/Design

voltar
/Design

Fakeosity: Lightring

PorFilipe Deschamps em

Olá pessoal! Como estão os estudos? Bom, nesta matéria veremos como utilizar a técnica Lightring para iluminar uma cena.

O princípio entre o Skydome e Lightring é o mesmo, criar uma iluminação difusa. Na minha opinião, o Lightring traz resultados melhores, porém é um pouco mais pesado na renderização.

Utilizando os mesmos conhecimentos absorvidos na matéria passada, vou ser um pouco mais breve nas explicações.

O cenário de estudo será um plane e um objeto em cima dele:

1) Na viewport Top, crie uma omni como na figura abaixo e alinhe o seu ponto pivô no centro do cenário.

2) Utilize a ferramenta ‘Array’ da mesma forma quando criamos o Skydome, rotacione 360 sobre o eixo Z (em relação ao cenário) instâncias desta omni. Para este exemplo, utilizei 5 instâncias. Isto criou um anel com 5 pontos de iluminação.

3) O objetivo agora é multiplicar este anel verticalmente, assim teremos um tubo de luz constituido por omnis em forma de anéis e o cenário ficará no meio deste tubo.
Para fazermos isto facilmente, utilizaremos novamente o Array.

. Selecione todas as omnis.
. Ative a viewport Top.
. Abra a ferramenta Array.
. ‘Move’: coloque 20 unidades para o eixo Z na forma ‘Incremental’.
. ‘Rotate’: também utilize a forma ‘Incremental’ e coloque um valor mais irregular, como por exemplo ’31’. A cada cópia criada, o Array irá mover a omni 31º, isto criará uma sequência de aneis irregulares.
. ‘Type of Object’: Instance.
. ‘Array Dimensions’: 1D – 20 unidades. Lembre-se que estes valores podem ser diferentes dependendo das dimensões utilizadas no seu cenário.

Veja abaixo a tela do Array:

Clicando no botão OK, você deverá ter um tudo de omnis parecido com este:

4) Selecione as omnis e mova todas elas um pouco para baixo, passando dos limites inferiores da grade. Isto irá iluminar um pouco os objetos por baixo. Uma dica para facilitar a seleção das omnis é acessar o painel ‘Select Objects’ (tecla de atalho ‘H’). Neste painel, procure pelo grupo ‘List Types’ e apenas marque a opção ‘Lights’, listanto então apenas as luzes.

5) Reduza consideravelmente o multiplier das omnis. Para a renderização abaixo utilize um multiplier de 0,03:

6) Finalize a cena criando a luz principal com uma intensidade maior e projetando sombras.

Mas a grande sacada de utilizarmos o lightring é a facilidade para criarmos grupos de luzes com cores diferentes. Assim podemos enriquecer a iluminação do cenário com cores novas e como estão dispostas no anél de forma randômica, será quebrado um pouco uma aparência “retilínea” na iluminação.

É isso ai pessoal. Um grande abraço e até a próxima matéria!

Deixe um comentário! 1

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

  1. Sr. Deschamps, gostaria de saber como faço para mudar as cores de apenas um conjunto de omnis? Pq uma vez que vc mude apenas uma omni, ele muda todas. Tem que criar um conjunto para cada cor?

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: