/Marketing Digital

voltar
/Marketing Digital

O que todo anunciante do Google AdWords deve saber

PorRoberto de Jesus Oliveira em

O AdWords é um serviço do Google
que fornece anúncios em forma de links nos sites de busca relacionados às
palavras-chave que o seu futuro cliente está procurando. É um modo de
publicidade baseada no sistema de custo por clique (CPC). Os anúncios do
AdWords são exibidos juntamente com os resultados de pesquisa no Google.

No AdWords você define o CPC
Máximo que deseja pagar por uma visita gerada pela palavra-chave, porém o CPC Real
é definido como R$ 0,01 acima  do mínimo necessário para manter a
posição do seu anúncio. Por exemplo: se você definiu o CPC máximo R$ 0,60 e o
próximo anunciante definiu como R$ 0,40, então o Google irá cobrar R$ 0,41 quando alguém clicar no seu anúncio.

Existe também a possibilidade de
pagar por CPC Médio, ao invés do CPC Máximo padrão.

O Google prioriza os anúncios com conteúdo à busca realizada, o que evita que algumas
empresas comprem links em áreas não relacionadas ao seu ramo de atividade.

O índice de qualidade é o que
determina se aquela palavra-chave, se pesquisada, retornará o seu anúncio e em
qual posição. Em uma loja virtual, isso pode significar mais clientes, como falei no artigo “Como aumentar o ticket médio de sua loja virtual”

Sua posição no anúncio é igual ao
produto do CPC que você está disposto a gastar por aquela palavra, multiplicado
pelo índice de qualidade da palavra:

CPC da
palavra X Índice de Qualidade = AdRank

Esse índice não é fixo, pelo
contrário: é dinâmico e calculado com a média de quatro fatores: CTR médio, histórico da sua conta, relevância da palavra-chave com o texto do anúncio e qualidade da página
de destino.

Você percebeu que os anúncios não
são distribuídos por um sistema de leilão direto, onde aquele que oferece mais
aparece na frente. Esse sistema cria disparidades, pois sites sem relevância
podem aparecer como anúncios relacionados ao assunto pesquisado, quando na
verdade não o são. Hoje, quem está disposto a fazer um bom trabalho e não
possui um orçamento tão grande para a campanha pode ainda figurar entre os
cinco primeiros links patrocinados.

Existe uma diferença entre o
índice de qualidade na rede de pesquisa e o índice na rede de conteúdo, observe abaixo:

  Rede de pesquisa Rede de conteúdo
CTR Médio 60% 0
Histórico da conta 10% 20%
Qualidade da página de destino 10% 20%
Relevância da palavra-chave em relação
ao anuncio
10% 50%
Desempenho dos anúncios na região
geográfica escolhida
5% 5%
Outros 5% 5%

 Essas porcentagens são
estimativas minhas e baseadas em estudos.

Agora
vamos ver como melhorar o Índice de Qualidade na Rede de Pesquisa – IQRP

  1. O
    valor que você está disposto a pagar influencia bastante na posição do seu
    anúncio. Então, antes de fazer a campanha, utilize a ferramenta “Google AdWords Keyword
    Tool”; ela te dará o valor do CPC médio das melhores palavras-chave
    relacionadas ao seu serviço ou produto. Com essa informação em mãos, faça um
    planejamento de acordo com o seu budget.
  2. Outra
    ferramenta importante disponível são as “palavras-chave negativas”. Elas são
    uma maneira eficiente de filtrar o tráfego para garantir que seus anúncios
    sejam exibidos somente para pesquisas relevantes. Filtrando as impressões
    indesejadas, as palavras-chave negativas podem ajudar a alcançar os clientes
    certos para o seu negócio, reduzir os custos e aumentar o retorno do
    investimento. Algumas palavras-chave negativas podem ser adicionadas na
    campanha e evitar que o anúncio seja exibido. Aqui vai uma pequena lista com termos
    negativos: grátis, gratis, gratuita, gratuito, apostila, pdf, e
    outros mais que não trazem um retorno favorável.
  3. E
    a última dica vai para a página de destino, que tem que prender a atenção do
    visitante o maior tempo possível, coletar dados e fazê-lo querer navegar mais
    profundamente no site até comprar o seu produto/serviço. No início de cada
    campanha, o Google analisa a fundo essas visitas e vai te dando notas, se os
    primeiros visitantes entram na página e logo saem, se seu site é considerado de
    baixa relevância e qualidade e sua posição vai caindo até sumir, aí não adianta
    subir o CPC porque você vai gastar tudo e não ter retorno nenhum.

Conclusão

O
cálculo exato do índice de qualidade ainda é um segredo muito bem guardado,
assim como é o algoritmo de busca orgânica do Google. Embora não seja possível
descobrir todos os fatores relevantes para otimizar uma campanha, é possível
extrair o suficiente para compreender e fazer o sistema trabalhar para você. Quem
entender melhor o índice de qualidade estará
em uma posição muito melhor para obter mais de sua publicidade no AdWords e
gastar muito menos do que os aventureiros de primeira viagem. O mercado brasileiro conta com muitos consultores especializados e vale a pena procurá-los, ao invés de querer fazer “com qualquer um”. No
final, sai mais barato e os resultados acontecem, e você demonstra cuidado com sua marca digital.

Compartilhe este artigo com outras pessoas e comente,  boa sorte!

Deixe um comentário! 1

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais