/Marketing Digital

voltar
/Marketing Digital

Quando um fã se engaja…

PorFelipe Morais em

Há alguns anos, diria
mais precisamente em 2004, uma ferramenta que surgiu dentro do Google iria
mudar a forma como as pessoas e marcas iriam se relacionar. O nome dessa
ferramenta: Orkut. Se você não está lá, saiba que cerca de 28 milhões de
brasileiros estão, e mesmo com o mega sucesso do Facebook, o Orkut ainda reina
aqui no Brasil.

As redes sociais, e
acima citamos as duas principais no Brasil (em tempo, Twitter não é rede social)
transformou a comunicação digital. Antes, as pessoas apenas liam os sites. Hoje,
elas conversam com as marcas via redes como “eu amo a marca X”, por exemplo. As
marcas que ainda não acreditam nas redes precisam começar a se atualizar, pois
a velha frase ainda é verdadeira: “se você não quer entrar nas redes, abra os
olhos, pois a sua marca está lá”. Se não foi um funcionário da empresa, com
certeza foi um fã. E quando um fã se engaja, acontece cada coisa…

Vamos ver um case
falado no último Mixx 2010, evento que aconteceu na última semana de Setembro
(2010). É o case da fan page (página criada por fãs no Facebook) da Coca-Cola
no Facebook. Em resumo (e vou contar o case aqui), essa fan page é mais acessada
que a própria página da Coca-Cola! E para quem acha que foi o marketing da
empresa que criou essa página… bom, vamos ver.

Dusty Sorg, um ator
que mora em Los Angeles e seu amigo Michael Jedrzejewski são membros do
Facebook há algum tempo. Um dia, viu que seu refrigerante favorito (e admito
que é o meu também) não tinha uma página na maior rede social do mundo, o
Facebook. Na verdade tinha, mas nenhuma – opinião da dupla – que “parecesse
oficial”. A dupla então criou a página e, claro, chamou os amigos para pertencer
a comunidade. Até aí, nenhuma novidade, pois de 10 a cada 10 comunidades criadas
começam assim: cria-se a página e convida os amigos, esperando que esses
convidem amigos, amigos, amigos…

Quando eu criei a
página voltada a Planners Digitais (www.pedigital.ning.com), fiz a mesma coisa. Montei, convidei amigos
planners, esses foram passando para outros, fui divulgando no Twitter,
Facebook, Orkut, LinkedIn e hoje já tem 577 membros.

No caso do Facebook,
em poucos meses a página da Coca-Cola já tinha 1,2 milhão de pessoas e, um ano depois, já
tinha 3,3 milhões de fãs. Atualmente, mais de 14,2 milhões de pessoas “curtiram”
a página. Apenas o Barack Obama tem mais fãs que a Coca-Cola no Facebook. E olha que o trabalho e o investimento de mídia que Obama fez usando as redes foi
infinitamente maior do que a dupla Sorg e Jedrzejewski fez para a famosa marca de refrigerante. Ou seja, podemos ver
aqui um verdadeiro caso de engajamento: pessoas que se tornam fãs da marca e se
tornam advogados, defendendo e agregando mais pessoas a causa. Isso é um ganho
excepcional para a marca! 

Baseado na teoria
80/20, na qual 80% do que acreditamos vêm do que as pessoas dizem para nós e apenas
20% do que a mídia diz, podemos entender que um post na página do Facebook da
Coca-Cola é mais relevante para o consumidor do que um artigo escrito no site
da própria marca! E detalhe, essa página do Facebook não é de propriedade da
marca, e sim de Sorg e Jedrzejewski. O próprio diretor de marketing interativo
mundial da marca, Michael Donnell, dá parabéns à dupla e diz, que em sua
opinião, a escolha de uma imagem de uma lata em alta qualidade e de forma
“refrescante” pode ser um dos segredos.

Claro que a força da
marca Coca-Cola ajuda no engajamento, assim como o sucesso dessa página fez
com que a mídia divulgasse sobre o produto, o que gerou mais interesse
ainda. Uma matéria que saía em um site de credibilidade (como este) é uma ajuda
potencial para o sucesso, pois tendemos a acreditar que uma matéria tem menos
caráter de venda do que uma publicidade.

As redes sociais
estão aí. Engajar o consumidor é a melhor forma de fazer sua marca ser um
sucesso nas redes. Por isso, quando for planejar uma ação nas mídias sociais,
que seja de forma planejada e pensando no engajamento. Tenha a Coca-Cola como
benchmark sempre!

Deixe um comentário! 1

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais