Faltam apenas

O que é Governança Corporativa?

PorCícero Lopes em

Caro leitor, dada à importância
crescente da Tecnologia da Informação
nas empresas, torna-se cada vez mais necessário se ter
uma Governança de TI eficaz que garanta a criação
de valor de TI para os negócios da empresa. Na realidade,
a Governança de TI propõe não somente a
criação de valor de TI, mas também a sua
preservação.

Partindo desta definição e necessidade do mercado
atual seja de TI ou corporativo, uma vez que toda a empresa bem
estruturada e definida é sustentada pela Tecnologia. Não
há gestão eficaz do negócio sem informações
em tempo real, sólidas e que tenham valor, para que o
corpo diretivo possa ter subsídios para a tomada de decisão.

Atualmente
existem vários jargões de TI, como
Governança Empresarial, Governança Corporativa
e Governança de TI, em todos estes pouco se sabe na sua
real essência o objetivo de cada frente ou iniciativa de
organização corporativa. Desta forma neste e nós
próximos artigos procurarei abordar o assunto Governança
de TI em especifico, objetivando a sua definição,
os conceitos e como aplica – lá na prática.

Acredito
que como eu, muitos de vocês leitores procuram
conhecer mais sobre este assunto, mas se deparam sempre com teorias,
conceitos mal definidos, ou interpretação errônea
das metodologias que suportam a Governança de TI.

Para
este primeiro artigo irei explicar “O que é Governança
Corporativa?”.

Então vamos lá.

O que é Governança?

Antes
de entendermos o que é Governança de TI,
devemos tratar da questão mais ampla da governança
corporativa nas empresas. A governança corporativa tornou-se
um tema dominante nos negócios devido a safra de escândalos
corporativos em meados de 2002 – Enron, Worldcom e Tyco,
para citar apenas algumas. O interesse na governança coporativa
não é novo, mas a gravidade dos impactos financeiros
das fraudes executadas pelas empresas já citadas, abalou
a confiança dos investidores. A crise de confiança
do setor corporativo contribuiu para a pressão descendente
nos preços das ações, estimulando assim
as empresas a tomarem uma atitude para contornar esta situação.

Uma
boa governança corporativa é importante para
os investidores profissionais. Grandes instituições
atribuem à governança corporativa o mesmo peso
que aos indicadores financeiros quando avaliam decisões
de investimento. Estudos comprovam que investidores profissionais
se dispõem até mesmo a pagar um grande ágio
para investir em empresas com altos padrões de governança.
Em sua essência a governança corporativa tem como
principal objetivo recuperar e garantir a confiabilidade em uma
determinada empresa para os seus acionistas. Tarefa esta difícil,
pois como na vida real, a confiança uma vez abalada, demora-se
para se recuperar a confiabilidade em uma determinada pessoa.
Assim também é com as empresas!

Para que haja aderência ao negócio e sua estratégia é citada
seis ativos principais. Os elementos essenciais de cada ativo
incluem:

  • Ativos humanos: pessoas, habilidades,
    planos de carreira, treinamento, relatório, mentoring,
    competências etc.
  • Ativos financeiros: dinheiro, investimentos,
    passivo, fluxo de caixa, contas a receber etc.
  • Ativos físicos: prédios,
    fábricas, equipamentos, manutenção, segurança,
    utilização etc.
  • Ativos de PI: Propriedade Intelectual
    (PI), incluindo o know-how de produtos, serviços e processos
    devidamente patenteado, registrando ou embutindo nas pessoas
    e nos sistemas da empresa.
  • Ativos de informação e TI: dados
    digitalizados, informações e conhecimentos sobre
    clientes, desempenho de processos, finanças, sistemas
    de informação e assim por diante.
  • Ativos de relacionamento: relacionamentos
    dentro da empresa, bem como relacionamentos, marca e reputação
    junto a clientes, fornecedores, unidades de negócio, órgãos
    reguladores, concorrentes, revendas autorizadas etc.

A governança destes ativos ocorre por meio de um grande
número de mecanismos organizacionais (por exemplo, estruturas,
processos, comitês, procedimentos e auditorias). A maturidade
na governança desses ativos varia significativamente na
maioria das empresas de hoje, com os ativos financeiros e físicos
sendo tipicamente os mais bem governados, e os ativos de informação
figurando entre os piores.

Controlar e monitorar estes ativos não é tarefa
fácil, e necessita de uma forte receptividade da direção
de sua empresa. Dentro de todos estes se destaca os “Ativos
de informação e TI”, uma vez que as informações
disponibilizadas pela tecnologia da informação
sustentarão a sua empresa, pois todos os controles, processos,
procedimentos e métricas partirão de TI.

É aí que entra a Governança
de TI!

Espero todos no próximo artigo, onde explicarei
o conceito de “Governança de TI”.

Um Abraço.

Deixe um comentário! 23

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

    1. O conselho administrativo de uma empresa tem uma função essencial, principalmente em tempos de instabilidade financeira: dar credibilidade à gestão empresarial. O Conselho Administrativo existe em grandes empresas, normalmente S.A´s. Cabe ao Conselho Administrativo fiscalizar o trabalho da Diretoria da empresa, fixar metas a serem alcançadas, traçar estratégias, e nomear os membros da Diretoria.

