Seções iMasters
Redes e Servidores

Ajuste de desempenho do Windows 2012: Introdução

O Windows Server 2012 já está no mercado há algum tempo, portanto já é hora de dar uma olhada nas opções de otimização de desempenho que nós podemos fazer para tirar o máximo da última versão do sistema operacional para servidores da Microsoft. Nesta nova série sobre o Windows 2012, iremos cobrir parâmetros importantes de ajustes e configurações que você pode alterar para melhorar o desempenho e a eficiência energética do sistema operacional. Iremos descrever cada uma das configurações e o potencial efeito no seu sistema, carga de trabalho e objetivos do desempenho.

Esta será uma série dividida em partes que cobrem as diferentes tecnologias e subsistemas que podem se beneficiar de uma melhora no desempenho. Discutiremos os seguintes pontos nesta série:

  • Seleção de Hardware
  • Ajuste de desempenho no subsistema de rede
  • Otimização do subsistema de armazenamento

Além dos subsistemas de servidores, iremos observar o diretrizes de desempenho relacionadas às várias funções de servidores:

  • Servidores web
  • Servidores de arquivos
  • Active Directory
  • Remote Desktop
  • Hyper-V
  • Cargas de OLTP (Online Transaction Processing)

Para cada um dos tópicos, iremos abordar as métricas que você pode usar para medir o desempenho de CPU, rede, sistema de discos e outros que forem relevantes. Para ter o maior impacto, seus ajustes devem considerar hardware, carga de trabalho, consumo de energia e os objetivos de desempenho do servidor.

Nesta série, iremos discutir considerações importantes sobre ajustes e configurações que podem resultar em melhora de desempenho ou maior eficiência energética. Falaremos de eficiência energética porque nos últimos anos as pessoas têm se preocupado cada vez mais com o consumo de energia em data centers. O Windows Server 2012 (assim como o Windows 2008 R2) aprimorou recursos, algoritmos, e configurações para maximizar a eficiência energética causando pouco efeito no desempenho.

Muitas recomendações dadas por nós podem exigir que você faça mudanças no registro do Windows. Como sempre, tenha cuidado ao editar o registro. Faça um backup antes de efetuar qualquer mudança.

***

Artigo traduzido pela Redação iMasters, com autorização do autor. Texto original da equipe Monitis, liderada por Hovhannes Avoyan, disponível em http://blog.monitis.com/index.php/2012/11/28/performance-tuning-windows-2012-introduction/

Qual a sua opinião?