B2B, B2C, B2G: entendendo a sopa de letras

PorPaulo Rodrigo em

Caros amigos! Hoje veremos algumas siglas que toda
hora fazem parte das notícias de e-commerce e e-business
e não são claras para todos. Se tiver alguma dúvida
ou sugestão, faça um comentário ou envie
um e-mail. E lá vamos nós!

De onde surgiu o B2B

A internet quebrou diversos paradigmas em nossas
vidas. E com as empresas não foi diferente. Quem imaginaria
um substituto para um memorando interno batido à máquina?
Surgiu o e-mail que ainda disponibilizou diversas vantagens a
mais. As áreas de vendas, estoque, tratamento de clientes
e outras estão informatizadas e podem ser consultadas em
tempo real e pela internet.

Como conseqüência disto, nasceram vários
termos e siglas relacionados as transações online.
B2B, B2C, C2C e outros termos da nova economia surgem para suprir
este cenário. Para entendermos esta sopa de letras, seguem
alguns termos e suas definições.

A sopa de letras

B2B (Business to
Business)

São as transações de comércio
entre empresas. Uma empresa vendendo para outra empresa é
B2B. É a sigla mais famosa e acaba representado todos as
outras abaixo quando generalizada. Um exemplo é a venda
material de escritório para empresas ou a compra de insumos
para a produção de bens.

B2C (Business to
Consumer)
É o comércio entre a empresa e o
consumidor. Este é o mais comum. Um exemplo próximo
é a http://loja.imasters.com.br, o iMasters SHOP ou a mais
famosa Amazon.

C2C (Consumer to
Consumer)
Este é o comércio entre consumidores.
Ele é intermediado normalmente por uma empresa (o dono
do site). O exemplo são os sites de leilão como
o Ebay ou classificados.

B2G (Business to
Governement)
São as transações entre empresa
e governo. Os exemplos comuns de B2G são licitações
e compras de fornecedores.

B2E (Business-to-Employee)
Normalmente relacionado aos portais (intranets)
que atendem aos funcionários. Tem por objetivo de ser uma
área central de relacionamento com a empresa. Através
dele os funcionários podem, por exemplo, pedir material
para sua área, gerir todos os seus benefício ou
até utilizar processos de gestão dos funcionários
(faltas, avaliações, inscrições em
treinamentos…).

Ainda existem as siglas invertidas como G2B e C2B
que representam a inversão de quem vende e quem compra
e variações como E2E e G2G que completam os relacionamentos
possíveis.

Conclusão

A internet e as tecnologias da informação
transformaram profundamente as empresas. A concorrência
entre grandes empresas faz com que elas deixem de ser diferenciais
para serem requisitos obrigatórios para a sobrevivência.

– Quem faz o profissional é você.

Sucesso e até a próxima pessoAll.

Mensagem do anunciante:

API para boleto e carnê registrado. Tarifa e prazo personalizados. Saiba mais.

Deixe um comentário! 27

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

  1. Adorei o comentario da sopas de letras,gostaria que me indicassem um autor que fale mais sobre este assunto,pois estou focando meu artigo de administração neste assunto. muito obrigado. carmem

    1. Cara colega.

      Tenho para recomendar o livro B2B GESTÃO DE MARKETING EM MERCADORIAS INDUSTRIAIS E ORGANIZACIONAIS, este livro deve estar na 7º edição, autor Hutt, D. Maciel; Speh, W. Thomas. Concerteza neste livro vias encontrar material importante para enriquecimento de teu trabalho.
      Um abraço.

      Flademir Jorge

    1. Para as pessoas que estão pedindo indicações de sites, eu particularmente gosto muito do B2Brazil. O portal B2Brazil.com é um portal B2B aproxima clientes internacionais de micro e pequenas empresas brasileiras que desejam comprar ou vender.

  2. Existe o conceito dado para esta sopa de letras, porem o que ha’ de novo no enunciado? Eh apenas para nominar os tipos de relacoes, ou surgiram gracas ao advento das transacoes diretas pela Web? tem que haver o recurso e a presenca de acoes on line, em tempo real ?

  3. muito usado, só para ter uma idéia, venho do segmento de serviços por mais de 20 anos, agora no segmento empresa, tive que recorrer a informação pois uso diariamente.

  4. Olá, gostaria de saber que modulo é usado para sites de representantes.
    onde a pessoa faz um cadastro com todas as informacoes pessoais.
    e as empresas fazem seus anuncios.

    onde todos podem procurar um ao outro para fazer contato.

    abraço

  5. Adorei…
    Gostaria de ter mais innformacoes sobre esse assunto…
    Preciso fazer um trabalho com o tema comercio e transacoes eletetronicas.. abordando essas transacoes q vc citou..
    Poderia me ajudar?
    Obrigada!!!

  6. Marcia
    Muito boa suas explicacoes, agora fico mais esperta quando discuto sobre Marketing.
    Gostaria de saber qual nome do altor de livro que enclui explicacaes de Marketing de servico e produto e onde encontrar.Obrigado.

  7. Apenas para registro. A expressão B-to-B surgiu nos Estados Unidos na década de 70. Em 1986 foi criada a agência com a denominação B2B em São Paulo. Seus diretores e proprietários eram Karol Sapiro e José Carlos Stabel.

  8. Seria ótimo se vc conseguisse apresentar realmente de onde veio tudo isso, não é?
    Já que “Como conseqüência disto, nasceram vários termos e siglas…” pode servir para bate papo coloquial, mas academicamente…me desculpe. Não tem valor.

  9. Para as pessoas que estão pedindo indicações de sites, eu particularmente gosto muito do B2Brazil. O portal B2Brazil.com é um portal B2B aproxima clientes internacionais de micro e pequenas empresas brasileiras que desejam comprar ou vender.

  10. EU SINCERAMENTE, NÃO VEJO NO QUE ACRESCENTOU ESSAS SIGLAS, QUANTO AO FATURAMENTO DAS EMPRESAS. PRA MIM, EXISTE UM GRANDE OPORTUNISTA QUE NÃO ENTENDE NADA DE VENDAS, E FICOU SOMENTE, ENCHENDO LINGUIÇA COM ESSA SOPA DE LETRAS, PARA TIRAR DE CENA, O GRANDE PROFISSIONAL DE VENDAS DE CAMPO!!!….SEM CRIATIVIDADE!!!…

  11. Vendo certos comentários, que injustiça ai com o amigo Paulo. O que ele fez foi registrar o que essas siglas significam, simples e pronto, quem entendeu, elogiou. Agora se você quer um trabalho de monografia explicando o comércio, me desculpe, faça você mesmo, crie um blog e post o conteúdo, quem sabe você não receba alguns comentários… e pelo visto temos um vendedor de porta a porta revoltado ai…vlw Paulo, conteudo simples, direto como eu esperava. Obrigado!

leia mais