/Banco de dados

voltar
/Banco de dados

DatabaseCast #3 – Not Only SQL

DatabaseCast
em Banco de Dados

Olá, pessoal. Nesta terceira
edição do DabataseCast, o podcast brasileiro sobre banco de dados, Mauro
Pichiliani (@pichiliani), Wagner Crivelini (@wcrivelini), Alexandre Porcelli (@porcelli) e Jean Nascimento (@suissacorp)
deixam a consistência transacional de lado para falar sobre NoSQL ou Not Only
SQL. Saiba como um conjunto de chaves e valores pode resolver o problema de um
indexador, descubra como organizar e indexar seus documentos e tente descobrir
de onde um dos participantes falava enquanto gravava o podcast.

Promoção: veja na leitura de
e-mails o resultado da promoção que sorteou o livro Guia Mangá de Banco de
dados
.

Se você não entendeu nada, achou
que ficou curto, longo ou outra sugestão, não deixe de nos incentivar digitando
o seu comentário no final deste post, mandando e-mail para  databasecast@gmail.com
ou nos seguindo o nosso twitter @databasecast.

Para obter o endereço do feed RSS e assinar no
DatabaseCast, inclusive no iTunes, clique aqui.

Faça o download do podcast aqui (aproximadamente 59MB).

MÉDIA QUALIDADE (64 Kbps) [87:11m]: Download

Links comentados no episódio

DatabaseCast

é o primeiro podcast brasileiro sobre banco de dados. Mauro Pichiliani e Wagner Crivelini falam sobre banco de dados, programação, administração, dados, carreira, mercado, SQL Server, Oracle, MySQL, PostgreSQL, NoSQL, DB2, Informix, Sybase e diversos outros assuntos da área de tecnologia voltados para o desenvolvimento de aplicações. Mauro Pichiliani é Bacharel em Ciência da Computação, Mestre e Doutorando pelo ITA, e MCP, MCDBA e MCTS. Trabalha há mais de 10 anos utilizando diversos bancos de dados, como o SQL Server, Oracle e MySQL. Wagner Crivelini é DBA de SQL Server & DB2. É profissional certificado IBM IT Specialist Level 2 - Expert, autor convidado das comunidades SQL Server Central, iMasters, SQL MAGAZINE e IBM DEVELOPERWORKS. Acompanhe no twitter @databasecast. http://imasters.com.br/perfil/databasecast

15 comentários Comente também

  1. Oi Rina, esse link é um feed para os posts não para o podcast, link de podcast tem a mídia inclusa, para que possa ser baixado pelos players, como o Itunes, VLC, Amarok ou outros, dá uma olhada nos feeds que coloquei no meu comentário você vai perceber a diferença, conferindo a codificação do xml acho que deve ser fácil para especialistas em bancos de dados corrigirem esse detalhe.
    p.s. verdade que não sou especialista em banco de dados então só acho, espero que encontrem uma solução adequada para o projeto de vocês.

  2. Rina, eu entendo a boa vontade da equipe do Imasters, mas Ivan está correto. Se vocês pretendem continuar com a idéia de podcast (que eu acho muito bacana), seria bom incluir este tipo de funcionalidade.

  3. Senhores, parabéns pelo podcast. Confesso que o assunto é delicado e foi bem trabalhado. Muito bom mesmo.

    Gostaria de lembrar que o PostgreSQL já possui uma extensão chamada hstore a partir da versão 8.2. Para a versão 9.0 que está saindo do forno, fizeram muitas melhorias no hstore, que nada mais é do que uma estrutura de armazenamento do tipo chave/valor. Uma opção muito interessante para quem não tem uma demanda NoSQL tão gritante, mas quer aproveitar alguns benefícios desta tecnologia.

    Detalhes em: http://www.postgresql.org/docs/9.0/static/hstore.html

    Para quem trabalha com buscas textuais, o PostgreSQL também possui índices do tipo GIN que tem um ganho de desempenho absurdo em relação ao tradicional BTree.

  4. Pessoal, parabéns pelo podcast, mesmo o tema sendo de difícil digestão para quem está apenas começando, vocês conseguem fazer de forma leve e em alguns momentos divertida, longa vida ao trabalho de vocês, guardarei estes arquivos por muito tempo, ajudarão bastante nas aulas da faculdade , pelo menos não entrarei na classe como um alien.

  5. Poxa, tentei fazer download, porém, impossível, o arquivo sumiu!
    É bom saber que temos pessoal dedicado nesse assunto tão importante e tão cheio de dúvidas que é o NoSQL.

  6. Pessoal, a iniciativa é muito boa mas, infelizmente, sinto-me obrigado a fazer algumas críticas:

    1. Tempo de duração: 1h30min é muito tempo para um podcast. Isto ainda é agravado pelo fato de vocês se dispersarem demais. Arrisco-me a dizer que após 30 minutos de podcast vocês ainda não haviam falado 2 minutos sequer sobre NoSQL, de fato.

    2. Inglês:

    2.1 Muitos erros de pronúncia de vários termos em inglês. Isto irrita muito o ouvido de quem sabe a pronúncia correta. Sugiro que vocês pesquisem com antecedência os tópicos a ser abordados.

    2.2 Um erro, na minha opnião, gravíssimo (em um podcast técnico) na tradução de “eventual consistency”. Eventual não se traduz como eventual em português, ok? Espero que isto esteja na errata do próximo podcast.

    Acho que é isso, não consegui ouvir até o final pelos motivos citados acima. De qualquer forma, gostei da iniciativa e pretendo ouvir o próximo podcast.

    []’s

Dê Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


quatro − = 1

leia mais
Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas:
Hospedado por: