/Marketing Digital

voltar
/Marketing Digital

Quem são, onde estão, para onde vão e como fidelizar seus clientes!

PorBelchior Palma em

Como a definição de informação é um termo muito vago, e descrita por alguns autores como sendo o ato de informar, podemos considerar que ao modificar ou produzir um dado transformando-o em algo adivindo de uma ação, podemos ter em mente que temos a informação. Desse modo, tudo que nos informa é considerado informação.

Para um projeto web, o conteúdo de um site é tão relevante como o modo que essa informação é passada, e hoje, mais do nunca, desenvolver um design, centrado na experiência do usuário, é desenvolver um projeto baseado no seu público alvo.

Para ter uma definição mais clara do seu público alvo, é preciso ter informações técnicas e comportamentais de seu usuário, definir os cenários em que se encontram esses usuários. É preciso criar um mapa da audiência e graduar as necessidades por níveis de prioridades.

Conhecer a missão e o objetivo da organização, refinar os objetivos do cliente, diferenciar os clientes com a criação de personas conhecer o perfil de um cliente externo e um cliente interno, considera-se cliente interno o que vai introduzir os dados no sistema.

Exemplo de Cliente Externo:

Outro ponto fundamental e crucial é conhecer quem são seus concorrentes, sempre deve-se fazer uma análise competitiva, com base nos resultados você pode e deve melhorar o seu produto, tomando com base os padrões de mercado e introduzindo criatividade e facilidades para o usuário.

Projetos web tem de ser planejados, ao planejar é preciso delimitar o escopo, é imprescindível dizer onde começa e onde termina o seu projeto, por exemplo, você pode definir alguns critérios de usabilidade, como presteza, Agrupamento/Distinção por Localização, Agrupamento/Distinção por Formato, Feedback Imediato, Legibilidade, Consisão, Ações mínimas, Densidade Informacional, Homogenidade/Coerência, Significados de Códigos e denominações.

O gráfico esclarece uma análise competitiva de dois sites concorrentes:

Com base no conjunto de informações técnicas, conseguimos criar um projeto baseado nos interesses dos usuários, mas só isso não é suficiente, é preciso ter informações sobre tudo e sobre todos, ou seja, ter informações comportamentais que justifiquem de onde vem, o que querem e para onde vão esses usuários, o que realmente importa são as pessoas, e tornar agrádavel esta experiência é o que todo projeto deve ter por objetivo.

É importante salientar que não devemos cometer invasão de privacidade dos usuários, a coleta dos dados pode ser baseada em relatórios de acesso, gráficos estatísticos, fluxo de informações, entre outros.

Estar informado sobre o mercado, principais concorrentes e tendências de mercado auxiliam na busca de melhores resultados, integrar serviços que agreguem a comodidade do usuário, como publicidade direcionada a comportamentos específicos tendem a dar melhores resultados, tanto do lado financeiro como do lado do relacionamento com o cliente.

Estar atento às taxas de retorno de visitação dos usuários é uma boa forma de saber como anda o relacionamento com o cliente, a fidelização por meio de seus clientes é algo que leva um grande espaço de tempo mas que vale a pena.

Deixe um comentário! 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas:
Hospedado por: