Seções iMasters
Design & UX + Software Livre

Versão 2.61 do Blender corrige 180 bugs da versão anterior

A equipe de desenvolvimento do Blender publicou a versão 2.61 do seu software open source para animação e modelagem em 3D. A atualização adicionou suporte para rastreamento de movimento, permitindo os usuários reconstruir a câmera e a animação de objetos a partir de imagens reais, assim como converter objetos 3D renderizados em vídeos. Para carregar clips, rastrear e reconstruir pontos de movimento, um novo editor de Movie Clip também foi adicionado.

A versão 2.61 inclui uma nova engine com um novo algoritmo de raytracing, com um novo sistema de sombreamento e textura que dá suporte para a renderização interativa e acelerador GPU. O novo modificador dinâmico de pintura e o sistema de física podem ser usados para transformar objetos em telas de pintura e pincéis. As ferramentas de simulação do oceano trazidas do toolkit open source Houdini Ocean e permite ao usuário simular a deformação da superfície do oceano e sua textura.

Foram importados add-ons para arquivos Atomic Blender (Protein Data Bank), Acclaim e a captura de movimento C3D foram adicionados, assim como o Adobe After Effects foi exportado e uma câmera de animação Nuke foi importada e exportada. Outras alterações incluem atualizações para renderizar a engine API e o módulo de ruído, melhorias para o banco de imagens, no tamanho do sensor da câmera e correções para 180 bugs encontrados na versão anterior.

Este é o segundo lançamento no desenvolvimento da série 2.6x. A versão 2.62, de acordo com o calendário do projeto, chegará em fevereiro de 2012. Mais detalhes você encontra aqui. O download já está disponível neste link. O Blender está licenciado sob GPLv2.

Com informações The H

Mensagem do anunciante:

Em apoio à evangelização do WordPress, os cursos da Apiki são gratuitos para que você possa se especializar na plataforma que mais cresce no mundo. Vagas limitadas, Inscreva-se agora.

Qual a sua opinião?