Things.

Depois de uma prévia do desenvolvedor com mais de 100.000 downloads e feedbacks de SDKs de mais de 10.000 desenvolvedores, anunciamos o Android Things 1.0. Quatro novos System-on-Modules (SoMs) agora são suportados na plataforma, com suporte de longo prazo garantido por três anos e opções adicionais para suporte estendido, facilitando a passagem de protótipos para produção. Para tornar o desenvolvimento de produtos mais perfeito do que nunca, o acompanhante Android Things Console também está pronto para produção. Ele ajuda os desenvolvedores a gerenciar e atualizar facilmente seus dispositivos com as últimas correções de estabilidade e atualizações de segurança fornecidas pela Google.

Para começar a usar o Android Things, visite nosso site de desenvolvedor e o novo Hub da Comunidade para explorar kits, código de amostra, projetos da comunidade e participar da Comunidade de Desenvolvedores de IoT do Google para se manter atualizado. Introduzimos um programa limitado para fazer parceria com a equipe do Android Things para orientação técnica e suporte ao desenvolvimento de seu produto. Se a sua empresa estiver interessada, inscreva-se no nosso Programa de Parceiros OEM.

Além de todos esses novos desenvolvimentos, estamos presentes em mais de 140 países, crescendo e expandindo a comunidade de desenvolvedores por meio de programas como o Women Techmakers e o Google Developer Groups (GDGs). Estamos investindo em programas de treinamento, como o Google Developers Certification, criando mais cursos por meio do Udacity e de outros parceiros para ajudar os desenvolvedores a aprofundarem suas capacidades técnicas.

Hoje, 225 membros do Programa para Agentes do Google Developers, de 50 agências em 15 países, são certificados pelo Android. Como parte do nosso programa de especialistas em desenvolvedores do Google, agora também temos mais de 90 especialistas desenvolvedores do Android em todo o mundo apoiando ativamente desenvolvedores, start-ups e empresas a criar e lançar aplicativos inovadores.

Também continuamos reconhecendo o excelente trabalho dos principais desenvolvedores de aplicativos e jogos. Este ano, realizamos nosso terceiro prêmio anual do Google Play. Os indicados representam algumas das melhores experiências disponíveis no Android, com ênfase na qualidade geral, design forte, desempenho técnico e inovação. Confira os vencedores e indicados.

Durante o Google I/O, os participantes e espectadores têm a oportunidade de mergulhar com 48 sessões de breakout do Android e do Google Play. Obrigado a todos pelo feedback maravilhoso, e por favor, continue nos dando seu conselho sobre onde devemos ir em seguida.

***

Este artigo é do Android Developers Blog. Ele foi escrito por Stephanie Cuthbertson. A tradução foi feita pela Redação iMasters com autorização. Você pode acessar o original em: https://android-developers.googleblog.com/2018/05/google-io-2018-whats-new-in-android.html

De 0 a 10, o quanto você recomendaria este artigo para um amigo?

 

Deixe um comentário! 0

leia mais
Este projeto é oferecido pelas empresas:
Este projeto é mantido pelas empresas:
Este projeto é apoiado pelas empresas: