Desenvolvimento

3 jul, 2014

Automação com Arduino: luzes e iluminação

100 visualizações
Publicidade

Bulb

Somos apaixonados por Arduinos e já apresentamos um artigo com 5 projetos de automação com Arduino. Agora é hora de se especializar e falar um pouco mais sobre projetos de automação com Arduino. Desta vez nosso foco será em projetos de iluminação com está incrível e versátil plataforma.

As possibilidade para integrar o Arduino em projetos dos mais variados tipos é limitada apenas pela sua criatividade. Utilize estes projetos para se inspirar e transformá-los em novas aplicações e não deixe de nos contar o que você criou e automatizou com seu Arduino.

Iluminação inteligente

Há um número incrível de utilidades para sistemas de iluminação inteligentes. Quando as luzes de sua casa tornam-se capazes de perceber e reagir ao seu entorno, elas também tornam-se mais úteis, mais econômicas e, claro, muito mais divertidas. Então, vamos lá… Vamos ver algumas possibilidades de como controlar a iluminação de sua casa ou escritório com estes incríveis projetos de automação com Arduino.

Controle remoto via smartphone Android

Esqueça interruptores e switches! Através de um sistema Arduino você pode acender e apagar as luzes da sua casa através do seu smartphone. Além do Arduino, você vai precisar de um smartphone Android, um Ethernet Shield e de um roteador wifi para montar este projeto. Funciona assim:

Um programa instalado em seu celular Android, que está conectado ao wifi de sua casa (desculpem, galera do iPhone), conecta-se a um pequeno webserver que está rodando dentro do Arduino. O Arduino, por sua vez, está conectado à rede através do Shield Ethernet e possui um sketch que implementa um servidor web bem simples. Esse servidor recebe comandos passados como parâmetros na URL da requisição. Cada comando liga ou desliga os LEDs que estão ligados às saídas do Arduino.

Assim, ao acionar os botões no app que está rodando no celular, o app envia requisições para o webserver que roda no Arduino através da rede com parâmetros que indicam a ação a ser realizada.

O projeto original controla alguns LEDs, mas você pode modificar o circuito para utilizar alguns relês e então controlar cargas de alta potência, como alguns circuitos de iluminação de sua casa. Uma das maneiras mais legais de desenvolver suas habilidades é fazendo este tipo de modificação em projetos que você já sabe como funcionam.

Veja detalhes do projeto, como o código fonte do app e do Arduino, no Instructables.

Iluminação com controle por voz

Que tal um sistema futurístico que obedece os seus comandos de voz para controlar a iluminação da sua casa? Isto também é possível! O Arduino teria muita dificuldade para fazer reconhecimento de voz sozinho, mas é para isto que existem os shields. Neste caso, existe um shield chamado EasyVR, que adiciona capacidades de reconhecimento de comandos de voz ao Arduino de maneira bem simples, flexível e divertida.

Combinando um Arduino com o EasyVR você poderá usar comandos de voz para comandar sua casa! Veja como fazer isto neste vídeo.

Luzes automáticas

Como vimos, o Arduino pode receber as ordens de acender ou apagar as luzes de sua casa de várias maneiras. Mas que tal pensarmos em automação de verdade e deixar que ele tome a decisão de quando acender ou apagar as luzes. Utilizando sensores que podem ser facilmente adicionados a um projeto Arduino, podemos criar regras baseadas em alterações do ambiente para que o Arduino decida o que fazer com a iluminação.

Neste projeto podemos ver como uma simples fotocélula (um sensor de luminosidade) pode ser usado para controlar um LED. Usando esta lógica, é possível criar um sistema que acende ou apaga as luzes que você preferir, à medida que o sol vai embora.

Se você quiser saber a intensidade da luz no seu ambiente, pode usar um programa simples para medir e mostrar esta informação no seu computador com este sketch.

Se o seu sistema não está perto de uma janela ou fonte de luz natural, não se preocupe. Você pode integrar o seu projeto com um relógio astronômico. Assim, sabendo a sua posição no planeta, o sistema automatizado consegue calcular exatamente quando o Sol nasce e se põe em qualquer época do ano, reagindo de acordo! É incrível e ainda pode ser uma boa maneira de economizar energia.

Escadas muito mais seguras

Quem nunca teve problemas em se locomover quando o ambiente não esta devidamente iluminado? E se o caso é subir ou descer escadas o problema é ainda maior. Que tal fazer com que os degraus de sua escada se iluminem assim que alguém começa a subir ou a descer, e que se apaguem sozinhos depois algum tempo?

Um Arduino pode fazer isto e muito mais! O que você precisará é de uma maneira para detectar que alguém pisou no degrau. Isto pode ser feito com um para de transmissores e receptores de infravermelho colocados no começo e no fim da escada. Ao pisar no primeiro degrau, a pessoa irá interromper o fluxo de luz entre o LED infravermelho e o receptor, ativando o circuito. Em seguida, ele pode acender a luz, ou mesmo uma fita de LEDs coloridos. Quando a pessoa passar pelo último degrau o circuito deve aguardar alguns segundos e desligar tudo. Nesta página você encontra instruções para o hardware e software de um projeto que faz mais ou menos isto.

Como podemos ver, as possibilidades são limitadas apenas à sua imaginação! Mesmo itens tão banais quanto lâmpadas e LEDs tornam-se infinitamente interessantes quando controlados por um Arduino ou conectados a rede.

E você? O que vai fazer? Conte para a gente, nos comentários!