Framework PHP Kohana

PorJonathan Lamim em

Kohana é um framework PHP 5, orientado a objetos, que utiliza o modelo de arquitetura MVC (Model View Controller). Inicialmente ele era chamado de BlueFlame, tendo sido criado com base na framework CodeIgniter 1.5.3.

O nome mudou em 2007, devido a um problema de marca registrada, e então passou a se
chamar Kohana. Segundo dicionários nativos americanos, o termo Kohana
tem vários significados, entre eles, veloz.

Em
sua trajetória, o framework sofreu várias modificações, que só
melhoraram o seu desempenho. Quando a versão 2.2 foi lançada, o Kohana juntou-se à iniciativa GoPHP5, que tem por objetivo
incentivar a transição do PHP4 para o PHP5.

Com todas essas modificações e melhorias, existem algumas que se destacam. Vamos vê-las:

Desenvolvido por comunidade, não por empresa

O desenvolvimento do Kohana é conduzido por uma equipe de pessoas dedicadas que precisam de um quadro de soluções rápidas, poderosas.

PHP 5 e Orientação a Objetos

Oferece
muitos benefícios, como: proteção à visibilidade, uma classe de
carregamento automático, overloading, interfaces, abstracts e
singletons.

Extremamente leve

Não
possui dependências em extensões PECL ou bibliotecas PEAR. Bibliotecas
monolíticas são evitadas em favor de soluções otimizadas.

GET, POST, COOKIE e matrizes de SESS

Deixe um comentário! 4

4 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

  1. Já trabalho com Kohana faz um tempo e acho ele um excelente framework. Na minha opinião uma combinação muito boa é usar o Kohana como base e usar módulos do Zend Framework. Você acha que compensa migrar para o Kohana 3?

    1. Piero, ainda não é o momento certo para migrar para a versão 3, pois a arquitetura dele é totalmente diferente da versão 2.x, o que interfere diretamente nos projetos criados com a versão 2.x. Outro fator é que ainda possui alguns “bugs” que atrapalham o desenvolvimento e a documentação é precária.

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: