/Banco de dados

voltar
/Banco de dados

Utilizando hibernate JPA no desenvolvimento em Java + MySQL

PorCamilo Lopes em

Olá,
pessoal!

Hoje veremos
o uso de Hibernate com JPA, ou seja, sem o uso de JSF ou qualquer
outro front-end. Vamos criar a nossa velha classe Java com o método
main e armazenar as informações em um BD (MySql). Então se você
deseja dar os primeiros passos usando os frameworks Hibernate + JPA
para persistência de dados, a hora chegou!

Let’s go..

Atenção:
Não apresentarei como criar um DB ou configurar o Hibernate no
Eclipse. Vou considerar que você já tem um ambiente de
desenvolvimento pronto para entrar em ação.

Dados do
DataBase:

  • Crie um
    DataBase (usarei uma chamada “livraria”)
  • Crie
    uma tabela (usarei uma tabela com o nome “camilo” )
  • Dados
    da tabela: id(auto_increment), nome(varchar), cidade(varchar)

Preparação
do projeto

Crie um
Java Project no Eclipse com o nome que achar conveniente.

Adicione
os arquivos .jars do mysql, hibernate + JPA ao projeto.

Clique com o
botão direito no projeto escolha Properties
e depois clique em JavaBuild. Na tela que aparecer, clique em Add
external jars (caso não tenha
uma Library para os
.jars).

Agora
crie uma estrutura de packages conforme a imagem acima.

Desenvolvimento/Teste

Agora crie uma classe Java com nome de Pessoa no package br.com.bean.

package br.com.bean;
/*se os arquivos .jars nao estiver no projeto
* nao será possivel encontrar os imports
*/
import javax.persistence.Entity;
import javax.persistence.Id;
import javax.persistence.Table;
@Entity
@Table(name="camilo")
public class Pessoa {

private String nome;
private String cidade;
@Id
int id;
public String getNome() {
return nome;
}
public void setNome(String nome) {
this.nome = nome;
}
public String getCidade() {
return cidade;
}
public void setCidade(String cidade) {
this.cidade = cidade;
}
public int getId() {
return id;
}
public void setId(int id) {
this.id = id;
}
}

Crie
uma classe ConexaoHibert.java no package br.com.conexao.

private static final SessionFactory sessionFactory;
private static final ThreadLocal<Session> threadLocal =
new ThreadLocal<Session>();
/* observe o que temos de importante
* nesse bloco static, o arquivo
* que possui os dados de conexao com
* o banco de dados hibernateconfig.xml
*/
static{
try{
sessionFactory = new AnnotationConfiguration().
configure("hibernateconfig.xml")
.buildSessionFactory();

}catch (Throwable e) {
throw new ExceptionInInitializerError(e);
}
}
//retorna uma sessao de comunicacao com o BD
public static Session getInstance(){
Session session = (Session) threadLocal.get();
session = sessionFactory.openSession();
threadLocal.set(session);
return session;
}

Crie
uma class PessoaDAO no package br.com.hibernatedao.

package br.com.hibernatedao;

import org.hibernate.Session;
import org.hibernate.Transaction;

import br.com.bean.Pessoa;
import br.com.conexao.ConexaoHibert;

public class PessoaDAO {
private Session session;

public void Salvar(Pessoa p){
//obtem uma sessao
session = ConexaoHibert.getInstance();
Transaction tx = null; //permite transacao com o BD

try{
tx = session.beginTransaction();
session.save(p);
tx.commit();//faz a transacao
}catch (Exception e) {
e.printStackTrace();
//cancela a transcao em caso de falha
tx.rollback();
}finally{
session.close();
}}}

Agora
crie uma arquivo .xml conforme o código abaixo:

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<!DOCTYPE hibernate-configuration PUBLIC "-//Hibernate/Hibernate Configuration DTD 3.0//EN"
"http://hibernate.sourceforge.net/hibernate-configuration-3.0.dtd">
<hibernate-configuration>
<session-factory name="">
<property name="hibernate.connection.driver_class">org.gjt.mm.mysql.Driver</property>
<property name="hibernate.connection.url">jdbc:mysql://localhost/livraria</property>
<property name="hibernate.connection.username">camilo</property>
<property name="hibernate.connection.password">123</property>
<mapping class="br.com.bean.Pessoa"/>
</session-factory>
</hibernate-configuration>

Fique atento aos nomes usado na classe Pessoa.java para fazer
anotação. Veja que eu tenho o nome da tabela no BD diferente do
nome da minha classe Java (fiz de propósito). Então, somos
obrigados a definir o name da tabela, caso contrário, a JPA vai
considerar o nome da classe.

Agora crie uma classe no package br.com.teste com o nome de
PessoaTest.java.

package br.com.teste;

import br.com.bean.Pessoa;
import br.com.hibernatedao.PessoaDAO;

public class PessoaTest {

/**
* @param args
*/
public static void main(String[] args) {
Pessoa p = new Pessoa();
p.setNome("mel");
p.setCidade("Salvador");
PessoaDAO pdao = new PessoaDAO();
pdao.Salvar(p); }}

Salve
e execute a classe PessoaTest.java e verifique se os dados foram
inseridos no BD.

Pronto! Bem simples, não? E menos cansativo que usar o velho padrão
DAO com JDBC. Espero que tenham gostado! Abraços e até o próximo.

Deixe um comentário! 4

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

  1. Carlos vai você seu otário… ao invés de falar dos outros.. deixa o kara fazer o papel dele e vc cuide do que for de seu interesse … não contra!

  2. Prezado Carlos,

    o tal “cara” que você reclama, é Camilo Lopes, um dos nomes mais respeitados do Brasil na plataforma Java.

    Você ainda quer outro? Pense melhor…

leia mais