      Caso necessite de mais informações, me envie um e-mail para que eu possa compartilhar “papers” que esclarecem com mais detalhe este tema.

      Um abraço, Cícero Lopes

  1. Gostei muito, mas ainda está confuso para mim esta matéria, preciso fazer um trabalho de governança corporativa com o tema “gestão”, você tem alguma coisa sobre este tema?

    Abraços

    Greici

  2. Típico texto da área de administração: confuso. Promete explicar um conceito, não o explica e ainda o associa a muitos outros carente de conceituação. Não é à toa que as pessoas lêem e ficam sem entender.

    1. Estimado Luiz Guilherme, agradeço pelos seus comentários, no qual os respeito e os tomarei em conta. O artigo tem por objetivo realizar uma introdução ao tema Governança Corporativo fazendo com que pessoas que nunca escutaram sobre o tema tenham uma idéia sobre ele. Ficaria grato com as suas sugestoes para que os artigo fiquem melhores e mais claros. Um abraço, Cícero Lopes

  3. Ótimo artigo. Conseguiste despertar o interesse sobre o assunto, que é palpitante e que não se esgota tão facilmente.
    Antes do conhecimento da realidade da empresa pelos stakeholders externos, é preocupante a falta do conhecimento das informações gerenciais pelos próprios Administradores, em poder das “ilhas de conhecimento” existentes nas companhias fechadas.
    Obrigado Cícero Lopes.

    1. Estimado Celso, muito obrigado pelo seu comentário. Espero ter contribuído de alguma forma, esclarecendo de forma resumida a Governança Corporativa. Felizmente muitas empresas despertaram o interesse sobre o tema e estão investindo tempo e dinheiro no futuro da Gestão de suas empresas, tendo como base os principios da Governança Corporativa. Caso necessite de mais informações, não dúvida em me informar. Um abraço, Cícero Lopes

  4. Excelene síntese. Embora o conceito de Governça Corporativa, como tudo que se sucede no Brasil, tenha sido transformado em produto esotérico, de conhecimento apenas dos iniciados, posto que todo o espectro desta ferramentta gerencial tenha sido abarcada como propriedade intelecutal da Fundação Dom Cabral que a mistificou; vejo com bons olhos a sua profanação e utilização por todas as empresas, independentemente do seu porte ou de sua constituição jurídica. Parabéns.

  5. Inicialmente entendi. Sou pós-graduanda em pedagogia empresarial e vou apresentar um trabalho sobre governança corporativa. Preciso de mais informações para o desenvolvimento do mesmo. Pode enviar enviar-me algo mais? Um forte abraço.

    1. Olá Ivete!
      Estou iniciando agora um curso de ADM à distância. Ouço muito falar sobre mundo corporativo, ambiente corpotarivo, empresas corporativa… Vc pode me explicar o que significa o termo?
      Obrigada!

  6. Prezado Amigo

    Gostaria de saber mais a fundo sobre pratica e codigos da gestaõ corporativa,isso para apresentação de seminário.

    Desde já a familia comovida agradece
    Um grande abraço

    FRANCISCO

  7. Eu achei a resposta muito enrolada, nada objetiva. Eu gostaria que fosse uma resposta curta , clara e didática. O que é governança corporativa ? Eu li o que foi escrito e não sei. O artigo fala em governança corporativa e responde como se a pergunta fosse sobre TI (Tecnologia da Informação). Sinceramente o autor até pode saber o que é governança corporativa, mas para explicar ele não é eficaz.

  8. Cícero Lopes . Quero te agradecer, pois precisava fazer um trabalho de TI e foi muito bom o que encontrei no seu texto, mencionei o site e a autoría e indiquei a amigos. Um forte abraço e parabéns pra você. Até..

  9. Olá adorei a materia … Gostaria que vcs mim enviassem uma materia que fala sobre Governanca Corporativa no geral,pois tenho um Artigo Cientifico pra fazer sobre esse assunto e não sei como abordar o assunto … Desde já agradeço … Bjs Raquel Gomes …

  10. Olá Cicero
    Acabei de tomar conhecimento da sua pagina. Estou pesquisando sobre Governança corporativa, nesse primeiro momento, não li/absorvi todo o conteúdo da pagina mas me senti motivada a escrever buscando informação sobre o escandalo de 1990, você cita o de 2002. Se tiver alguma informação me envie.
    Obrigada
    Cris

  11. ótima matéria,
    tenho ´dúvidas:
    -o conselho de administração fiscaliza a direção da empresa?
    – governança corporativa é uma prática ou uma estrutura organizacional?
    – em que constesto a governança corporativa entra no organograma da empresa ?

    abraços

  12. Boa noite!, estou fazendo uma pós graduação, e o professor pediu para fazermos um trabalho sobre Governança Corporativa, lí bastante sobre o assuntos, mas não ficou muito claro, gostaria se possivel receber algum material que eu possa me basear sobre o tema. obrigado.
    Sergio Henrique – imail: sergiosantuzzi@oi.com.br

  13. Boa Tarde! estou començando um projeto de pesquisa na área de governança corporativa, lí alguns artigos sobre o assunto, mais ainda tenho algumas dúvidas.
    Seria possível me encaminhar alguns materias que trata sobre o assunto?
    Muito Obrigada!

    Patrícia Gomes

leia mais